Sobre Desistir

18 de fev de 2015


Recomeços sempre são estranhos. Posso citar muitos autores consagrados e livros de auto-ajuda que tentam reparar o dano de não se abalar com tamanha reestruturação emocional. Mas não existe maneira de superar tudo com muita facilidade.

Para quem me conhece, sabe que eu estou há 9 anos em Buenos Aires e quase não me lembro de quando morava em São Paulo. Fui muito pirralha para a capital porteña (14, 15 anos). Hoje tenho 24 e sinto que meu tempo argentino já deu, sabe?

Nos primeiros anos na cidade eu vivi um mini inferno: porteño não é o povo mais solidário, muito menos anfitrião do mundo e eu passei meus dois últimos anos de colegial sofrendo à beça. Entrei na faculdade e as coisas se ajeitaram um pouco, mas fui curtir mesmo a cidade quando comecei a morar sozinha por lá: quando meus pais resolveram voltar a SP e meu ex terminou comigo. Eu nunca havia morado sozinha antes, nem muito menos em outro país, mas em questão de 3 meses estava cuidando da minha própria roupa e comida em um ap minúsculo e mega velho-empoeirado da Recoleta.

Enlouqueci quase, não consegui terminar a faculdade (motivo pelo qual eu havia decidido ficar em Buenos Aires sozinha) e nunca tinha lidado com reclusão. Do nada, tive que aprender a viver sozinha e sem o cara que eu achava que iria ficar pelo resto da vida. Mas eu era uma criança né? Só que não enxergava isso na época.

Logo de cara aprendi que uma das coisas que mais fazem minha criatividade aflorar é a dor. E foi nesse período que resolvi começar o Buenos Aires para Chicas. Era uma maneira de me deixar conhecer uma cidade que eu não conhecia antes e de fazer novos amigos, ainda que virtuais. Naquela época, Bue carecia de blogs com pegada jovial que fugiam do básico: carne, tango e vinho e então o Chicas cresceu bem rápido (muito por conta dos meus posts desabafo quando saía com porteños hehe). Não esperava jamais o sucesso que foi e achei que estava sonhando em um momento.

Ter a vida exposta não foi fácil, e também não sei se foi o caminho certo, mas foi o que aconteceu. Era o que eu precisava naquele momento, estando errado ou não. Conheci tanta gente pelo blog que eu jamais mudaria algo se pudesse voltar ao tempo. Mas o mais importante de tudo foi a oportunidade que essa plataforma me deu de escrever. Sempre fui muito feliz escrevendo e não abro mão desse meu espaço por nada.

Lancei o blog em Março de 2012 e hoje 3 anos depois, sinto a necessidade de mudar de aires. Minha vida em Buenos Aires já não andava do jeito que eu queria e além do estresse gerado por diversos problemas eu decidi deixar as coisas fluírem e tcharan: fluíram. A vida me encaminhou pela volta ao ninho. E tudo aconteceu de forma mágica e acabou me guiando de volta à SP.

Mas por que eu falo em desistir?

Acabei acreditando em um momento que Buenos Aires era minha cidade no mundo. Ainda não sei se isso está certo, precisaria de mais tempo e viagens, mas é lá que eu me sinto em casa. Parte de mim queria muito poder ficar lá forever and ever, muito porque Buenos Aires te encanta (mas te cega) só que eu também caí na real de que estava ficando impossível fazer isso: inflação, aluguel, carreira, família, relacionamentos, etc. Achei uma hora que estava dando murro em ponta de faca e que sim, eu sou teimosa igual ao meu avô: insiste em algo quando não deve mais insistir.

Meu lado ingênuo acreditou em um momento que o blog iria bombar demais e que eu iria realizar um sonho: viver escrevendo. Só que não. A real é que me dedicava MUITO, vivia sem vida e me dei conta de que não, pelo menos agora, eu não iria conseguir isso e estava inviável viver na cidade. Por inviável leia-se: morar de favor por um tempo porque não achava apartamento que aceitasse me alugar um quarto que fosse sem fiador. Quem me conhece de antes, muitas vezes, deve ter achado que eu vivia uma vida de princesa e mega cosmopolita na cidade, o que era uma mentira. Reclamei algumas vezes de BUE no blog, mas era sutil, não era a ideia abrir as páginas virtuais desse meu diário para falar de assuntos tão pessoais. Mas diversos fatores me ajudaram a tomar essa decisão além do fator aluguel. Por mais que eu falasse no blog sobre relacionamentos (homens, família e amigos), o fator carreira e novas experiências ajudaram e muito na hora de desistir.

Desistir, palavra que eu acho que vai me atormentar ainda por bastante tempo, mas que hora ou outra devo superar.

Se eu tenho receio de perder seguidores, credibilidade ou ficar ainda mais longe do meu sonho de viver escrevendo? Não vou mentir que passou pela minha cabeça e quem não teria? O primeiro estágio de lidar com um blog - relativamente - grande é o encantamento. Essa fase de achar que tudo é perfeito, que teu blog é perfeito, que você é a mina (ou o cara) e que nada além disso faz sentido, passou. Hoje sei que perdi oportunidades de comercializar o Chicas, sei que é uma marca forte no setor, sei também que ficar mudando de cidade e fazendo inúmeros blogs não dá certo. E ainda, sei que esse mesmo blog poderia me dar um sonho de carreira, aquela que eu sempre sonhei. Mas esse mesmo blog me ensinou que ter um blog requer de tempo (muito), planejamento (diversos) e estratégia (fundamental). Aprendi que é um negócio como outro qualquer caso você queira viver disso e que para dar dinheiro precisa ser tratado como uma empresa e para ser tratado como uma empresa você precisa ter maturidade suficiente para isso - coisa que, confesso, tem que ser construída.

Fazer do Chicas meu ganha pão nunca saiu da minha cabeça desde 2012, principalmente pelo encantamento que eu tinha em lidar com ele: sai em revistas, sites, jornais, na TV, fiquei conhecida. Quem não gosta? Mas dinheiro que era bom, nada. Pra fazer o negócio vingar de jeito eu teria que largar meu trabalho e me dedicar 100% a esse projeto. Mas como? Se largasse o trabalho não teria condições de levar a vida que eu precisava levar para gerar conteúdo e engajamento no blog.

E ainda, como escrever sobre uma cidade que eu sempre amei mas que vinha me tratando mal há um tempo? Sabe aquele tesão, vai acabando aos poucos. Não que meu amor tenha deixado de existir, ele sempre vai estar, mas de novo, o encantamento vai diminuindo.

Além de tudo isso, passou pela cabeça: e a minha vida? E meus outros sonhos? Tenho que me desfazer de todos em pró de um só?

Sobre o Blog

Não quero mentir: manter um blog não morando na cidade é complicado e não dá certo. Por isso, o Buenos Aires para Chicas vai deixar de ser atualizado para dar lugar ao São Paulo, Encantada. Pode ser que, de vez em quando, role um post ou outro, mas a real é que estou fechando um ciclo. Não por isso, quero para de blogar. E acredito que a oportunidade de mostrar São Paulo desde o meu ponto de vista pode ser interessante.

Sei que tem muita gente que reclama de SP (com razão) e sei que há diversos problemas, mas não vai ser um espaço onde eu vou vir me queixar. Vai ser um lugar que eu mesma vou usar para ver que sim, dá para ser feliz aqui também. SP é enorme, cheia de variedade, é certo que as coisas são meio fora de mão e tudo requer tempo, mas são adaptações. Não é verdade?

O que eu espero dessa nova fase?

Crescer. Lidar com novos desafios e realizar outros sonhos. Espero que vocês curtam esse blog novinho que vou fazer com o maior carinho e que vocês descubram, comigo, uma cidade bem encantadora> www.saopauloencantada.wordpress.com

42 comentários

  1. Eu sei que se eu disser que estou chorando nesse momento, muita gente vai achar que eu tô fazendo daminha ou que sou bobo, mas não é verdade e eu justifico: fui pela primeira vez a Buenos Aires no ano passado (foi a minha primeira viagem pra fora do Brasil na vida) e o Buenos Aires para Chicas foi minha principal referência; até parece que éramos amigos de infância, que você sabia todos os meus gostos e tinha ido na frente pra depois me dizer "amigo, isso é a sua cara", só que através dos posts.
    A viagem a Buenos Aires mudou, sim, minha forma de ver e pensar o mundo. Parece até que eu me sentia mais em casa lá do que aqui no Brasil, sabe? Na real, parece que eu tinha vivido naquele lugar em outras vidas e que estava de volta ao lar, rs, e volto a dizer: boa parte de tudo isso se deve a você, que com maestria conseguiu mostrar esse lado poético, fofo e encantador de Bue, que, na verdade, é a sua forma de ver o mundo (e que muito se aproxima da minha) e que não vai mudar, em qualquer lugar em que você esteja!
    Meu choro é pura nostalgia pelo "fim" do BAPC, mas fico feliz por saber que vou poder conhecer uma São Paulo linda na minha próxima ida "por culpa sua". Hahaha.

    Sobre o sonho de monetizar o blog e etc, te entendo porque vivo exatamente o mesmo "drama": queria monetizar o meu, mas sei que não é simples como parece, não é apenas escrever e ilustrar.
    Parei de sonhar com isso (porque pra mim não parece ser possível no momento) e tô tocando a bola pra frente. Se acontecer em algum momento, será lucro. Rs.
    Mas desejo de coração que o São Paulo, Encantada te traga, além de novas experiências e amigos virtuais, realização pessoal e, claro, dinheiros! Hehehehe.

    Não tomo alcool, mas espero tomar um chá com você em algum lugar com muito frufru em qualquer esquina fofa e florida por aí nesse mundão de meu Deus.

    Mts bjs de quem admira muito seu trabalho.
    Vc é mara, Chica!

    <3

    www.matheusfernandes.net

    ResponderExcluir
  2. Linda! Te admiro muito e espero que saiba disso. Você sabe usar as palavras de um jeito tão profundo e tocante. Você nem precisava dar satisfações e teve a coragem de se abrir. É por isso que eu sei que o seu novo projeto vai ser maravilhoso, pq vc faz as coisas com amor. Um beijo chica e vem conhecer NY!

    ResponderExcluir
  3. Amanda querida, acompanho o blog desde o início e confesso que fico um pouco triste por ele não ser mais atualizado, mas entendo completamente os seus motivos. Seus posts me motivaram muito pra alimentar um dos meus sonhos dessa vida, que é conhecer Buenos. Devo te agradecer muito. Conheci bandas portenhas, que hoje em dia são minhas favoritas, aqui. Aprendi qual é água que tem menos percentual de sódio pra eu tomar e não fazer cara feia quando chegar na cidade (guardo essa info maravilhosa!). Enfim, aprendi muito sobre a cidade e seu povo aqui no Chicas. Não fui uma leitora de comentar em todos os posts mas li todinhos, tenha certeza disso.

    Enfim, deixo um obrigada de coração por ter compartilhado suas aventuras em Bue aqui no blog. Desejo que seu novo projeto te traga muita alegria e aprendizado. Já estou no aguardo das publicações sobre SP.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esses dias andei procurando um blog que falasse de São Paulo como esse aqui fala de Buenos Aires e não encontrei! Por isso mesmo acredito no seu novo projeto e desejo muito sucesso! Vai dar tudo certo, você não desistiu, só continuou de uma forma diferente, para falar a verdade eu vejo algumas semelhanças entre as duas cidades. :) Um abraço e parabéns pelo trabalho que você concluiu aqui!

    ResponderExcluir
  5. Boa sorte, Amanda! Se vc colocar o mesmo empenho e dedicação que conhecemos nos projetos eles sempre darão certos!

    ResponderExcluir
  6. Boa volta a SP! Como ex-moradora dessa cidade e agora moradora de Rosario (AR), tenho certeza de uma coisa: você vai desfrutar muito e também ficar quase maluca!

    Boa Paulicéia Desvairada pra vc!

    ResponderExcluir
  7. Amanda, acabei de ler o texto e sim... não contenho minhas lágrimas enquanto escrevo... Porque ao mesmo tempo que entendo tua situação é uma pena que tantos sonhos (e que combinavam tanto com uma cidade tão linda...) não tenham trazido o retorno que você merecia ter! Eu sou casada com um portenho (que conheci e mora aqui no Brasil) mas só fui pra Buenos Aires no ano passado... Fiquei apaixonada! Uma paixão que começou muito antes qdo lia tuas postagens e sonhava em ir naqueles lugares! Assim como eu, tenho certeza de que vc abriu o mundo de muito mais pessoas... E que mesmo não sendo atualizado o blog ainda continuará sendo uma referência, porque você escreve maravilhosamente bem!!! Um beijo no coração e muito sucesso na tua nova fase de vida! E sim: obrigada por em tantos dias me fazer sonhar e desejar estar naqueles lugares...

    ResponderExcluir
  8. Amanda querida!
    Desistir é uma das coisas mais corajosas que alguém pode fazer!
    As vezes demoramos para perceber o que o universo está querendo nos dizer porque somos muito resistentes à mudanças.
    Viva esse seu momento com muita alegria!
    Espero que essa nova cidade/vida/blog te traga muita felicidade e realização.
    Ah, e continue com as fotos lindas no insta!
    Suerte, chica!!

    ResponderExcluir
  9. Fuefa, faça o que quiser na vida porque sempre dará certo pra você. Você já deu certo. E dinheiro é consequência e vem com o tempo. E amei saber do novo blog! Ótimo motivo pra visitar Sampa! Saudades...

    ResponderExcluir
  10. Amanda, espero que essa fase gere muito conhecimento e crescimento pessoal. O importante as vezes é sair da nossa zona de conforto e arriscar o novo. E é isso que você está fazendo, e que com essa mudança você alcance seus objetivos. Assim como este blog despertou a minha vontade de explorar BA, sei que com o seu talento, vai fazer com que todas(os) leitoras(es) do blog vejam que em SP além da selva de pedras!
    Muita boa sorte, e sucesso!

    ResponderExcluir
  11. amanda, talento independe de geografia.... vc fez o melhor blog sobre bsas que já li, e que me foi muito útil em viagens para lá. já tô adorando que agora teremos dicas de outra cidade para a qual amo ir... boa sorte e conte sempre com nossa admiração!!! :)
    bjs

    ResponderExcluir
  12. Bueno. querida Amanda, não posso deixar de dizer que meu dia ficou mais triste depois do que li neste post. Eu sempre tive "el sueño" de conhecer Buenos Aires. e o realizei em 2010. Em 2011, comemorei em Buenos Aires meu aniversário de casamento. Conheci seu blog no final de 2013. E ele me mostrou uma Buenos Aires que eu precisava experimentar, que eu ainda não conhecia. Apenas em um post seu, conheci o Soda Stereo e sua ciudad de la furia, e passei a admirar a banda; el Loco do Andre Calamaro; amar el Libertango, o melhor tango de todos os tempos, na minha modesta opinião (a ponto de ficar parado por várias vezes em frente a uma loja de CD's na Corrientes para assistir uma performance by Andre Rieu e, claro, comprar o DVD). Isso só para ficar em poucos exemplos. Em 2014, com o blog "debaixo do braço", voltei a esta linda cidade e, seguindo suas dicas, vi uma BUE fora do lugar comum. E quero voltar para ver ainda mais. É uma pena que seu blog não se tornou economicamente auto sustentável, mas tenha certeza que mudou as mentes e corações de milhares de pessoas. Espero que consiga fazer o mesmo aqui em Sampa, e quem sabe a gente não se esbarra na esquina da Ipiranga com a São João... mas, independente disso, obrigado. Muito obrigado por tudo o que escreveu e dividiu conosco. Valeu a pena! Um super beijo!!!

    ResponderExcluir
  13. Amanda,

    Não nos conhecemos, mas leio o Chicas há algum tempo e seu post me emocionou muito.
    Estou em BUE para vacaciones de três semanas. Antes disso, só havia pisado em solo portenho em 2013, logo depois de terminar um noivado, para fazer minha primeira viagem sozinha. Foi algo mágico e que me levou a um estado de deslumbramento que resultou na certeza de que essa é a minha cidade e de que eu só seria feliz de verdade morando aqui.
    Pois bem, voltei depois de 2 anos. Para ter aulas de espanhol, para descansar, mas, principalmente, para entender qual é o meu lugar em meio aos portenhos. E só agora vejo que bem, talvez ele nem exista, e tudo bem - essa continua sendo a casa do meu coração.

    Espero de verdade que, onde quer que esteja, você se sinta acolhida e feliz, pois isso é o que todos merecemos.
    Muita sorte nessa nova etapa e muito sucesso no seu novo empreendimento, hahaha.

    Um beijo carinhoso da leitora :D

    ResponderExcluir
  14. Amanda, boa sorte nessa nova jornada, que você encontre um bom caminho. Obrigada pelos posts deste blog, foram boas leituras e decisivos no planejamento da minha viaje a BUE. Que você continue escrevendo e compartilhando mais textos bacanas por aí.

    ResponderExcluir
  15. Acho que você tomou a decisão correta, poucos países têm a diversidades que temos no Brasil, com certeza vai encontrar muitas coisas legais. Boa Sorte!!!

    ResponderExcluir
  16. Tô triste e feliz...
    Mas acho que tudo tem seu ciclo mesmo, a gente precisa renovar, reaprender, recomeçar...
    Com certeza vai ser mais um sucesso, torcendo aqui!
    Bjs com todo meu carinho
    Mi

    ResponderExcluir
  17. Boa sorte na sua escolha, e que tudo de melhor te aconteça! Gente, 24 aninhos? É muuuito baby ainda! Muita vida pela frente e desistir nessa idade de algo é normal e saudavel! Parabens pela sua coragem, e siga em frente!

    ResponderExcluir
  18. Saudade é solidão acompanhada,
    é quando o amor ainda não foi embora,
    mas o amado já...

    Saudade é amar um passado que ainda não passou,
    é recusar um presente que nos machuca,
    é não ver o futuro que nos convida...

    Saudade é sentir que existe o que não existe mais...

    Saudade é o inferno dos que perderam,
    é a dor dos que ficaram para trás,
    é o gosto de morte na boca dos que continuam...

    Só uma pessoa no mundo deseja sentir saudade:
    aquela que nunca amou.

    E esse é o maior dos sofrimentos:
    não ter por quem sentir saudades,
    passar pela vida e não viver.

    O maior dos sofrimentos é nunca ter sofrido.

    ResponderExcluir
  19. Acompanho o seu blog desde 2012 , e so agora em fevereiro de 20015 consegui viajar a buenos aires, suas dicas de comportamento, lugares e servicos cairao como luva, boa sorte no novo projeto sao paulo.

    ResponderExcluir
  20. Bom dia Mandinha. (sempre te chamei assim, embora tenho certeza que vc não se lembre)

    Sou meio preguiçosa para ler textos grandes, mas não pude deixar de ler esse ... Te acompanho desde o "Feels", e vc me ajudou a fazer o meu roteiro de viagem em 2012, antes de começar a comercializar no blog. Gosto de "imaginar" que te ajudei a fazer isso... rs

    Só não entendi uma coisa ... Porque vc vai rotular o seu novo blog? As pessoas que te seguem, não seguem ao Feels, ou ao Bue para Chicas, mas sim AMANDA MORMITO, por isso descordo de vc qdo diz que o Bue é uma marca, pq na verdade a marca é VC, seu nome hj tem peso qdo se fala em blog de turismo gastronômico. As pessoas não falam o Bue da Amanda, mas sim a Amanda, do Bue para Chicas.

    Pq não cria um blog da "Amanda"? E qdo vc for p/ Londres, Paris ... Pq vai checar um dia que vc vai... Vamos ter que passar por mais um post desses de despedidas ao invés de um posto de comunicado do inicio de novo ciclo?

    Ah Mandinha, queria eu ter metade do seu talento para escrever e cativar as pessoas. Vc é uma fofa e não merecemos passar por isso novamente. Se vc criar um blog pessoal, poderá migrar tds os posts, e deixa-lo rico de informações. Seria maravilhoso para o seu currículo. Qto deixar o blog rentável, já pensou em apresentar seu trabalho para um editora? Com certeza dá um ótimo livro sobre BUE.

    Ah, eu ficaria aqui pensando em inúmeras razões para te convencer a mudar o nome do seu novo blog e comprar a minha ideia ... rsrsrs, mas isso é algo que só vc pode fazer né?

    Mais no final, iremos sempre onde vc for ... Bjs, não com saudades, mas ansiosa para conhecer Sampa com outros olhos ....

    ResponderExcluir
  21. Boa sorte, Amanda. Que saia tudo bacana nos novos projetos e que você descubra (loguinho) que existe amor em SP!

    ResponderExcluir
  22. Desistir nem sempre é ruim, não é pros fracos. Muito pelo contrário, desistir e recomeçar é pros fortes.
    Espero que tua nova empreitada dê muito certo!
    Vai atrás do que te faz feliz.

    beijos!

    ResponderExcluir
  23. Eu acho que é preciso coragem até pra desistir. Não tem jeito, não adianta força uma barra mesmo. Eu me identifico quando você diz que por mais que você ame Buenos Aires ela de certa forma te tratou mal por um tempo... eu nasci em Bue e sempre achei que me sentiria em casa quando voltasse. Todas as vezes que fui tive dissabores e não me senti acolhida, por mais aberta que eu estivesse, por mais linda que fosse a cidade.

    Às vezes é a vida mostrando que o seu caminho é outro e que, sim, só tendo coragem de mudar é que você vai se encontrar.

    Boa sorte nessa nova fase e algo me diz que você vai se dar bem!

    ResponderExcluir
  24. Amanda, obrigada pela linda oportunidade de nos apresentar uma Bue tão encantadora e de me fazer conhecê-la e amá-la por causa de suas indicações, do seu olhar, do seu blog. Que São Paulo seja igualmente encantadora, mas acolhedora e benção na sua vida, apesar dos percalços que as vezes aparecem. Sucesso sempre!

    ResponderExcluir
  25. Amanda. Fiz várias viagens para BUE e sempre usei seu blog como referencia. Parabéns por sua coragem.
    Quem perde mesmo com sua volta? BUE que deixa de ter uma pessoa inteligente falando sobre e divulgando aquele belo pais. Sorte e suce$$o!! bj

    ResponderExcluir
  26. Amanda. Fiz várias viagens para BUE e sempre usei seu blog como referencia. Parabéns por sua coragem.
    Quem perde mesmo com sua volta? BUE que deixa de ter uma pessoa inteligente falando sobre e divulgando aquele belo pais. Sorte e suce$$o!! bj

    ResponderExcluir
  27. Ah :/// fiquei triste!
    Conheci Buenos Aires há alguns meses e quando voltei de lá, cheguei no Brasil completamente encantada com a cidade e disposta a encontrar o maior número de informações possíveis sobre como é viver por lá. Foi assim que encontrei seu blog e passei a acompanhá-lo; é um trabalho incrível!
    Mas enfim, você tem suas razões e o importante é ser feliz. Que sua volta ao Brasil lhe traga alegrias e sucesso no São Paulo, encantada. Abraços!

    ResponderExcluir
  28. Oi, Amanda! Fiquei emocionada com o seu post, caiu uma lágrima aqui. Também estou em uma fase em que sinto que preciso começar algo novo, mudar de emprego, de cidade, mas me sinto de mão atadas por não saber o que quero realmente fazer. Admiro sua coragem em desistir e em ir em busca desse novo. Acho que São Paulo, Encantada tem tudo para dar certo. A parte ruim de São Paulo, pelo menos aqui no Sul, é muito mais divulgada que a boa, tanto que quando fui pra lá não sabia muito bem o que visitar e confesso que fui com a mente um pouco fechada.
    Em relação à Buenos Aires, desde criança, sempre tive um encantamento por ela que não sei explicar de onde vinha: o charme da cidade, o tango, o idioma...
    A vontade de conhecer se intensificou depois de cair de amores por um argentino que conheci no Brasil. De volta à Buenos Aires, ele não estava disposto a nenhuma ''loucurinha'', mas ao mesmo tempo não me deixava esquecê-lo. Ele queria manter um contato onde não se estava cultivando nada, apenas me fazia sofrer. Isso se prolongou por meses e a paixonite me deixou muuuuuito mal. Foi no seu blog que encontrei um conforto, nos seus posts sobre relacionamentos e nos comentários de outras meninas com histórias parecidas com a minha. O ''meu'' era mais um argentino galanteador, dramático, enrolado, traumatizado e imaturo em meio a tantos outros citados aqui. Certamente não são todos assim, mas me parece ser um perfil bem comum. E entender isso me ajudou bastante. Te agradeço muito por isso.
    Em janeiro um amigo me convidou para conhecer Bs As e eu fui. Encontrei o ''famoso'' e foi horrível. Ainda dói, mas não tem mais jeito. Apenas tive tempo para conhecer a parte mas turística da cidade, mas AMEI. Como alguém comentou anteriormente, parecia que eu tinha voltado ao lar e deu uma vontadezinha de morar lá. Quero voltar, com tempo, e seguir várias das suas dicas.
    Você é uma querida, dá vontade de ser sua amiga :D Vai dar tudo certo no seu novo caminho, suerteee!

    ResponderExcluir
  29. Oi Amanda, bem vinda de volta ao Brasil. Adoro o " Buenos Aires para Chicas" mas tenho certeza que vc vai fazer um excelente trabalho com o " São Paulo, encantada". Achei lindo seu depoimento e tbm muito legal vc ter dado uma satisfação para os seus leitores, vc tem a idade da minha filha, por isso te desejo do fundo do coração muita, muita sorte nessa sua nova fase. São Paulo é uma cidade muito interessante, vc vai ter muito o que escrever pra gente , boa sorte.beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah esqueci de falar, rsrsrsr estou sempre te acompanhando tbm no insta, meu nome é Maeve Lavinas

      Excluir
  30. Acredito que fazer escolhas é sinal de maturidade, ouvir a voz interior, conhecer o que realmente precisa e admitir o que é necessário fazer. Mudanças acabam sendo dolorosas porque somos resistentes a ela, que seja uma fase de novas descobertas de São Paulo e si mesma! Parabéns pela coragem e atitude! Abraços do sul!

    ResponderExcluir
  31. Amanda, o "Chicas" me ajudou muito com o planejamento de minha viagem a Buenos em 2013, e claro, você, com a programação que fez para mim. Deixo aqui minha gratidão.
    Garota, a vida é assim, tem muitas reviravoltas, e é aí que está seu encanto, a surpresa, a mudança.
    A gente faz muitos planos, uns dão certo, outros não, mas quando seguimos a maré, quando deixamos Deus tomar conta do leme, nos surpreendemos no final, ao percebermos que os planos Dele são melhores que os nossos.
    Seja otimista, acredite, vem muitas bênçãos para você em seu novo endereço.
    Seja bem vinda!

    ResponderExcluir
  32. Olá o blog sairá do ar? Ou apenas não vai mais atualizar?

    ResponderExcluir
  33. Perdemos uma grande referência. Desde 2011 que visito BA, e foram mais três vezes q fui, e você sempre forneceu informações imprescindíveis, mesmo sem q eu contribuísse com quaisquer comentários aqui. Obrigado por tudo, sou muito grato por tudo que vc compartilhou.
    Desejo o melhor para essa nova etapa de sua vida. Bjs Amanda

    ResponderExcluir
  34. Amanda, é importante reconhecer a hora de mudar, né? Obrigada pelo blog incrível e já estou indo no São Paulo, encantada começar a te seguir por lá. Muito boa sorte na nova vida!

    ResponderExcluir
  35. Amanda, acompanho seu blog a muito tempo, iniciei um namoro com um Porteño e desde então comecei a acompanhar seu blog, pois pretendia um dia morar na cidade, desde que o relacionamento desandou eu acabei meio me afastando daqui, mas te acompanho no insta sempre, mas só agora vi que vc voltou para SP, poxa imagino, chega uma hora que temos que voltar pra casa, né? Eu não dei muita sorte com o porteño que eu tinha certeza que seria o amor da minha vida, mas fiz um blog que me faz super feliz, te desejo muita sucesso nessa nova fase e espero um dia conhecer vc pessoalmente, pois sou muito sua fã <3

    ResponderExcluir
  36. Amanda, na época desse post eu li e fiquei triste pelo fato de o blog deixar de ser atualizado. Hoje leio de novo porque estou passando por uma situação muito parecida, de desistir de algo que é lindo, que vai muito bem, que é adorado por muita gente, menos por mim. Me envolvi em um projeto que foi o sonho de muita gente, menos o meu, e me doeu muito assumir que precisava desistir e começar um novo ciclo. Junto com a dor veio uma paz e um gás novo pra recomeçar. Só queria te dizer que tuas palavras me inspiraram e que é muito bom saber que tem mais gente recomeçando, sempre. Um beijo.

    ResponderExcluir
  37. Seu blog é muito bom, você é ótima escrevendo, mesmo que tenha voltado para São Paulo, continue escrevendo... Realize seu sonho!!!

    ResponderExcluir
  38. Primeiramente parabéns, seu blog é fantástico. Quanto a desistir, as vezes na vida podemos trocar o desistir por recomeço ou novo caminho. Espero que continue sempre escrevendo aqui em seu blog, pois adoro vc. Beijos..... Bruna Magnameyer

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .