Alpargatas e Mates da Alparzaks

28 de mar de 2013

Gente, tem sapato mais argentino que as alpagartas? Não né! Daí que olha só quem chegou: Alparzaks.

A Alparzaks é a marca da querida brasileira, Paula Zak. Eu conheci a Paulinha fazem duas semanas quando nos juntamos para falar da marca dela. Me apaixoneiiiii pelos detalhes, pelo jeitinho das coisas que ela faz, achei tudo muito amor e feito com muita dedicação. Cada alpargata é pintada e desenhada a mão pela própria chica, gente, que tudo.


E ainda os desenhos são um charme, bem diferentinhos. Os preços ainda são bem convidativos. As infantis saem por R$40 ou $60 pesos. As de adulto por R$60 ou $110 pesos.


E gente, ainda a parte mais legal... OS MATES, prontomorri. Já encomendei o meu, sem zuera. São tão lindos que pelos amor, os de 0.5L saem por R$75 ou $170 pesos. E os de 1L por R$95 ou $210 pesos.


A Paulinha entrega no Brasil com frete desde Maringá (PR) e aqui em Buenos também tem entrega ou você pode encontrar em Palermo Soho na loja Ícono de 4ª a domingo. Falem se não é tudo de mais lindo?


Alparzaks
www.alparzaks.com 
www.facebook.com/alparzaks

Ícono
Honduras 4925, Plaza Serrano - Palermo Soho.
4ª a Domingos das 14h30 às 20hr.
Sábados das 12h30 às 20h30.

Mate e alpargata combinando, muito amor.

Huevos de Choco Lindos e Gostosos

27 de mar de 2013

Páscoa chegando, ganas de comer chocolate aumentando e já tem espinhas psicológicas no meu rosto. Fora isso a minha paixão por chocolate é tão grande que eu já tive intoxicação de chocolate quando era pequena. Amanda, porque você está falando isso? Nonsei, nonsense deve ser.  E ah, para quem ainda não sabe, nosso novo parceiro, o Decolar.com, tem sempre passagens aereas baratas para Buenos. Vem logo!

O melhor de todos e meu preferido: Viejo Oso
Eu já disse aqui que eu AMO os chocos da Viejo Oso, pra mim, são os melhores. Não tem muito décor, nem muito frufru - ainda que seja galinha seja um charme. Pero que importa? O chocolate é bom e acabou. Fim. Quem me dá um? Site aqui.


O mais lindo de todos: Vasalissa
Eu já disse aqui também que os chocos da Vasalissa são maravilhosos. Mas mais que maravilhosos, são LNDOS de morrer e chiquérrimos. Olha essa foto debaixo. Fala pra mim se não é muito amor, muito França? Afff. Facebook deles está recheado de mais Páscoa.


Para quem entende de choco: Compañia de Chocolates
A Cia é deliciosa, cheia de recheios diferentes e com porcentagens diferentes de cacau em cada ovo. Para quem entende do assunto. Eles também tem uma degustação de sobremesas deliciosa que eu coloquei no Destemperados. Aqui você fica sabendo mais sobre eles.


O de família: Nucha
Nucha além de ter várias filiais e agradar a todos, tem também outras coisitchas de Páscua, além de ovos. Tipo roscas, bolachinhas, cestas, vendem vinhos que casam com o choco, etc. Facebook aqui e baba sozinha.


Pra turista levar pra casa: Havanna
Olha eu não curto, mas também não acho ruim. É tipo do ''vim passar a Páscoa em Buenos e me lembrei de você.'' Se te convence, entra aqui para saber mais.


Bueno, é isso. Ainda no mercado tem umas opções legais: Bon o Bon. É não são opções legais, e sim opção legal, no singular. Porque o resto não vale muito :( Melhor né, assim não nos empaturramos de choco ahaha. Mentira, todos esses aí de cima são bons! Boa Páscoas, lindonas. E não esqueçam, procurando passagens aéreas para Buenos? Veja todas as opções de datas e empresas no Decolar.com. Voe Gol, TAM, Qatar e muito mais, sempre com o melhor preço!

Cuento Argentino: O Melhor Profe da Vida

26 de mar de 2013

Eu já disse aqui que fui para um escola bem severa quando cheguei nessa cidade linda-de-meldels, né? Bom, ainda que o colégio não tenha sido a melhor experiência da minha vida, eu tive sim, o melhor professor que eu já poderia ter tido nele.

Professor teria quer ter um salário de rei. Não é qualquer um que pode transmitir ensinamento e formar opinião de pequenos que podem, sim, mudar o mundo. Eu tive muita sorte de conhecer aqui em Buenos o melhor profe que eu já tive na vida, Jesus.

Sim, nome abençoado e aulas cativantes. O Jesus era meu professor de Lengua y Literatura. Espanhol. 8 horas de espanhol por semana com ele. Me lembro bem que quando começaram as aulas eu tinha que levar um livro de 300 páginas para a escola. Meu livro tinha 289, e o Jesus não gostou. Disse que isso não era maneira de começar minha carreira na Argentina, que eu não era responsável, veja só.

Garcia Marquez e seus tempos de cólera, foram os culpados por essa bronca. Me lembro que o livro era complicado de se entender e ainda o ler em espanhol parecia missão impossível. Mas enfim, eu tentei. Jesus nesse dia do livro de 300 páginas, colocou um 1 nas minhas notas. Isso significava que eu precisaria tirar pelo menos um 10 na próxima nota para poder equilibrar e ficar com média 5. O que, para mim, era utópico naquele momento. E daí eu pensei: ''Ok, já estou de recuperação''. E olhem que eu nunca tirei uma nota vermelha na vida.

Engraçado que em São Paulo eu era líder se sala, oradora da formatura, e em Buenos era uma zé ninguém. Isso foi bem complicado, perder essa atenção que eu tinha dos amigos aos professores, era um desafio. Jesus, para poder me policiar e educar, disse que eu teria que ler Garcia Marquez para o outro dia, porque já que o livro não tinha 300 páginas, como ele havia pedido, que eu poderia, então, dar conta de ler o bendito INTEIRO em um dia.

E ele não estava mentindo, no outro dia, me deu uma prova do Amor nos Tempos de Cólera. A prova não era para ser colocada oficialmente nas notas e sim, para me educar. Eu li o livro da maneira como pude, fiquei o dia inteiro no hotel lendo, lendo e lendo. Mesmo sem entender, eu o lia. No outro dia cheguei no colégio morrendo de medo. Durante a aula, todo mundo fazendo exercícios e eu a prova. Prova besta, um resumo do livro, um castigo (?).

Depois desse dia passei a ter medo do Jesus. Medo mesmo, de suar quando ele entrava na sala. Detalhe: quando ele entrava na sala, todos deveríamos ficar em pé para recebê-lo. Um caos, era literalmente um desespero quando eu tinha aula dele. Revisava todos os santos livros antes de sair de casa. Revisava pelo menos umas 5 vezes (tinham dias que eu ia com a mochila aberta para a escola para ter certeza de que eu estava vendo o livro da semana que ele havia pedido).

Até que eu comecei a entender a dinâmica. Ele era um excelente professor, disso eu já sabia, mas grande parte da sua maneira de dar aulas era meio teatral. As vezes ele ria alto e eu me assustava, as vezes ele entrava na sala de aula com um mochila da Billabong (isso que ele tinha lá seus 60 anos) e ninguém podia dar risada dele - o que era impossível. As vezes ele desenhava na lousa o mapa do Homero na sua Odisséia. Sim, insanamente bom.

As provas do Jesus eram mirabolantes. Eu li, em um ano, nada menos que 15 livros para a sua matéria. 15 livros grandiosos entre Cortazar, Borges, Marquez, Homero, Shakespeare, Miguel de Unamuno, Tolkien, etc. Para cada livro ele aplicava, pelo menos, 5 provas. Ele dizia que não tinha como aplicar uma prova só de cada livro porque era humanamente impossível entender direito o que o autor queria que entendêssemos. Que amor.

Jesus dizia que já havia ido a Inglaterra só para fazer a viagem dos Três Mosqueteiros. Incrivelmente apaixonante. Ele colocava jazz nas suas aulas quando tínhamos que produzir textos. E ele as vezes entrava na sala de aula e dizia ''leiam''. E era simplesmente abrir a mochila, pegar o livro de leitura da semana ou do mês e se dedicar a ler. As vezes surgia uma dúvida ou outra sobre o que o personagem queria dizer, e era aberto debate na sala de aula. Como eu sinto saudades dessas aulas.

Acho que hoje sei que ele foi o melhor professor da minha vida. E ele talvez seja um dos culpados por eu escrever o blog. Ele me ensinou a ler de verdade. De agarrar um livro e ir em busca do significado de cada mínimo detalhe que o autor exala, tentando decifrar o seu estado de vida no momento.

Hoje eu sei que o Jesus é uma mistura de loucura argentina, com uma inteligência incrível (ele fala 7 idiomas) e um senso de humor que poucos podem entender. Ele nos obrigava a ir a peças teatrais ver obras de Shakespeare e depois fazer prova, ele nos obrigava a pensar, a fazer brainstormings interessantíssimos. A ter loucura e paixão pela literatura.

E eu finalizo o post dizendo que não só o Jesus é assim, mas vários professores argentinos. As aulas aqui raramente são didáticas. Isso é: talvez você nunca vá aprender tim tim por tim tim o que vai cair na prova. Aulas são feitas para debate, para sair filosofando e brigar pelo seu ponto de vista. É natural você frequentar aulas para participar delas, não para ver slides categóricos com pontos que você sabe que vão estar na prova da semana que vem. É normal você ir para a aula e uma semana antes te dar conta de que o que realmente vai cair no exame está no livro de 500 páginas que você nem pegou para ler. Amo essa didática argentina.

Que tenhamos mais professores argentinos, tipo o Jesus no mundo. Sdds dessas aulas.

Assesoria: Universo Buenos Aires

25 de mar de 2013

Vocês já sabem que muitaaaaa gente vem estudar aqui em Buenos, né? Por isso, ainda bem, agora temos uma parceria nova, a Universo Buenos Aires. Eu conheci o pessoal na semana passada e adorei a ideia e o que eles prestam e, de uma certa maneira, curti poder disponibilizar aqui para vocês um serviço diferente e BEM útil.

Mas antes vale dizer algumas coisinhas sobre a educação aqui em terras argentinas...
97% do galerê aqui é alfabetizada. E, ainda, tem acesso ao ensino superior. Aqui, literalmente, só NÃO estuda quem não quer, porque tem oportunidades para todo mundo.


Porque, Amanda? Porque entrara na facu aqui é muito mais fácil do que no Brasil. As públicas tem um método de entrada que é feito pela própria faculdade e não há concorrência. Você faz lá o CBC (no caso da UBA) que é um ano de curso de peneira com algumas matérias, aprovando, entrou. Não há ranking. Nas universidades particulares você geralmente faz uma prova e pelos teus conhecimentos entra. Além disso, as facus pagas aqui tem um custo beeem inferior que no Brasil. Tipo, 30% do custo.

Aqui é o que eu chamo de: fácil entrar, difícil sair. A faculdade geralmente é bem puxada e tem que ralar para dar conta, mas daqui também saem grandes gênios e não é de bobeira que temos prêmio Nobel (dois de Medicina, um de Química, e bueno, o outro da Paz). Vale lembrar que pelo Mercosul, a Argentina aceita qualquer cidadão da área mas é necessário sim fazer a papelada de imigração para poder estudar aqui.


Mas né, tudo isso vale muito a pena, porque estudar aqui é uma beeeeeeeeeeeela de uma experiência. Eu sou suspeita para falar, já sei, mas mesmo assim. Imagina morar em Bue? Tudibom. Aprender outro idioma, conhecer outra cultura, abrir a cabeça para novos ares. Viver fora da caixinha de fósforo, sair da bolha que estamos acostumados, sabe? Coisa boa poder sair da nossa área de conforto.

Por eso que temos essa nova parceria aqui no Chicas. A Universo presta toda assessoria que você precisa para poder estudar aqui. Desde conseguir onde ficar até te botar dentro da faculdade. Os meninos são um amor e prestam toda ajuda necessário para fazer você se sentir em casa.
Nós aqui do blog temos um código promocional, isso é, falando que é do Buenos Aires Para Chicas, ganha 10% de desconto no pacote, coisa bouuuua.

Universo Buenos Aires
www.universobuenosaires.com
www.facebook.com/UniversoBuenosAiresSA

Dale, a estudiar.

Cerini, Mi Peluquería

22 de mar de 2013

Sábado passado fui fazer uma transformação lá no Cerini. E eu ainda acho que é um dos melhores salões de beleza daqui.

Bueno, pra começar, esse é o Cerini (foto). Mas pra cortar o cabelitcho com ele tem que desembolsar uns 250 pesos. O cara tem o maior estilo e eu acho o máximo.

Foto Reprodução: Gon de Fazio.

Como nem todo mundo desembolsa tudo isso pra cortar com ele, tem uns cabelereiros que dá para confiar (falo por experiência própria, ok?). Eu sempre vou no do Paseo Alcorta e por lá temos a Marta, o Gustavo e o Jorge. Jorge foi quem fez meu último corte, AMAY.


Eu também fiz o que eles chamam aqui de desgaste, que são as nossas mechas californianas. Eu caí nas mãos da Liliana e adorei também. Ela faz exatamente o que você pede. Eu queria um tom menos só que a cor natural do meu cabelo e ela respeitou. Eu fucei o álbum da festa do Cerini pra ver se eu achava uma foto dela, mas não achei, só do assistente dela que lava e seca o cabelo pós tintura. É o primeiro chico da esquerda para a direita, segundo ele mulher sofre pra ficar bonita, tem razão.

Foto Reprodução: Gon de Fazio.

Como eu sei que as unhas são nossa maior preocupação eu continuo apostando na Sônia da filial de Belgrano. Eu a conheço desde que cheguei e mudei de salão porque ela muda, falo sério. Ela faz unha feito brasileira e é um amor de pessoa. E na filial do Alcorta tem a Karina, que fala português e sabe técnicas brasileiras. Aliás ela quer se mudar pro Rio, alguém faz ela mudar de ideia, pufavo.

Foto Reprodução: Gon de Fazio.

Os salões aqui em Buenos tem uma conotação diferente da nossa: argentina não gasta muito com isso porque o povo aqui é mais relax. Ok? Por isso é caro (um corte maomenos 150 pesos, unha 70 conto, californianas 280 dinheiros). Mas, são serviços bons. Qualquer filial do Cerini é boa e eu indico bastante. Pras meninas que moram aqui e que tem cartão de crédito Citi Woman, tem 50% de desconto, EXCELENTE!

Sede Paseo Alcorta.

Bueno é isso, sem medo no Cerini. 
Acessem aqui o site para saber das filiais que tem e os preços do salão.

O Sucesso da Buenos Aires Market

21 de mar de 2013

A Revista Joy é meu livro de cabeceira. Não só porque fala de comida, coisa que eu amo e porque traz muitas tendências mas, porque também, é parte do grupo que traz para a cidade a feira mais legal dos últimos tempos: a Buenos Aires Market.

Bue tem se transformado numa cidade tão eco-friendly, orgânica e afins que essa feira não poderia não ser um sucesso. A ideia é juntar num mesmo local vários produtores de comidinhas saudáveis. O acesso é livre e gratuito e tem apoio do Governo da cidade.


Geralmente funciona das 10h da matina até as 19h da noite e rola ir pra lá fazer a feira da semana (coisa que eu fiz no domingo passado) e até mesmo almoçar e merendar por lá. Rola até aulas de yoga e tudo mais.

Foto: Alieska Robles.

Sério, gente, é tudo de bom essa feira, sem brincadeiras. Eu amo demais!


Calendário das próximas e locais onde serão feitas:
Março: 16 e 17 - Bosques de Palermo.
Abril: 13 e 14 - Barrancas de Belgrano.
Maio: 11 e 12 - Bosques de Palermo.
Junho: 22 e 23 - Parque Rivadavia, Caballito.
Julho: 13 e 14 - Bosques de Palermo.
Agosto: 17 e 18 - Plaza San Martín.
Setembro: 14 e 15 - Bosques de Palermo.
Outubro: 12 e 13 - La Boca – Usina del Arte.
Novembro: 23 e 24 - Bosques de Palermo.
*** Se chove eles adiam para outra semana.

Foto: Rodrigo Ruiz Ciancia.

Provedores mais legais (minha opinião):
Ajo Negro: é porque eu não vivo sem alho, e ainda esses são orgânicos.
APS Bio: verduras de estação.
Arytza: coisinhas para temperar.
Buono: AMOOO fica bem no meio da feira, tem beringelas e tomates.
Compañía de Chocolates: já tem post aqui no blog sobre a loja, mas o stand deles na feira é lindíssimo de delícia.
Equilibrio Gusto: pra quem curte comidinha macrobiótica.
Gourmand Place: livros de comida, amo.   
Jardín Orgánico: azeitonas e frutas secas.
L'Epi: padaria amada.
Las Quinas: tem mel e doce de leite.
Próspero Velazco: preciso nem falar porque amo, né? Ou sim,? Vê aqui.
Vinecol: vinhos orgânicos.

Comidinhas delícia:    
Artemisia: comida natural.
Hierbabuena: lanches e sucos deliciosos.
Natural Deli: lanches e saladinhas.
Rincón Orgánico: cozinha gostosa e orgânica.

Vocês podem ir acompanhando no facebook ou no site deles!

Hostels Legais e Premiados

20 de mar de 2013

Hello, chicas. Esses dias chegou um e-mail para mim com alguns albergues premiados pelo HostelBookers. E olha só, que legal, 4 deles são daqui de Buenos! Daí resolvi compartilhar com vocês.

Os prêmios são baseados nos comentários das pessoas, ok? Para ver a lista inteira - do mundo inteiro - tem que acessar aqui. No quesito propiedade tá o hostel America del Sur. Esse albergue fica em San Telmo, na rua Chacabuco 718. As diárias começam em 80 pesos.

Pátio super legal.

Festinha.

Na categoria melhor ambiente, o Art Factory levou. Eu não conhecia esse hostel mas achei bem bonitinho! Diárias a partir de 65 pesos e fica ali em San Telmo na Piedras 545.

Muita cor.

Muita cor, parte II.

O mais popular, claramente, ia ficar com o Milhouse Hostel. Eu já fui lá e achei maior animação geral da galera eheh, pra quem quer diversão é o local certo. A partir de 80 pesos por dia, fica na Hipolito Yirigoyen 959.

Área comum.

Quarto.

Esse talvez seja o mais interessante, porque é o mais apropriado para famílias, o Hostel Suites Florida. A partir de 70 pesos a diária e fica na Florida 328.

Quarto bonitinho.

Para uma viagem mais econômica :)

10 Lugares Para Comer Depois da Balada

19 de mar de 2013

Aqui em Buenos é MUITO comum sair para comer depois da balada. Também, cidadão saí as 21h para chegar só as 7h da manhã em casa? Rola fome mesmo. Por isso perguntei no facebook e no twitter quais eram os locais que o povo curtia sair para comer e fiz um bem bolado de respostas e opiniões.

Onde não passar fome depois do reggaeton:

- Kiosco da Niceto Vega esq. Gurruchaga
Lanches divinos, empanadas a 6 pesos e Shawarmas picantes. A mulher que atende é um amor, é zuadinho mas tá valendo.

- Pé sujo I: Nac & Pop
Esse lugar é mais conhecido já, por lá eles comentam que os preços estão congelados o ano inteiro. Tudo, isso mesmo, tudo a 10 pesos. São 12 filiais pela cidade, alguma tem que ficar perto do boliche que você vai. Vê no facebook deles o menu ehehe.


- 24h na Avenida de Mayo
Pela avenida tem vários lugarezinhos roots abertos, fica ligada pra topar em algum.

- Pé sujo II: Honduras 5300
Em frente ao Kika, perto do Belushi tem um lugar que não tem nada de glamour. Por ali vendem uns choris bons e umas batatinhas molhadas no óleo. E ali também tem outro que é um dos meus preferidos, vende uns Shawarmas de cordeiro com queijo que peloamor!

- Clássico I: Costanera
Carrinhos de lanche da Costanera. Eu coloquei aqui quais são os melhores, mas na hora te garanto que você nem vai lembrar da minha lista e vai pegar o mais perto que tiver pela frente.

- Clássico II: Kentucky
Talvez seja o mais clássico de todos. Primeiro porque as pizzas daqui não são tão ruins e porque tem tantas que você acaba cedendo. Vê aqui as filiais.


- Oleosidade na Junin esq. Las Heras
Um amigo meu colocou que na esquina dessas ruas tem um lugar que vende lanche de porco, choripan, cachorro quente e hamburgers. Tipo quero muito.

- Avenida Santa Fe esq. Oro
Lugar com milanesas e até saladas, UAL!

- Maleva
Na Serrano1598. A dica veio do twitter, dizem que lá tem massas boas, milanesas e saladas. Cuidado com o que você vai comer logo cedo, ein!

- La Niña
Santa Fe 4300. Um lugar mais para comer pela Avenida, nada de mais, não é tão roots como os outros ahaha.

Quem tiver mais pode falar aqui!

Turismo do Papa: Onde Jorgito Foi

18 de mar de 2013

Se houve algo que me surpreendeu na semana passada foi essa história do Papa. Geral achava que quem levava essa era ou o cardeal italiano ou nosso conterrâneo, Claudio. Que nada, bem come quieto mesmo quem levou foi o Jorge Bergoglio

Jorgito, com todo meu respeito (claro), é mais conhecido agora como Francisco. E bom, já que estamos vou comentar nesse post aqui as minhas impressões pessoais dessa nova era na Igreja Católica, a reação dos argentinos e também, porque no, um turismo do Papa pela cidade que o viu nascer.

Jorge e os pais. Foto: Reuters e AP.

Quando Jorge saiu  na sacada ninguém acreditava né: a timeline inteira do facebook e twitter parecia narrar uma final de Copa do Mundo. Enfim, a partir daí começaram as brincadeiras: umas boas e outras, infelizmente, de mau gosto. Eu quero ser bem imparcial nesse post para não dar polêmica.

Mas o que realmente me chamou a atenção foi a reação dos argentinos. Uma mistura de orgulho com surpresa; e eu diria que só nas primeiras horas a Igreja aqui ganhou mais adeptos. Muita gente reclamando da sua postura, muita gente amando que o Papa pegava subte e que é super simples. Enfim, divergências vão haver sempre, como tudo na vida. Foi surpreendente também, na minha família, quando descobrimos que minha irmã (veja só) foi crismada pelo Papa. Ual, né?

Missa na Catedral de Buenos e Bandeira no Obelisco. Foto: La Nación.

Enfim, caminhar pela cidade hoje é pedir para ver bandeiras Papais penduradas nas sacadas juntamente com bandeiras da Argentina. Não era de se esperar menos.

Mania de Papa: em Roma e na frente da Catedral de Buenos. Fotos: La Nación.

Jorge, como a maioria dos argentinos, é filho de imigrantes italianos, de família que trabalhou duro, estudou em escola pública, entrou para o seminário com 21 anos depois que perdeu um dos pulmões devido a uma doença respiratória. E hoje é Papa, quem diria. A história para contar é imensa e não vou me estender muito, mas vale dizer que ele é torcedor do San Lorenzo hehe. Quem quiser saber tim tim por tim tim da história, o La Nación fez uma matéria bem legal e completa aqui.

Há opiniões diversas sobre o novo Papa, mas geral aqui acha que ele vai mudar muita coisa no país. Seja para dar mais ânimo pros argentinos, para confrontar a Cris ou para criar mais polêmica. Na MINHA opinião eu acho que ele tem mais carima e afeto do povo que a Presidente e o povo está vendo nele uma esperança, seja ela qual for.

Enfim, vamos então mostar alguns cantos da cidade por onde o Papa passou:

- O Jorge nasceu em Flores. 
Flores não é um bairro muito turista porque simplesmente não é. Mas para quem quiser ir na raiz do Papa a rua dele é a Membrillar 531 (acho que daqui a pouco vão abrir essa casa para visitas). Perto da casa dele, ele costumava jogar futebol na Plaza Brumana com ozamigo. Quando ele era sacerdote frequentava a Igreja Santa Francisca Javier Cabrini (rua F. Bilbao 2141). Mas foi mesmo na Basílica San José de Flores  (Rivadavia 6950) que ele diz que recebeu o chamado do além e decidiu virar padre.

Basílica San José de Flores.

- Subte Linha A. 
O Papa sempre pegava essa linha para trabalhar. Os antigos vagões de madeira, hoje, foram trocados. Mas a linha está bem bonitinha.


- Torcedor do San Lorenzo.
Não era o estádio mais lindo do mundo, mas pros chicos era até legal ir fazer uma visita no antigo estádio que chamava ''El Viejo Gasómetro''. Sim, se chamava porque já demoliram. A nova cancha do time fica em Almagro.

- Universidad e Colegio Salvador.
Eu achei legal porque é minha facu (uhu). Ele deu aulas no Colegio e foi Reitor de uma das sedes da faculdade.

- Catedral de Buenos Aires.
Talvez seja o local mais turístico de toda a sua história: foi lá que ele foi nomeado arcebispo de Buenos Aires e era ali que ele trabalhava. A Catedral fica bem na Plaza de Mayo.


O Papa dividiu sua vida aqui em Buenos entre Flores, Villa Devoto (onde começou o seminário), a faculdade Salvador e a Catedral da cidade.

Outro passeio na mesma onda, mas que não tem nada a ver com o Papa e sua vida em si é a Tierra Santa. A Tierra Santa é um parque temático (único no mundo) religioso. É legal porque é bem diferentinho e tem umas paisagens bonitas. Vai vendo:


É legal :) para saber mais infos sobre o parque acessa aqui.

Agora vocês sabem mais do Papa argento!

♥ 1 Aninho de Blog ♥

15 de mar de 2013

Nossa, chicas (e chicos), como o tempo passa rápido! Dia 17 de março do ano passado eu comecei a postar aqui. E eu nem imaginava que fosse chegar esse dia. Por isso resolvi fazer um post diferente hoje, contando um pouco como o blog começou, o que eu pensava até então, etc. 

Bueno, quem me conhece sabe que eu já tinha outros dois blogs: o In Spirits e o Feels Like Chocolate. O In Spirits eu o tinha com um amigo meu e ficava mais encarregada de posts fru fru, bares e traduções. Até que não deu certo mais, uma pena, e ficou lá pra história. O Feels, eu comecei porque simplesmente tenho uma essência bem frufru dentro de mim. Amo cafés, patisseries, coisinhas francesas.


Enfim, eu já estava achando que faltava um blog bem segmentado de Buenos e conversando com uns amigos, deu um estalo de fazer, então, um blog bem de mulherzinha. A idéia principal era contar onde comprar isso, aquilo e o outro. E foi assim que comecei: postando cafés, restaurantes, hotéis e lugares para compras.

O que eu não esperava era que o primeiro post de cultura local fosse virar um furor. Eu juro pra vocês que o fiz sem intenção nenhuma e realmente não sabia o que esperar. E hoje eu vejo que os posts de fofoca e mania de argentinos são muito mais vistos que os de comidinha e compras. O que me deixa muito feliz, mas muito mesmo.

Por isso, eu acredito plenamente que o Chicas não é só um blog de turismo, e sim virou um blog meio que de lifestyle, muito mais voltado para a vida que aqui nas lindas ruas da cidade, percorrem. O blog foi sim se moldando sozinho e hoje é uma delícia poder escrever o que eu bem entender, ou quase, para vocês.

Eu ainda me assusto com a quantidade de gente que lê, que curte e como isso foi indo sozinho mesmo, sabe? Sem propaganda, sem banners (até muito pouco tempo atrás).

Daí, resolvi fazer uma listinha com uns posts que já passaram por aqui que são interessantes:

- Os posts que eu mais me dediquei na hora de fazer e ninguém presta atenção: Segurança e o que evitarRoupas de Balada. O de segurança é SUPER importante e geral vive perguntando se tem violência aqui. O de roupas de balada também, sempre tem chicas perguntando com que roupa ir pra balada.

- O post mais importante e que ninguém dá bola: Sites de Utilidade Pública. É... Se tem um post que te ajuda (e muito!) na hora de se achar ou programar uma viagem pra Buenos, é esse.

- O post que eu fiz em dois segundos e foi um sucessoFilmes Argentinos. Hahah foi tão rápido fazer, tão delícia que na hora que eu vi o sucesso me assustei. Afinal, quem não curte cinema argentino e Darin?

- O post mais acessado everCiladas, o que você não deveria fazer. Pois é, minha parte sincera veio a tona nesse post que cita lugares que eu acho que você não deveria ir.

- O post com mais comentáriosA Crise e Porque Ainda Vir. Meio polêmico, um desabafo meu. Acho que aqui eu traduzo o quanto eu amo essa cidade.


- O post mais polêmico: Coisas que eu nunca vou me acostumar... Haha muita gente me xingou nesse post, mas a real é que todo santo lugar tem algo ruim. Falo nada.

- O post com mais share no facebook: O Guia Prático da Azaração em Buenos. Precisa nem falar porque né? Onde tem cada tipo de gato argentino na cidade, super útil ehehe.

- O post que eu mais curti fazerQuando um Argentino Xaveca uma Brasileira. Foi muito sincero e, o pior, real. Eu fazia e dava risada, fazia e dava risada.

OMG chicas é isso, espero que vocês continuem participando do blog como tem feito e me deixado muitoooo feliz. Ceis são uns amores. Acho que o grande desafio do site é esse: manter vocês contentes, antenadas e interessadas com o que rola na cidade, tentar fazer um post por dia é um desafio, mas eu ainda tenho criatividade para criar conteúdo ehehe (AINDA BEM). E que venham muitos aninho más!

Bares Para Festejar Saint Patrick's

14 de mar de 2013

Eu não sei desde quando virou moda aqui em Buenos comemorar Saint Patrick's, né. Mas acho legal você saberem que aqui é super festejado. Aliás, quer vir para Buenos Aires aproveitar todas as dicas do blog? Faça sua pesquisa no Decolar.com e voe Gol, Qatar ou TAM com os melhores preços de passagem aerea!

Breoghan Brew Bar
Ali em San Telmo, é uma cervejaria artesanal. Se liga no facebook deles pra saber o que rola pra festinha de San Patrício.

Sugar Bar
O Sugar promete uma festa beeeem irlandesa pro dia 17 de março. Já adicionaram o evento lá no face e tudo mais. Vai ser meio clima Wild On, do E! Sabe?


Antares
Lá a festinha promete também, durante as noites dos dias 16 e 17 rola umas promos especiais com algumas cervejas e capaz que até homens em saia. Vai vendo aqui como vai ser.

Dubliners
Talvez seja a festinha mais irlandesa do pedaço, com muita gente vestida de verde e com trevos pelo corpo inteiro. Acompanha no face.

Ainda ali pelas ruas Marcelo T. Alvear e Reconquista, geral fecha pra poder comemorar. Além disso, tem os bares Saint Patrick, Down Town Matias, Van Koning, The Kilkeny, John John e The Shamrock para poder partir pra festa. Reza a lenda que comemorar Saint Patrick's aqui é mais divertido que na Irlanda ehehe, só indo mesmo.

Ainda não garantiu sua passagem aérea para a Argentina
Pesquise agora e vem ver de pertinho tudo o que falo no blog!

Para Chicos: Inverno 2013

13 de mar de 2013

Eu já disse que homem argentino anda muito bem vestido, né? Enfim, sem mais rodeios vou mostrar aqui a moda masculina para essa temporada.

A Wanama vem meio hippie, mentira, só o cabelo do cara que é meio hippie. Eu curti sabe? Achei legal, bem melhor que a última coleção. Essa roupa do meio achei que está lindona! O que eu não curti é essa modinha de deixar a barra da calça amontoada embaixo.


Eu já disse que se tivesse um bofe só vestiria de Bensimon, né? Enfim, eles ainda não soltaram as roupas novas afff, mas já dá para sentir como vai ser. Linda como sempre e com esse modelo de meldels. Ops, esqueci que tem chicos lendo. Next.


A minha grande surpresa ficou mesmo por conta da Ay Not Dead que veio BEM MENOS hypster que nas últimas coleções. Eu adorei, as roupas que eles colocaram nesse lookbook são bem mais fáceis de entender e mais cotidianas, estilo incrível. Uma das preferidas.


A Félix sim está mais alternas. Mas eu curti. Senti uma onda Liam Gallagher, tá certo, produção? Porque né, olhem essa última foto peloamor, se o cara fosse um pouco mais britânico, eu me confundia ahah. Fora isso, adorei o modelinho do sweater da segunda foto e do casaco mara da terceira. Também quero.


A Key Biscane é a primeira vez que aparece aqui no blog. Porque eu acho que eles nunca conseguem mudar, sabe? Acontece que essa coleção está bem clássica e bem argentina, eu curti. Pros chicos que são mais tradicionais é uma boa pedida.


Talvez a mais diferentona mesmo seja a Bolivia, com esses casacões que eu adorei, e o macacão como moda. Acho que algumas peças estão incríveis.


Sorry, girls, tinha que mimar os chicos do blog hoje.

O que um Porteño Come nas Refeições

A Moda da Comida por Kg

12 de mar de 2013

Que Buenos Aires está com uma inflação DOIDA todo mundo sabe. Com isso resta apenas se ajustar né. Além de sair para lugares mais baratos e aproveitar as promoções que rolam nos cartões dos bancos, o negócio é economizar mesmo.

Com isso a modinha de comida por quilo está no seu auge. Esses restôs já existiam desde 2010, mas agora parece uma febre. Primeiro porque é a saída IDEAL se você quer comer bem e comer comida saudável, porque é ótimo para almoçar no horário do trabalho e porque, cara, é muito em conta.


Aqui na cidade nunca foi muito comum essa coisa de pagar pelo quanto se come. Coisa que eu achava UÓ desde que cheguei aqui. Sério, nossos restaurantes lindinhos por kg salvam muita gente no Brasil, ainda bem que chegaram aqui, finalmente.


É legal ressaltar que a maioria desses locais são comandados por coreanos, tailandeses, chineses, japoneses e, em minoria, filipinos.


Por isso é muito comum encontrar comidas veggans, tipo milanesa de abóbora, de berinjela, tofu, tortas de verduras, empanadas de verduras, carne de soja, etc.


O que também faz com que a cidade tenha ganho outra faceta: cada dia tem mais vegetarianos por aqui. E tem gente que pratica uma dieta vegetariana durante a semana com esses restôs e, no finde, desaba na parilla.


Bom, o funcionamento a gente já sabe decor e salteado: pega a marmitinha, coloca comida e vai pesar. Ainda tem umas frutas bem gostosas a disposição.


E ah, não é porque a maioria é vegan que não tem carne, ok? Tem uns com TANTAS opções de comida que, sério, não dá para escolher.


O preço varia entre 35 e 40 pesos o quilo, ok? Então calcula que se você compra uma milanesa de berinjela (foto) mais uma saladinha básica vai gastar em torno de 13 pesos. BARBADA, né? Não tem opção saudável mais barata.


E, muito importante: a maioria não tem lugar para se sentar, é pegar, escolher, pesar, pagar e comer fora. Os que tem espaço para comer, geralmente tem um preço mais elevado.


Com isso listo aqui alguns endereços para essas comidinhas gostosas e baratinhas demais (obrigada quem ajudou a armar essa lista). Alguns tem nomes e endereços completos, outros só a esquina, mas já ajuda. Importante: se eu coloco rua Defensa e Alsina é porque o bendito está na rua Defensa quase esquina com a rua Alsina. Se eu coloco que é rua Alsina e Defensa, é porque o local está na Alsina quase esquina com a Defensa, entenderam? O primeiro nome da rua é sempre a rua que o local está, o nome da segunda rua é a esquina.

- Avenida Corrientes e Riobamba.
- Avenida Corrientes e Murillo.
- Peña e Junin.
- Avenida Corrientes 4657 (estação Angel Gallardo do subte B, chama Noble y Natural).
- Defensa entre Belgrano e Alsina (é o chino do post).
- Alsina e Defensa.
- Belgrano e Peru.
- Peru e Belgrano.
- Talcahuano entre Marcelo T. Alvear e Avenida Santa Fe.
- Talcahuano entre Marcelo T. Alvear e Paraguay.
- Marcelo T. de Alvear 430 (entre as ruas Reconquista e San Martin, chama Pekin).
- Lavalle entre Montevideo e Rodríguez Peña.
- Marcelo T. Alvear e Ayacucho (chama La Rosticeria).
- Marcelo T. de Alvear, 1502 (chama Calabaza).
- Luis Maria Campos 1385 (entre Zabala e Teodoro Garcia).
- Juramento entre Amenábar e Moldes.
- Juramento entre Montañeses e Libertador.
- 11 de Septiembre entre Manuel Ugarte e Franklin Roosevelt (chama TorSán).
- Jose Ortega e Baez.
- Avenida Rivadavia e Avenida La Plata.
- Fitz Roy e Honduras (se chama Muralla).
- Godoy Cruz e Avenida Santa Fe (chama Green y Natural).
- Borges e Paraguay.
- Araoz 2400, esquina Avenida Santa Fe.
- Junín e Avenida Santa Fé (chama Veggie Club).
- Paraná entre Lavalle e Tucumán.
- Diagonal Norte entre Libertad e Cerrito.
- Sarmiento e San Martin.
- Laprida entre Avenida Santa Fe e Arenales.
- Tucumán entre Maipú e Esmeralda.
- Avenida Corrientes 3733, entre Bulnes e Mario Bravo (Los Sabios).
- Tte. Gral Eustaquio Frias 378 (quase esquina com Corrientes no 4800, chama Ever Green).
- Sarmiento 355 e 377 (chama La Casa).
- Avenida Rivadavia, altura do 1100, esquina com 9 de Julio.


Ver Comida por Peso num mapa maior
Como se não bastasse, ainda fiz um mapinha :)
Se alguém conhecer mais pode falar aqui que atualizo o mapa. Beso!
SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .