3 Situações para Não Confundir

6 de jan de 2014

A ideia desse post surgiu no encontro com as leitoras de Minas Gerais, que foi excelente! Conversando com as meninas demos muitas risadas sobre acontecimentos ordinários que podem ser um tanto estranhos se vocês não souberem direito o que significam.


Cena I: fofa x gorda
Imaginem a cena: eu, 15 anos, enfrentando problemas de auto estima com essas minas magricelas daqui, entro em uma loja para comprar um tênis e ouço:

Atendente: ''Hola, te puedo ayudar?''
Eu: ''Sí, quiero ver esas sapatillas''.
Atendente: ''Dale, que número gorda?''
Eu: depois de ficar pensando no gorda, respondo ''37''.


~ ~ ~ minutos depois ~ ~ ~ OIIIIIIIIIIIIIIIII, COMO ASSIM? GORDA É TUA MÃE!

Atendente: ''Gorda, acá están''.
Eu: muito furiosa com o gorda ''Gracias.''

COMO ASSIMMMMM, MANO PARAAA DE ME CHAMAR DE GORDA!

Nem consegui provar direito porque estava furiosa. Fiquei braba, mas chorei porque né - sou sentimental.


Chego no hotel, onde morei por 6 meses (sim, morei com meus pais em um hotel por 6 meses até achar um ap), e a recepcionista:

Recepcionista: ''Gorda, que te pasa? Estás llorando?''


Chorei mais ainda, não precisa nem dizer, né? PORQUE MEU DEUS ELAS ME CHAMAM DE GORDA? Daí, depois de séculos e outros choros descobri: gorda é fofa. Fofa é gorda. ANOTEM, e não chorem. É normal também te chamarem de ''flaca'' que é magra, mas você não precisa necessariamente ser magra para ser chamada assim.

Cena II: transar x chapar x estar

Ana: ''Boluda, Fede y Maria chaparon ayer!''
Eu: ''Obvio que sí, si había mucho alcohol en la fiesta''.
Ana: ''Sí, pero nunca pensé que iban a chapar''.
Eu: ''Boluda, si toman siempre que salimos''.
Ana: ''Amy, no estás entendiendo lo que te estoy diciendo.''
Eu: ''No?''


Ana: ''Amy, Fede y Maria transaron ayer!''
Eu: ''Posta? Estuvieron anoche?''
Ana: ''Nooooo, boluda sólo transaron!''
Eu: ''Sí, claro estuvieron, los ví a los besos.''

Enfim, foi um dos diálogos mais estranhos que eu tive na vida EVER aqui.
Primeiro: transar é beijar. Chapar é ficar. Estar é transar. Entenderam? Se uma pessoa transa com a outra, quer dizer que ficou só, que beijou. Se as pessoas chaparon, quer dizer que ficaram na festa, não que tomaram muito até ficarem bêbados. E, finalmente, você não diz que duas pessoas ''estuvieron juntos'', porque estar juntos daí sim é transar. Explicado?

Cena III: alrededor del medio día

Argentino: ''Dale, paso por tu casa mañana temprano entonces.''
Eu: ''A que hora más o menos?''
Argentino: ''Al mediodía, puede ser?''
Eu: ''Dame una hora aproximada.''
Argentino: ''Entre una y dos de la tarde.''


É, temprano para argentino no final de semana vai até umas 13h/ 14h da tarde. Isso porque todo mundo saí e dorme demais no outro dia, não estranhem. E ainda, o horário do meio dia não quer dizer que é meio dia cravado, e sim é uma faixa de horário que vai do meio dia até as duas horas da tarde, ok? Anotem, pufavô!

9 comentários

  1. Hue, ô eu que já sofri, principalmente com o I e II

    ResponderExcluir
  2. hahaha a primeira vez que me chamaram de GORDA a qui eu estava GRAVIDA! kkkkk fiquei bem chatiada até entender que era um carinho da enfermeira comigo.

    ResponderExcluir
  3. Caramba, eu sou Argentina, mas moro no Brasil há anos, se tudo der certo ano que vem volto pra Buenos fazer mestrado! Só quero dizer Amanda, que teu blog faz me matar a saudade de tudo daí, e ter mais vontade de voltar! Tu consegue entender o espírito porteño, desde o casamento, até as horas passando num cafézinho, ou simplesmente dormir la ciesta em um parque! E quando eu digo pro pessoal que Buenos Aires não é Caminito, ninguém me entende! Não vejo a hora de voltar pro meu lugar! Por ora, agradeço o fato de me ajudar a matar minha saudade!

    ResponderExcluir
  4. Adorei... Rindo horrores aqui e me identificando com cada reação sua.

    ResponderExcluir
  5. Hahahahaha Este post é demais, Amanda!!! Eu comecei a ler teu blog sem pretensao nenhuma, sò pq conheci uns argentinos em Camboriu ;) e todos falavam super bem de Buenos Aires. Pq Bue isso, Bue aquilo... Ai voltei pra casa e foi pesquisar algo sobre a cidade e encontrei teu blog. Demais, adoro teus posts, as fotos, o humor, os dramas, tudo!! Aquele post sobre os 5 portenos entao, é FATO!! Nao tenho o q tirar nem por do (meu) Martin!!! Beijos

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .