Saidinhas +30 em Buenos!

5 de set de 2012

Várias chicas já me pediram onde ir quando se tem mais de 30 na night. Vou tentar armar um cronograma aqui pelo o que eu tenho visto e ouvido, dale? Aliás se alguém conhece algum local que não tenha colocado aqui, avisa, que atualizamos o posttttt!

Godoy
Godoy é um bar-balada. Durante semana funciona mais como happy hour, já nas sextas e sábados rola festinha. No finde, então, é bem comum pessoal +30 frequentar e com isso as músicas mudam. Canções dos 80-90 estão sempre presentes. A casa não é lá tãão linda, mas agora está reformando. O bom é que as pessoas que vão são lindas e tem uma parte de fora que separa o salão para bailar da outra parte que é o bar, no meio do caminho fica uma galera divertida que quer conversar e tomar algo. Paraguay 4905 - alermo Soho. www.restaurantgodoy.com.ar

Foto: In Spirits

Congo
Durante semana também rola uma pegada mais 30. Eu curto o ambiente, acho bem típico de azaração e além de ser bem frequentado também fica bem localizado e o clima é agradável. Tem mais sobre o local aquiHonduras 5329 - Palermo Hollywood.

Foto: In Spirits

Isabel
O Isabel antes tinha de tudo mas não sei porque agora só tem uma galera mais velha, aliás +40. Mas vou por do mesmo jeito, vai que vocês curtem né? É um bar maravilhosamente lindo tem que ir nem que for pra fruticar na decor ahaha. Uriarte 1664 - Palermo Soho.

Foto: In Spirits

Gran Bar Danzón
É puramente frequentado por +30, especialmente durante semana quando a galera sai do trabalho e vai tomar algo no happy hour, aqui chamado de after office. Vale a pena, o local também é lindo, as bebidas são deliciosas e a comida um must. É meio chiquezinho. Libertad 1161 - Recoleta - www.granbardanzon.com.ar

Franks Bar
Eu AMO o Franks acho tudo de bom. Aliás aqui dá de tudo ok? Então por isso estou colocando. Sempre que eu vou tem uma galera de 40, uma de 30 e uma de 20. Bem democrático é o local, e entra pra lista do tem que ir em Buenos Aires.

Ocho7Ocho
Também outro baita bar que tem que ir. Aqui, como o Frank's, dá de tudo. Mas não dá -22, primeiro porque a galera menos essa idade não curte muito locais como esse, onde a bebida é o palco e reunir a galera é o essencial.

Puerta Uno
Speakeasy também. Não tem bar com mais clima diferente e extrovertido que esse. Juramento 1667 - Belgrao - www.puertauno.com

Foto: In Spirits

Kansas
O happy hour do Kansas aos domingos é bem frequentado por +30. Além de bons drinks em promo a comida é um MUST, babei.

Agora, baladas: eu não sei muito mais da que eu coloquei aqui, a Godoy. Mas tem uma matéria do GlamOut, site de saidinhas de Bue que lista várias: Bella Roma, Génesis, Tocororo, La Mansión de Nora, Sótano Beat, La Casa de Mercedes, Gong (eu não conheço nenhuma delas e não sei falar nada sobre). Fora essas eu ainda coloco o after office do Terrazas as quartas, Palácio Alsina durante semana também, Asia de Cuba durante semana e Jet Lounge nos findes.

15 comentários

  1. Olá Amanda! Adoro seu blog!!! Eu e meu maridos iremos dia 25 de setembro e gostaria de saber se os argentinos se comunicam bem em inglês ou até mesmo em português, eu não faloa nada de espanhol, mas meu marido enrola no espanhol e fala bem o inglês... vamos ficar uma semana em um apto na recoleta, dá para conhecer e descansar bastante né? rs Bjão :) Naomi

    ResponderExcluir
  2. Noooossa!! Baladinha pra +30...oops!...+40..ahahahah...Amei!! Superanotado!!!! Beijos!!

    ResponderExcluir
  3. Adorei a baladinha pra mais de 30!!! Estou louca pra comemorar meus 30 anos semana que vem em Buenos, obrigada pelas dicas!!!

    ResponderExcluir
  4. Faltou o endereço do Kansas... um dos que mais me interessaram...
    Na expectativa...
    Rose.

    ResponderExcluir
  5. caindo de paraquedas no blog e curtindo demais. Vou para BAs sozinha em fevereiro, e to começando a ficar neurótica com essa idéia hahaha... valeu pelas dicas e parabéns pelo Blog

    ResponderExcluir
  6. Ola, vi que este post é mais antigo, as dicas ainda são validas para este ano?

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .