10 Motivos que me Fazem Pensar em Ir Embora de BUE

23 de set de 2014

Vamos falar de realidade porque nem todo dia se resume a cafézinho no Pani, nem passeios no parque 3 de Febrero e nem tragos no Florería Atlántico. 

Como boa expatriada e estrangeira em terra alheia, sempre bate aquela coisinha de "nossa, será que vou morar aqui pro resto da vida?". Deus, esse resto da vida assusta, viu? Eternidade, pra sempre, etc. Credo. Bem, pensando pelo lado negativo da coisa, eis aqui os motivos pelos quais EUUUU, AMANDA, iria embora de Buenos Aires. Fui bem organizada e separei por lógicos e psicológicos. Porque se bem Argentina tem problemas eu também vejo os "meus".

- Motivos lógicos

#1. Vai crise, vem crise
O povo aqui já está acostumado, mas é cego quem não quer ver que Argentina vive de ciclos em ciclos que geralmente duram 10 anos. Céu, terra, céu, terra e assim por diante. Dá pra fazer planos a médio prazo? Tá sonhando! Ainda que seja muito sonho de brasileiro ter a casa própria, chega uma hora que você precisa de estabilidade. Nisso vem sempre aquela coisa da desvalorização da moeda que é outro motivo pelo qual eu iria embora.

#2. O peso que não tem peso
Se bem quando a época não é de crise intensa o peso valorize um pouco mais, já é costume argentino comprar moeda estrangeira (aka dólar) para manter a economia, isso existe faz séculos e não vai mudar cedo. O que gera com essa desvalorização do peso? Mais limites de compras no exterior porque a demanda cresce e não tem dólar pra pagar, cias aéreas que deixam de voar para região porque não temos moeda para cancelar a dívida, impossibilidade - quase - de viajar. Não dá pra comprar moeda estrangeira quando você quer ir pra fora. Sei que o povo vai dizer que pode sim e tem que ir na AFIP (órgão que controla a venda dos dólares e etcs), mas a real é que pouquíssima gente consegue comprar 100 dólares que seja. Daí você vai nas cuevas da Florida, alimenta o câmbio paralelo, e paga uns 15 pesos por cada dólar (fica juntando dinheiro pro resto da vida pra poder viajar).
Ou senão paga com cartão, o governo controla tudo e engole 35% de IOF. Ah, a nova moda agora é que vão implementar uma medida pra controlar - mais ainda - nossas compras lá fora, pesar a tua bagagem quando vai e volta pra comparar.




#3. Inflação
Ainda sobre termos econômicos, não tem país que mais tenha inflação que esse aqui. Ok, eu estou exagerando e não consultei nenhum órgão oficial (mas melhor não), mas a desse ano já está na beira dos 40% e nem estamos em outubro ainda. Imagina terminar o ano pagando 40% a mais em tudo e o salário tendo reajustes (quando tem) de 15% a 20% anual?

#4. Salários e empresas e férias
Por falar nesse mundo corporativo, tem muita empresa fechando aqui. Eu já disse isso em outro post, mas a realidade é essa e se bem tem bastante emprego freela, quem pensa em carreira não gosta muito do panorama. E falando em mundo corporativo também, 10 dias úteis de férias ao ano ninguém merece né? Se bem a gente tem feriado, não conta. Porque se você tem um cliente gringo, tem que trabalhar e outra: quem pode viajar legal tendo um dia a mais agregado no final de semana?
Você só tem mais dias de férias se tem 5 anos de antiguidade no trabalho, mas por exemplo, se você muda de trampo com 4 anos de empresa, na outra empresa por teoria, terá 10 dias úteis ainda. Isso é negociável? Aham, é, mas em linhas gerais e por lei, é assim.

#5. Não dá pra saber se vai melhorar
Você pega tudo isso que eu falei e não dá pra saber quando a coisa vai melhorar. Aliás essa semana, American Airlines avisou que vai deixar de vender passagens de e para BUE, British diminuirá a frequência de voos de e para BUE, a South African já não opera mais por aqui para Joanesburgo e etc.





- Motivos psicológicos

#6. Falta de paciência/ educação
Argentino tem bem menos paciência e é bem mais mal educado que brasileiro, juro, mora aqui pra ver. E por conta disso, você/ eu fica mais propenso a não ter paciência também. Fulaninho foi mal educado com você, você vai ser mal educado com ele também. E é meio que unanimidade: sempre que eu falo com as minhas amigas brasileiras que moram aqui, todas concordam que ficamos mais impacientes porque porteños são mais impacientes e você quer tudo pra ontem, nada presta, tudo é ruim, dramático (tipo esse post ahahah). 

#7. Saudades
Daí é pessoal, ainda que seja perto, família e amigos são tudo né? Isso abafa um pouco se você tem alguém aqui. Mas ainda assim, não substitui. Junta isso ainda com a dificuldade que é alugar um ap aqui (que eu deveria ter colocado nos motivos lógicos) tudo o que você, às vezes, é tua casa.



#8. Cerco fechado
Buenos é ótima de viver, mas outra característica dos argentinos que a gente agrega também pra vida é: BUE melhor em tudo, meio barrista, sabe? Tipo, existem outras milhares de cidades incríveis, mas porque você está em BUE só aqui presta. Eu estava assim, tenho amigas que estão assim (e tem consciência disso). Se fechar nunca é bom. Bue é ótima, mas outras cidades também são.

#9. Egocentrismo
É a característica que eu mais abomino no pessoal aqui. Se bem a gente aprende a conviver, dá pra contar nos dedos de uma mão os porteños que são humildes. Não confundir, por favor, com educação/ simpatia, etc. Uma pessoa pode ser simpática, divertida mas não humilde. 

#10. A vida é muito curta para morar num lugar só
Fim.

13 comentários

  1. E quanto mais perto de Palermo/Retiro/Recoleta vc for, piores vão ficando os portenhos. Se acerque mais de barrios obreros e aí você encontra os argentinos mais simples e mais humildes. :-D

    ResponderExcluir
  2. Falou tudo, e eu concordo com a Cinthya , as pessoas são totalmente diferentes em províncias e em bairro pouco valorizado,aqui onde vivo as pessoas comprimentao umas as outras, ao contrário da capital, que andam com o nariz lá em cima e não dão nem um gracias. É a pura realidade.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Está pensando seriamente em deixar Buenos Aires? Se deixar, você volta para o Brasil ou vai para outro país?

    ResponderExcluir
  5. É, eu morei aí e a instabilidade realmente é algo que me fez voltar ao Rio de Janeiro e São Paulo. Quem é de São Paulo realmente deve estranhar muito a falta de educação dos portenhos, porque os paulistas são bem educados. Os cariocas nem tanto, mas são mais simpáticos que os portenhos no geral. E, é o que vc realmente disse, vc vai ficando "mal educado" igual e sem paciência pra poder sobreviver. Eu lembro que quando eu tentava pedir um "permiso" no subte, era levado. Em algumas semana você aprende a não mais pedir licença e empurra também. Ficava mal por isso depois. Era algo muito ruim. Você vai lidando... Eu estou voltando a morar em janeiro em Buenos, mas já calejado. Vou porque gosto da cidade, tenho amigos ( das províncias que moram em Bue), e como trabalho com Comunicação, tem mais campo que o Rio, mas sei que não se junta dinheiro, não se viaja ( aqui se eu quero vou Búzios, Angra, Sampa, gastando pouco e rápido), não se compra casa própria. Já aqui as pessoas, muita gente anda comprando, pela facilidade que o governo tem demonstrado nos últimos tempos. Outra coisa ruim, era ir a um restaurante a quilo en Bue, eles não fazem fila, brigam e deixam tudo sujo e seja de Palermo ou de Recoleta, os mais ricos eram os mais sem educação da cidade kkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá boa noite,
      Você voltou a morar em Bue, como no post acima? como está a vida para morar?

      Desde já obrigada.

      Excluir
  6. Ah, a inflação saiu ontem no Jornal d Globo, é de 40% sim e é a maior do continente americano!

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Hola chica, amei seu blog! Moro aqui em BUE faz 2 meses, realmente a inflacao e dificil, super instavel! Os portenos sao fechados e muito antipaticos, alguns falam com os brasileiros mais por curiosidade, nao fiz amigos portenos, a maioria quer ir pro Rio de Janeiro, ate eu quero conhecer a cidade maravilhosa! Amei BUE, estou encantada com Puerto Madero, as ruas sao lindas, os cafes e restaurantes adoraveis, as baladas super tops! Confesso que to viciada em empanadas e chocolates milka, vou voltar uma bola haha. Mas o Brasil e o meu pais sempre! Saudades de um churrasco, cerveja e a minha familia. Un beso chica! ��

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A proposito, quero te fazer uma pergunta, ja que mora em BUE, ha 10 anos. O que acha dos sapatos das argentinas? Eu acho uma breguisse haha. E quantas vezes por ano vai ao Brasil? Bjus. Thainara Oliveira. Email- thainarat@gmail.com

      Excluir
  9. Olá boa noite,

    Quero lhe parabenizar pelos posts com excelentes assuntos e bem realistas, bem objetivo e direto.
    Sei que não está, mas vivendo em BUE, mas gostaria de saber qual é o valor para alugar o apto, quanto às empresas pagam mais ou menos e quanto dar para viver morando lá.

    Desde já lhe agradeço.

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .