Año Nuevo, un lindo comienzo!

29 de dez de 2012

♥ Hello! Último post do ano já vai batendo uma saudadezinha de 2012, mas tem que seguir né! Quando o ano é bom dá energia pra começar tudo de novo e, quem sabe, ter um melhor ainda. Mesmo que seja clichê, O ANO passou rápido demais! PELOAMOR, hahah.


Eu já disse, mas repito... ADOREI! E estou adorando, poder compartilhar as minhas experiencias aqui com vocês . E quero muito que o site seja de grande ajuda enquanto ele existir *-*


Um Año Nuevo repleto de conquistas, sonhos, viagens, alegrias, felicidades, de muita Buenos Aires e de muita luz. 

A moda dos Cosechas Tardias, Vino Dulce!

28 de dez de 2012

Na onda do Reveillón, virou furor na cidade esses vinhos de cosecha tardia. Os vinhos na real são bem doces e podem variar da própria cosecha tardia, como eu já mencionei, até os doces naturais. As mina pira porque desce fácil e é uma delícia geladinho (acompanha super bem um doce) e os mino ama porque as mina fica doida com essas bebidinhas.

Eu demorei a me acostumar com o Malbec e Cabernet e, confesso, que no começo torci o nariz porque achei que meu esforço foi em vão quando lançaram essa nova moda de vinho doce. Mas, QUE IMPORTA! Vou listar aqui os que eu provei e curti.


Norton Cosecha Tardía  
É o mais vendido. Além da marca ser super comum e democrática, qualquer um compra pelo preço acessível (menos de 30 pesos). O Chardonnay deles é bem delícia. Teor alcoólico bem baixo e super doce, ele é da linha do "dulce natural", vai de sobremesa com ele.

Santa Julia Syrah Rose
Esse já é rosé. Com sabor a frutinhas de veraneio, acompanha bem queijos e embutidos em geral. As mina porque porque é rosa.

Latitud 33 Semillón Tardío
O Latitud 33 já é um clássico por aqui também, e essa safra se destaca pelas garrafas de meio litro (são mais fininhas, você vai notar rápido). O preço é um pouco mais elevado (em torno de 50 pesos) porque a qualidade já é superior aos demais. Acompanha bem chocolate preto *-* (eu quero!).

Cafayate Torrontes
É a opção menos doce entre os que eu provei pelo menos, o senti mais ácido e não rola comer ele com doces ou embutidos que não sejam queijos, deve ir bem com uma fruta gostosa. Mas ainda não provei assim.

Alamos Chardonnay
Sou suspeita pra falar do Alamos porque é um dos que eu mais gosto (junto com o Ruttini). São duas variedades premiadas, o Cabernet Sauvignon e o Chardonnay. Para tomar em qualquer ocasião seja cozinhando, comendo, namorando, pra pagar de bonitona ou para degustar. Amo demais. Em torno de 60 pesos.

Peguei amor por cosecha tardia :)

Para Chicos: 5 lugares que só homem vai!

27 de dez de 2012

Pra mimar um pouco dos machos do blog, fiz uma listinha daqueles lugares que SÓ eles curtem ir... Sim, eu sou muito legal, me agradeçam ahaha!

Parrilla Lo de Charly
Essa churrascaria fica aberta 24h por dia e é muito frequentada pelo pessoal do bairro ali de Colegiales. Na real é pra cabra macho que curte uma carne sem frescura. www.parrillalodecharly.com.ar - Alvarez Thomas 2101, Colegiales.

Lo de Charly, para ir com os amigos.
La Farola de Cabildo
Típico de resto pé sujo gostoso, aqui as milanesas napolitanas (milanesas com presunto e quejo) sao uma delícia, assim como as faina (massa meio crua de pizza). Mas adianto que o local não é muito limpo e que é raro ser bem atendido. www.lafaroladecabildo.com.ar - Cabildo 2630, Belgrano.

River
Então, conhecer o Boca até vai porque o negócio é diferente, agora ir ao River? Só pra homem que curte mesmo futebol... www.riverplate.com - em Nuñez.

Comer Choripan no Mercado de San Telmo
Reza a lenda que aos finais de semana o Mercadão lota de machos que jogam truco e pedem chori pra alguma das milhares de barracas que o local tem. Imperdível.


Locos x el Fútbol
Esse bar é até conhecido, lugar típico pra aqueles homens que viajam e nem por isso querem deixar de ver o jogo do domingo a tarde. www.locosxelfutbol.comRecoleta (estão reformando a nova sede na Avenida Las Heras, esq. Junin).


Puro Bistro
Ok, uma tabacaria. Super elegante e sóbria, é reduto dos caras que amam apreciar um bom charuto cubano e tomar whisky mientras. www.purobistro.com.ar - Thames 1920, Palermo Soho.

Puro Bistro, para fumar charuto.

Outra dica legal é o post que o Aires Buenos fez sobre onde comprar camisetas de times em Bue!

Sisisi, restô nada turista em Puerto Madero

26 de dez de 2012

LOCAL FECHADO.
Normal ir querer comer em Puerto Madero, mais normal ainda se deixar levar pela fama dos restaurantes de lá e cair na lábia de algum pega-turista. Mas hoje a dica é o sisiSi, um lugar super local escondidinho nessa ilha que é uma pedida deliciosa pro verão!


O lugar é bem grande e tem espaço para cada tipo de pessoa: interno com plantas...


... perto da barra do barman...


... no andar superior com cara de decór clássica...


... e a parte externa que era deliciosa.


Tão gostosa que decidi ficar por lá nas cadeiras praianas do local e baixo uns toldos que me faziam sentir com pé na areia. Ok, exagerei.


Logo no começo chegou um pãozinho redondinho e molinho com uma pasta de queijo que estava um caso sério de amor.


Depois um aperitivo de pepinos que né... Eu nunca curti pepino, mas há quem goste.


Uma salada chamada Fiona me chamou atenção (mas acho que é porque eu sou apaixonada pelo Shrek), com com agrião, rúcula, bacon (OI? Panceta na salada?), berinjela assada, cogumelos e bolinhas de queijo empanadas. LYNDA e delícia.


E porque eu achei que a salada era light ainda tinha pedido um salmão rosado grelhado com risoto de limão e baunilha e um crocante de mexilhão. Tipo, muito perfeito.


Quando eu achei que tinha terminado eu peguei o cardápio de drinques e XONEI no daiquiri de morango com pedaços de chocolate e lascas de laranja. Super chica esse trago!


E ainda rolou um heladito de dulce de leche com chocolate.


Vida praiana em Puerto Madero. Amo demais!

sisiSi!
Aime Paine 1320. Puerto Madero.
www.sisisirestaurante.com.ar
Preço médio por pessoa: 150 pesos.
Post com selo Inspirits!

Felices Fiestas!

23 de dez de 2012

Oi Chicas!

Aproveito o espaço aqui para desejar à vocês, felices fiestas, em bom castellano.
Esse ano pra mim foi muito gratificante, eu jamais esperava receber um carinho tão gostoso da parte de vocês  e espero que tenham se divertido, se informado e conhecido mais Buenos por aqui.

Ano que vem tem muito mais!


Durante as festas a programação vai ser mais lenta, mas jamais abandonada ahaha. Afinal, sou fiadedeus e mereço esticar as pernocas um pouco *-*

Pra quem ainda não sabe o que fazer na cidade, nosso guia de final de ano com 40 dicas está BOMBANDO! E estamos super orgulhosas do nosso primeiro mascote.

Bueno, tudibom e se deixem apaixonar pela cidade!
Besos,

Amanda Mormito.


Noches en Bus

21 de dez de 2012

Tanto que eu pego ônibus e tanto que eu vivo falando como é sempre uma experiência legal que vou acabar criando uma tag aqui no blog chamada ''noches en bus'' sem brincadeiras.

Acho interessante isso de contar pequenas históriazinhas da minha vida cotidiana pra vocês porque, além de eu notar que o blog virou um blog de lifestyle porteño, eu acho que só assim vocês conhecem realmente a cidade e as suas pessoas, ou personagens.

Eu brinco que sempre no bus rolam coisas inesperadas, e é verdade. Eu não sei porque, mas entendo que grande parte dessas surpresas acontecem porque o ônibus é um meio de transporte usado por todos em Buenos Aires, como já disse. Portanto, a quantidade de gente diferente que pega a mesma linha, por exemplo, é grande, e isso faz da viagem ser um tanto quanto enriquecedora.
Digo isso porque ontem, por exemplo, voltei num bus que o motorista cantava adoidado. E se você acha que alguém se importou, se enganou. Galera quase pirou nessa nova tendência que o motorista instalou pra abafar sono e cansaço ahaha.

Acontece que também, esses episódios raros e inesperados sempre rolam a noite. Ta aí uma razão pela qual Buenos é sim uma cidade bem noturna, e desde o meu ponto de vista, não tão apta para chicos mais chicos. Isso porque a vida aqui é tão tardia que, por exemplo, balada começa as 2h30 da manhã no mínimo, esquenta as 11h da noite, voltar para casa da balada só se for depois das 5h, voltar (num dia de semana) para casa a 1h da manhã tampouco é algo inusual. E nessa de pegar bus tarde (porque, repito, ninguém pega táxi) a gente se depara com muitas histórias interessantes.

Meu bus pós happy hour de ontem:
- Motorista cantando cumbia villera.
- Um casal começou a conversar do meu lado, detalhe: eles nem se conheciam.
- Todos os vidros do bus aberto o que dava a sensação de estar num carro de amigos curtindo um role na praia no verão.
- O povo que entra no bus parece que entra para uma festa, cidadão nem senta de frente para o assento, como deveria, já se senta de lado que é pra falar com quem bem entender mesmo.
- Sempre tem duas ou três amigas que entram rindo alto e dando gargalhadas porque estão bêbadas.
- Motorista nunca coloca o valor certo da sua viagem porque ele já está tão cansado que bota 1.10 pra todo mundo.
- Você pede pra descer e o motorista, de cansado e de bonzinho, pergunta em qual parada fica melhor pra você descer (mesmo que não seja a parada oficial do bus).
- Sempre tem alguém dormindo de boca aberta com os fones de ouvido postos.
- A maioria que viaja sozinho são meninas e meninos entre 24 e 30 anos.

Bueno, noches en bus.

Final de Ano Porteño!

20 de dez de 2012

Ceis que vocês já sabem, mas não custa reforçar né?

Eu e a Mari, do Querido, fizemos um guia MUITOLEGAL com 40 dicas de Natal e Ano Novo. Tem resto, tem bar, balada, armazém, etc. Tudo e mais um pouco para você passar uma noite deliciosa!

Só tem lugares não óbvios, porque vamos combinar que pra por Puerto Madero a gente nem fazia um guia né? Por isso está lindo e vale a pena comprar, mesmo porque é bem baratinho, só R$ 7 reais.
Você entra no link aqui embaixo, compra pelo site, e quando o pagamento for confirmado a gente recebe um e-mail e te envia o guia (num prazo de até 8h entre as 9h e as 22h horário de Brasília), tá certo?

SPOILER: miren um dos lugares que colocamos...


Um dos bares mais animados de Palermo, frequentado principalmente por estrangeiros de passagem por Buenos Aires, gente jovem e bem animada. A comida é simples (tacos, hambúrgueres, nachos) e deliciosa, perfeita para o clima de bar. Abrem dia 24 e dia 31 também. A noite de ano novo promete: gente divertida, drinks interessantes e ainda um DJ para comandar a festa, no coração de Palermo Soho. 


UHUUUU, qual será que é? Mas só comprando o guia :)
Para saber como são as festas aqui, esse post está bem legal. 

Os 5 posts mais acessados!

19 de dez de 2012

Hello girls, estou meio doentinha essa semana e nao tive muito tempo para preparar posts mais elaborados. Por isso resolvi fazer uma listinha aqui dos 5 posts mais acessados do ano (ou melhor, dos últimos 9  meses) e soltar uns spoilers pro ano que vem! :)

5. Quanto Custa Viajar Pra Cá
Esse post eu acho que foi de bastante ajuda para toda e qualquer tipo de pessoa. Tentei classificar aqui o quanto se gasta por dia na cidade em base ao orçamento que cada um dispõe. Baba demais e ainda tem umas diquinhas para cada tipo de viagem: econômica, standard e luxo. Post aqui.


4.  O Guia da 1ª Viagem
Como o blog é meio lifestyle porteño eu coloco bastante dicas locais mesmo, só que nunca tinha feito um post que contasse passo a passo o que um turista de primeira viagem tem que fazer. Mas pra diferenciar o post tem dicas de comidinhas e etc pra dar um leve toque cultura-local na sua primeira viagem pra cidade. Post aqui.


3. Ciladas: O Que Você Não Deveria Fazer
Parte do auê do blog é a minha sinceridade, vamos ser honestas ahahah. Por isso não tenho problema NENHUM  de falar que alguns lugares não valem a pena ir, de verdade. Post aqui. 

2. Quanto Custa Morar na Capital
Outro do quanto custa morar aqui, eu até me assustei quando vi que esse é o segundo post mais acessado ever no blog ehehe, só demonstra a quantidade de gente interessada em vir tentar a sorte por aqui. Post aqui.

1. Pelas ruas de Palermo Soho
Eu simplesmente AMO que esse post esteja lá em cima, o mais acessado do blog. Porque eu fiz ainda no começo do site, não tinha muita experiencia e fiz com muito carinho e cuidado. Além de ter dicas super boas de compras e restaurantes e comidinhas, tem também fotos bem legais que demonstram o bairro tal como ele é. Post aqui.


Bueno, no  mais, o que vem ano que vem por ai...
- logo novo. UEBAAAAA!
- mais guias! UEBAAAAAA!
- mais parcerias. UHUUU!
- mais lifestyle. Isso porque eu percebi que o blog virou, além de ter bastante turismo, um blog de vida cotidiana  porteña, vamos abusar disso.
- incorporação de duas chicas para ajudar aqui porque não está fácil sozinha!
- muito mais moda!

O que vocês querem ver ano que vem aqui?

Um tour pelas livrarias da cidade!

18 de dez de 2012

Se tem algo que nunca é ruim fazer, é sentar-se para ler um bom livro, tomar um café ou simplesmente sentar no chão de uma livraria gostosa folheando páginas e páginas sem ver o tempo passar. Aqui em Buenos tem várias livrarias legais...

El Ateneo Grand Splendid
Eu já havia antes comentado dessa livraria, é simplesmente a mais linda da cidade sem sombra de dúvidas. Com uma arquitetura bem omnipotente e chamativa, o local deslumbra, literalmente, a qualquer um que entre pelas suas portas. Goste ou não de livros, a Ateneo não é só um grande acervo de belíssimas obras, mas sim uma casa para flanar também. Lá dentro tem café e muita riqueza de detalhes. Avenida Santa Fe 1860, Barrio 

Foto do Marco, do Buenos Aires Dreams.

Libros del Pasaje
É uma das que eu mais curto também  Fica meio camuflada pelas ruas de Palermo Soho, mas tem uma atmosfera tao gostosa que da última vez que eu fui fiquei umas 4h lá dentro sem ver o tempo passar. A casa é bem eclética, nada de livraria tradicional, mas ao mesmo tempo parece que sempre existiu para os clientes. De vez em quando rolam exposições de artes por lá e o café deles aos fundos é simplesmente delicioso  www.librosdelpasaje.com.ar - Thames 1762, Palermo Soho.


Eterna Cadencia
Essa livraria foi uma das primeiras que conheci em Buenos e desde então  me apaixonei. Bem escondidinha em Palermo Hollywood e com um café bem gostoso da rede Croque Madame, o local é meio bagunçado  E eu acho que foi isso que me fez apaixonar pela casa. Com livros amontoados e sem ordem, até parece mágica tirar o pózinho que fica em cima deles e descobrir um novo autor. www.eternacadencia.com.ar - Honduras 5574 - Palermo Hollywood.


Walrus Books
O nome já é em inglês  e nada melhor que esclarecer, então  que a livraria só tem livrinhos usados em inglês  certamente. É quase um sebo norte americano em San Telmo. www.facebook.com/WalrusBooks.BA - Estados Unidos 617, San Telmo.


Crack Up
Outra escondidinha e camuflada em Palermo Soho, a Crack é uma delícia não só pelo seu café gostoso mas também pelo cheirinho de novo das suas prateleiras e pelo pessoal que frequenta: jovens, interessados em literatura e que curtem um almoço tardio durante a semana. www.crackup.com.ar - Costa Rica 4767, Palermo Soho.


Dain Usina Cultural
Bem linda e sossegada, essa livraria deliciosa de Palermo te convida também para um cafécito em meio a seus papéis, sempre tem apresentação musical por lá e exposições de arte, imperdível. www.dainusinacultural.com - Alsina 500, San Telmo. Veja mais no post da Aqui me Quedo.


Para dicas de livos, acesse aqui! Bora ler :)

Chunis Punk Cakes: Rock Doce

17 de dez de 2012

Esse é um da série porque que o blog chama Buenos Aires Para Chicas. E não preciso nem responder, basta olhar pra faixada toda doce e meiga do Chunis Punk Cakes, certo?


Essa casinha linda de morrer eu conheci super por acaso quando estava dando uma volta tardia por Palermo Soho. Volta tardia mesmo, era meia noite já quando me deparei com essa vitrine coloridinha e cheia de cupcakes que levavam nomes de gente famosa no mundo do rock. AMEI.


Além do fato de que a casa estava aberta  a MEIA NOITE (fica até uma hora da manhã) tudo ali é tão fofo que um ''oimmmmmm'' sai fácil da boca. A casinha é tão minúscula que já é um charme a parte. Ainda que conte com 4 banquetas o tamanho é um diferencial bonitinho que as meninas vão ter vontade de apertar.


Ainda curiosa com o menu, a lousa explicou bem: por ali só doces com nomes de pessoas irreverentes. Além dos cupcakes o local defende que os donuts são uma explosão de sabor, não cheguei a provar (mas isso é uma desculpa para voltar).


Décor bem anos 50. Adoro.


E até aventais meio pin-ups tinha para vender. Quase comprei um, quase.


Pra começar, eu pedi um combo de cookie + Mocha Chocolate. A cookie estava certinha e adorei que os chips de chocolate eram bem generosos por dentro (tenho aversão à economia de recheios e afins).


E o mocha ficou mais delícia ainda nesse copo personalizado.


Mas palmas para a espuminha delirante e docinha que tinha por cima.


E os cupcakes? Vejamos: provei um Joey com chocolate, recheio de mousse de chocolate e frosting de oreo. Achei gostoso, a massa bem úmida e docinho nada enjoativo. Joey também teria gostado.


Mas minha alegria foi o Punk Cake com chocotorta e Nutella. Aqui acabou, juntou chocotorta (doce argentino que vai doce de leite e bolachinhas de chocolate) com Nutella, não tem pra ninguém. Virou um dos preferidos da cidade. É, não estou exagerando.


Tipo isso!


E aí? Eu voltaria lá hoje!

Chunis Punk Cakes
Gorriti, 5070 - Palermo Soho
www.facebook.com/Chunis-Punkcakes
Valor total gasto: 60 pesos.

Crise e Porque Ainda Vir

14 de dez de 2012

Eu postei esses dias no facebook uma matéria que meio que exagera, sob o meu ponto de vista, a atual situação econômica argentina. E decidi então, me sentar e escrever o que eu acho sobre isso.

Primeiro, É MINHA OPINIÃO, e qualquer comentário maldoso e que me xingue vai ser excluído sim do post. Quer manifestar opinião é uma coisa e vai ser respeitado, de resto, por favor, nem leia.

Ok, Buenos Aires sempre foi uma cidade rica mesmo, lá nos primórdios geral achava que aqui era Paris da América Latina e com isso o povo cresceu de nariz empinado e praticamente não há miscigenação de raças. Aliás, o porteño é mais metido e isso não é segredo para ninguém. Como o intuito aqui não é contar história e sim a situação atual, eu passo a dizer que realmente acho que a mídia exagera um pouco sim quando o assunto é a Argentina.

Jardin Japones, um dos parques mais lindos!
Você pode concordar ou discordar, mas mídia tem que tomar cuidado quando escreve porque influencia demais a vida das pessoas. Todos os dias eu recebo e-mail de gente que quer cancelar a viagem pra cá porque o país está em crise. Realmente, pra que mora aqui a situação é mesmo mais complicada. Desde 8 anos que tenho estado aqui as coisas só aumentaram. Aumentam porque é normal aumentar e aumentam porque a situação não está lá 100%.

Quando a gente vê o valor, assusta! Poxa, uma água 6 pesos, mas isso em real seria 2.5. É caro é, mas não é o máximo do absurdo do valor. A gente assusta sim com o número, uma camisetinha de grife 300 pesos, mas que marca mais bonitinha do Brasil não cobra 150 reais numa blusinha? A diferença é que Buenos não é mais econômica como antigamente, do tipo de vir pra cá e gastar horrores em compras. Isso não, oras bolas. E é isso que eu acho que assusta quem viaja pra cá e vamos ser realistas: Buenos JÁ FOI um destino de compras, hoje não é mais. E eu me sinto até mal porque parece que brasileiro só vem pra cá pra fazer compras, prefiro pensar que não.

Café de los Angelitos, tango inovador.
Eu canso de dizer que Buenos é muito mais que Florida, Avenida Santa Fe e outlets da Villa Crespo. Buenos Aires é boêmia, drama, paixão, é poder ficar até tarde na rua e não ficar desesperado, é poder ir (mesmo sem dinheiro) aos inúmeros parques da cidade, é poder usufruir dessa capacidade que o argentino tem de ser tão culto e tão nobre em filosofar sobre um autor qualquer, por exemplo. É poder flanar sem pensar no horário nos milhares de cafés que a cidade tem, é poder ir até a Costanera e comer um simples choripã e ficar olhando o Rio de la Plata, é poder, enfim, entender o tango deles tão praticado na vida cotidiana. É ir ao mercado chino da esquina do teu hotel-casa e poder comprar um Malbec por 30 pesos e comprar um queijo baratinho e se fazer de bon vivant. Buenos é sair a noite, e ver crianças as duas horas da manhã acordadas com seus pais em restaurantes de Puerto Madero.
Bue nunca foi destino de Nike, Puma e Adidas. A Florida nunca foi O paraíso de compras ao estilo Bráz, 25 e José Paulino em São Paulo.

O turismo diminiu? Claro. Normal diminuir. Se as coisas aumentam, diminui, mas cresce então o turismo de verdade. Aquele que é interessado em cultura e afins.

Eu repito ainda que essa é MINHA opinião. E concordo que o país não vive seu melhor momento, como já disse em diversas outras ocasiões. O problema é bem mais profundo do que a gente acha que é, e não passa só pelo economia e sim pela política, claramente.

É também uma pena que a mídia não relate a quantidade de brasileiros que vem pra cá pra estudar em faculdades públicas e não pagam nada por isso. Eu digo que 95% das pessoas brasileiras que eu conheço aqui são estudantes do ensino superior na UBA. Isso ninguém fala.
A Argentina mesmo com todos os problemas não coloca travas nesse intercâmbio: estrangeiros têm, praticamente, os mesmo benefícios que um nacional tem: saúde, educação pública, por exemplo, que é boa e super democrática. Conheço gente que vem pra cá pra fazer tratamento de quimioterapia porque o país dá de graça e sem olhar a quem. Isso ninguém fala.
O sistema educacional aqui é fantástico, tanto público quanto particular. Não estuda quem não quer, de verdade.
Florencio, um café maravilhoso.
O transporte público funciona. Praticamente não há um ônibus que não te deixe aonde você quer ir.
Ou seja, há outras milhares de qualidades que vender só uma Buenos Aires que está ficando cara e, aparentemente, caótica. E é uma pena que existam pessoas que só enxerguem a cidade como ''não é mais destino de compras, está cara''.

Eu, como expatriada, penso sim que voltar pode ser uma opção, mas a minha vida aqui custaria zilhões em São Paulo, de onde eu venho. E ainda que soe estranho, passar aperto aqui é melhor do que passar aperto em SP. Aqui se você não tem dinheiro tem milhares de coisas pra fazer, em SP nem tantas. Aqui se você não tem um tostão para comer fora, jantar, pode ir num café x e pedir um expresso de 15 pesos e ficar a tarde inteira por lá estudando ou lendo um jornal, ou simplesmente fazendo nada! Pode sair pra bar a meia noite de ônibus e voltar as três da manhã de ônibus.

Realmente, eu rezo pra que essa fase passe, não só porque é triste ver isso e ver gente se afastando daqui porque o pais está em crise, mas porque, principalmente, os moradores e os locais precisam descansar dessa montanha russa que vivem há um determinado tempo. O argentino merece poder ir as nossas praias do Sul e ficar lá 15 dias como antes faziam. Não pensem que essa crise afeta só a gente que mora por aqui, afeta o Brasil também, a quantidade de dinheiro que o turismo argentino levava para o Sul era grande. Hoje isso não acontece mais, é uma pena.

Trio elétrico de rock passando pelas ruas.
Um exemplo excelente tem acontecido no Uruguai, o abençoado desse presidente uruguaio, criou planos de turismo para argentinos que querem visitar Punta del Este no verão. Sim, criou plano de verão. Isso é um exemplo a ser seguido. Cadê que as praias mais visitadas por argentinos no Brasil oferecem isso? Não oferecem, e é uma pena que em tempos de necessidade e de solidariedade com a galera daqui, não tenham locais que ofereçam facilidades para os turistas. Não digo nem ''planos de verão'' mas algum programa em especial. Afinal, a população daqui não tem culpa de que as medidas governamentais têm deixado a cidade meio excluída do circuito, mas isso é outra história. Outro exemplo super legal é o Chile, que tem feito de tudo para aumentar o turismo para argentinos.

Enfim, eu termino o post ainda citando diversas razões pelas quais Buenos vale a sua visita (e não  o governo não patrocinou meu post eheh):
- Boêmia.
- Flanar em cafés.
- Inúmeros parques.
- Livrarias incríveis e um teatro maravilhoso.
- Vida noturna que bomba.
- Passeios grátis.
- Costanera e seu choripãn.
- Mercadinho chino e seus vinhos.
- Sentar em Puerto Madero.
- Tango.
- Inúmeras atividades, feiras, sempre!
- Muito amor!

Beijos!

Drink do finde: Pisco Sour

13 de dez de 2012

Uhu, com a chegada do verão a vontade que dá é de ficar tomando suco gelado o tempo inteiro. Hoje a gente vai ter um post diferente então!


A Paula, é uma amiga venezuelana, CARA da Natália Dill e que é aspirante a sommelier e bartender. Hoje ela vai ensinar a gente a fazer um Pisco Sour, PERIGO! Go, Paula!

Finalmente com o calor, rola fazer uns tragos mais refrescantes. Hoje eu vou propor o Pisco!
Existem controvérsias entre o Peru e o Chile, porque ninguém sabe ao certo de onde surgiu o pisco. Mas o bendito nasceu mesmo foi no Peru, só que no Chile que ficou conhecido e famosão. Os dois países consideram o Pisco como drink nacional.

Pisco do Sipan.

Você vai precisar de:
- Cocktelera.
- 1 ovo (calma, que fica delicioso).
- 1 limão.
- Açúcar.
- Gelo.
- Angostura (opcional).

Fazendo!
Coloque só a CLARA do ovo na cocketelera, com o suco de 1 limão e uma colher de açúcar. Mistura um pouco pro açúcar dissolver na clara e o limão. Coloca gelo picada e 2 ou 3 shots de pisco (se quiser forte, coloca mais). Tape a cocktelera e chacoalhe. Sirva num copo pequeno e eu acho gostoso colocar uma Angostura, mas é opcional.

Fica exótico se...
Se quiser algo diferente na hora de colocar o suco com açúcar, você coloca 2 ou 3 colheres de maracujá e um shot de vodka saborizada, tipo Absolut de Manga.

Pisco do Lima Mia.

3 ÓTEMOS lugares para tomar Pisco em Buenos:
- Sipan: melhor restô peruano da cidade. Os piscos são impecáveis. Veja aqui!
- Lima Mia: barzinho descolado em Las Cañitas. Veja aqui!
- Astrid y Gastón: super renomado e de alta gastronomia peruana, nada a desejar aos seus piscos. Veja aqui!

Gracias, Paula! Hasta luego. Meninas, não bebam muito.

Buenos Verde: Bici pra baixo e pra cima!

12 de dez de 2012

Uma das opções mais deliciosas para conhecer Buenos Aires é pedalando! Eu mesma no final de semana pego a magrela pra andar sem destino pela cidade. É uma delícia, e ainda rola pegar uma corzinha né! Esse post vai pra quem curte bicicletear por ai...

Alugando uma Bike
Em Bue tem várias opções para alugar bike. A mais preguiçosa delas é ir até os parques e alugar lá mesmo. No Rosedal tem dois postos grandes de aluguel (alugam até patins). Sai, num geral, 30 pesos a hora, caro, mas pra quem não tá afim de ficar muito tempo andando por aí, vale. Assim como também tem na Costanera Sur, lá gira em torno dos 15 pesos a hora. Bem legal também. O problema só desses stands é que nem sempre as bikes estão em bom estado e nem sempre você pode sair do parque ou reserva, ok?

Foto: Reprodução.

Já tem outras opções também pela cidade, a Bicicleta Naranja aluga por dia inteiro, por semana e os preços variam, entra no site para saber (www.labicicletanaranja.com.ar). Eles também oferecem tours.
Nesse mesmo esquema tem a Urban Biking (www.es.urbanbiking.com) e o Bicicletas Alejo (www.bicicletasalejo.com.ar). Para tours diferentes, acesse o Biking Buenos Aires (www.bikingbuenosaires.com).

Foto: Reprodução.

Por último tem as do governo, mas essas são exclusivas pro pessoal daqui. Quem mora aqui basta entrar no site do Mejor en Bici, (www.mejorenbici.buenosaires.gob.ar), fazer o cadastro e ir retirar a bicicleta em algum posto instalado na cidade. Pra fazer o cadastro tem que ter documento daqui, um conta no nome e responsabilidade pra cuidar da magrela porque outra pessoa também vai usar depois de você.

Por onde passear
Buenos é tão ótima para bicicletas que nem rola fazer um roteiro, são mais de 70 km de ciclovias. As Avenidas (Libertador, Alcorta), são as melhores preparadas para isso, mas tem bicisenda também nos bairro de Palermo, Recoleta, etc. Mapa por onde pedalar aqui embaixo, pra ver melhor é só clicar nele:

Foto: Reprodução.

Comprando uma bici
O governo tem investido HORRORES em bicis. Além de super preparar a cidade pra gente passear e se locomover por aí, o que eles tem feito é um plano de compra de bicicletas com parcelas começando em 20 pesos por mês, nada, aliado do Banco Ciudad. Vale muito a pena!
Uma das lojas que aderiram ao programa é a Belosophy, a bici dos meus sonhos, vejam como são lindaaaas! www.belosophybikes.com


Foto: Reprodução.

Pra saber quais outras lojas estão afiliadas, acesse aqui!
SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .