Top 5! Coisas Normais De Argentinos no Namoro

17 de set de 2014

Ai, resolvi fazer outro post comportamento - cultura local - azaração. 5 coisas que são completamente normais que os argentinos façam, estando namorando. 

Sair de balada com amigos
Aham. Balada aqui não é sinônimo de pegação - ainda que seja difícil se acostumar com isso, na nossa cabeça. Argentino quando sai com amigos para balada não é porque - necessariamente - quer pegar. Então ainda que seja OIIIIIIIIIIIIIIIIII?, aceite que isso pode rolar enquanto tu estiver namorando com um porteño e que tem argentina que leva isso numa boa. No caso de não aceitar
mesmo a saída, chama pra conversa e explica. Ojalá que adiante.

Não mudar os planos com os amigos por tua causa
É. Se o bofe já marcou de sair com os amigos antes e você chama ele para ir ao cinema, ou fazer qualquer outra coisa, saiba entender que ele vai te dizer "no puedo ir, porque ya tenía planes". Aqui é bem comum que não se misturem grupos de amigos, e sair de casal pode rolar mas nem sempre. E não fique chateada se o bofe disser não, eles preservam demais as saídas individuais e amigos são tudo para eles. Ok?

Não perguntar se você chegou bem em casa
Talvez isso não se aplique muito para casais mesmo, porque o cara sempre acompanha a mina até em casa (ou deveria). Mas é normal sair para um date com um porteño e vocês se encontrarem em tal lugar já (sem antes ele passar na tua casa pra te pegar. Aliás raros porteños têm carro e quando passa para te pegar é de táxi). Às vezes pode rolar de, depois da saída, vocês pegarem táxi separados e ele não te acompanhar até em casa ou nem ao menos perguntar como tu chegou.


O não uso de aliança
 Aliás, são poucos os países nos quais casais (sem serem casados) usam aliança. E é uma tendencia que cada vez mais perde adeptos. Mas saibam que aqui o pessoal não usa não.

O castellano
Ainda que existam coisas ruins (quando nao existe?) ele vai te chamar de "mi amor" e dizer "te quiero". E ainda vai tentar falar português pra te agradar.

12 comentários

  1. Tudo bem, desde que a tentativa de falar português não seja colocando tudo no diminutivo: "oizinho, tudo bemzinho..." Tenho uma raiva forte de quem tenta falar português assim... rsrs!

    ResponderExcluir
  2. Reparei q eles não têm o hábito de andar de mãos dadas, ainda que o chico fale sempre que sente falta de "caminar de la mano" <3 Agora minha dúvida... eles somem e aparecem meses depois como se nada tivesse acontecido e, quando falei que estava conhecendo uma outra pessoa, fez um drama com trilha sonora de tango! Quando somem, eles não ficam com mais ninguém??? Pq eu não consigo crer!!!!

    ResponderExcluir
  3. amandaaaaa, hahahaha obrigada por esse post. eu ja constatei isso da balada e dos amigos, a duras penas, sem ngm me explicar, e nao entendia, ficava boladona, achava mto paia. continuo achando, devo dizer! c sabe q no Brasil obvio q rola saida soh com os amigos, mas q quando a saida eh pra uma balada, eh quase obrigatorio chamar o namorado/a! inclusive eh motivo pra discussao feia se nao chama! pero bueno, menos mal q nao eh um mal particular (me volvi loca com essa merda), agora entendo q eh una enfermedad generalizada dos porteños ¬¬ e pode ser ate normal, mas eu sou brasileira e nao sou obrigada a me sentir comoda com isso! hahaha. pode ate nao ser pra ir pra pegacao, mas a gente como eh o clima de balada. enfimmm..

    adoro o blog, continue escrevendo, vc eh otima! ;D
    saludos!

    ResponderExcluir
  4. Gente, mas qual o problema do bofe sair com os amigos e, obviamente, eu sair com as minhas amigas solita? Acho um saco essa coisa de fazer tudo junto o tempo todo, nem me parece saudável. Aqui no Brasil tem muito essa coisa de casalzinho... não curto não.

    ResponderExcluir
  5. O meu argentino é o único que foge a todas essas regras???? Kkkk. Olha.. Então acho que tenho sorte ou andaram falsificando meu namorado pra mim kk o meu não gosta de baladas.. E não da muita moral pra amigos.. Larga tudo pra ficar cmg.. Ou um jantar ou cinema ou filmes com pipoca em casa.. E sempre se preocupou se cheguei bem em casa, se comi, e toda manha me pergunta::: Como dosrmiste?? Bien?? Sieeempre jajaja.. Queria ta exagerando mas não tou.. Ele er assim de carinhoso.. Mas claro ele arrisca falar português, ate porque passou uma temporada comigo no Brasil.. E já vamos como quase um ano e meio juntos <3 conheci ele no terceiro dia que cheguei em Buenos e desde ai nos pusimos de novios *.*

    ResponderExcluir
  6. Estou rindo aqui e concordado em genero, numero e grau Amanda!
    Mas pooooow é MUITO dificil acostumar com esses porteños! sério!

    ResponderExcluir
  7. Vc esqueceu de dizer que as meninas tb saem de balada mesmo namorando , em grupo. Amanhã comemoro meu niver e várias amigas vão sem os bofes, inclusive sem os maridos hahahahaha . Te esperooo muahhh

    ResponderExcluir
  8. Eu percebi isso e não foi em Bue, eu estava em Santiago Del Estero, creio que é coisa de Argentino mesmo, e eu e minhas amigas ficamos tentando entender, por mais que para mim seja super legal e acho valido, não estou acostumada com pessoas aceitando isso, porque aqui isso é quase termino de relacionamento hahaha

    ResponderExcluir
  9. E além da balada tem o lance da viagem com os amigos! É súper normal o casais viajarem separados! �� ...

    ResponderExcluir
  10. A situação piora 20 vezes quando você namora um porteño que já viveu por bastante tempo no Brasil, e você continua morando em Balneário Camboriú. Ele pode sair lá, porque é normal. Mas se eu sair aqui é CERTEZA (na cabeça dele) que eu vou passar o rodo em 20 (mesmo nunca tendo feito isso na vida). ISSO se não fazer um strep tease no palco até o final da festa. Segundo ele, ele conhece muito bem o brasil E BALNEÁRIO CAMBORIÚ para saber como é que funciona. hahahahaha

    ResponderExcluir
  11. Eu também sou brasileira e namoro um Argentino e ele é muito gentil ,não curti baladas e tem poucos amigos ... Uma coisa que Argentino ama é futbol .. kkk

    ResponderExcluir
  12. Meu namorado não é portenho, é do Sul da Argentina, de Neuquen. E essa coisa de não usar aliança me deixa boladíssima,mas adoro quando ele arrisca português, es tan romántico jeje. E não ligo de ele sair com os amigos eu confio no meu caballero!

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .