Tudo o que você precisa saber sobre o Lollapalooza e San Isidro

21 de jan de 2014

Amantes de músicas e shows vão pirar nesse post. Um dos festivais mais legais, para quem curte, chega a Buenos nesse ano, o Lollapalooza. Com um line up bem legal e variado: de Phoenix a Red Hot o bendito tem tudo e mais um pouco para ser um sucesso.


Acontece que o evento vai rolar lá em San Isidro, no Hipódromo da cidade. E eu, juro, quase surtei com a quantidade de e-mails e perguntas sobre lá, portanto demorei umas três horas para fazer esse post aqui>>> tudo, T-U-D-O, o que você precisava saber sobre o Lollapalooza e etcs.

Informações Gerais
Melhor coisa ever pra se localizar rápido pelo movimento é entrando no site oficial deles (www.lollapaloozaar.com) para saber direitinho sobre os horários dos shows e quem toca em cada dia. Até o fechamento desse post essa informação ainda não estava disponível no line up.
Mas são dois dias só, 1 e 2 de Abril desse ano, respectivamente terça e quarta. É necessário, no entanto, saber que dia 2 de Abril é feriado aqui em Buenos (das Malvinas), portanto o dia 1 vai estar mais lotado de gente que o dia 2.

Para Comprar
O site do Lolla é bem completo e explicadinho, mas a página que possibilita a compra de ingressos é a do TopShow. Há duas entradas disponíveis, a geral e a Vip. A geral fica em 900 pesos para os dois dias, e a VIP (que dá acesso a áreas privativas no evento) em 2900 pesos.
Cada entrada tem uma porcentagem de taxa de serviço do site, portanto os ingressos gerais de 900 pesos tem um acréscimo de 120 pesos (1020 pesos tudo), e os Vips um adicional de 300 pesos (3200 pesos).


Para comprar no site é necessário ter cadastro. Feito isso você escolhe a modalidade de retirada dos ingressos. São 3: entrega na Capital Federal por correio, entrega em diferentes estados do país e entrega nos pontos de venda. Para quem vem pro festival mesmo, a melhor escolha é a retirar os convites pelos pontos de venda, que estão contemplados nessa página aqui: www.topshow.com.ar. Preste atenção para os dias em que esses locais funcionam, ok? E leve o cartão de crédito da compra do mesmo no dia da retirada, caso contrário você não vai conseguir sair de lá com os ingressos. Além disso, vá munido de comprovante de compra e tudo que tiver direito (documento, claro).

O site aceita os cartões Mastercard, American e Visa. Lembrem que compras internacionais não tem direito de parcelamento. Realizada a compra você recebe o comprovante no e-mail fornecido na hora do pagamento e listo, está feita a festa. Meu conselho é: assim que botar os pés em Buenos ir buscar as entradas, porque se der algum pepino pelo menos você tem uns dias antes para resolver. Leia bem a política de cancelamento (que não há) e todos os asteriscos possíveis.

***Importante: os convites são por lote, agora está 900 pesos, mas daqui uns dias já aumenta para 1200, mais antecedência melhor.

Partindo para San Isidro
Quem conhece a cidade, sabe que San Isidro fica fora do contorno da Avenida General Paz e que por isso, fica fora então do limite da cidade de Buenos Aires. Mas nem por isso é difícil chegar.
O próprio site do Lolla ensina como ir do Centro pra lá de uma maneira bem fácil de entender, mas como eu sei que vários de vocês vão vir de outros pontos da cidade, fiz um resumo mais detalhado.


- Carro ou Táxi: partindo da possibilidade remota de que você alugue um carro aqui, vamos pular essa parte. Táxi, claro, vai ser a maneira mais confortável de chegar até lá. Não é caro. Eu calculo que saindo de Palermo pra lá, você vá gastar no máximo (no máximo, estourando) 80 pesos. E ainda, se você pega um táxi e divide em 4 pessoas, é uma barbada. Pra calcular direitinho quanto mais ou menos você gastaria de táxi, dá uma olhada na página do Viajo en Taxi: é só colocar de onde você sai e destino ''Hipodromo San Isidro'' e listo!

Para maior segurança, você pode muito bem reservar um táxi de confiança. Eu indico o Alo Taxi e o Capital. Ambos são bons e eu  nunca tive problemas com eles. E até pode acertar a volta. Mas fique atento: toda vez que você chama um táxi eles cobram um adicional de 6 pesos no final da viagem. Ok?

O trajeto não deveria durar mais que meia hora, mas depende da hora que você sai da Capital pode pegar trânsito, etc. Calcule bem os horários. De resto, rola até pegar táxi na rua para ir.

Agora se você é do tipo mais econômico é possível chegar de trem ou ônibus.

- De trem você deverá se deslocar até o Ferrocarril Mitre na terminal de Retiro, e pegar ele sentido Tigre. E nisso é só descer na estação San Isidro. Baba demais.

- De bus:
- Saindo de Palermo (Plaza Italia): a linha 60 leva direto e reto. Mas cuidado que existem vários ramais dessa linha, e você deve pegar a que diz ''A Rincón de Milberg'' que sai desde a Plaza Italia.
- Saindo do Centro (Avenida Corrientes esq. Cerrito/ Obelisco): mesmo esquema quase que sair de Palermo, a diferença é que você vai precisar pegar a linha D (verde) sentido Congreso de Tucumán e descer na estação Juramento. De lá é só pegar a linha 60 ramal ''Milberg'' na Avenida Cabildo esquina Juramento - exatamente onde você desce do metrô. Só cuidado para não pegar no sentido errado.
- Saindo da Recoleta (Avenida Pueyrredón esq. Alcorta/ Plaza Francia): pegar o ônibus 67 que sai da Avenida Alcorta esq. Puyerredón. Ir até a Plaza Italia e de lá pegar o 60 ramal ''Milberg''.

Pegando o 60, vocês descem NA PORTA do Hipódromo. NA PORTA. Nessas horas é legal falar com o motorista e ele pode avisar vocês a melhor hora de descer, mas prestando atenção ao se aproximarem vocês já vão se dar conta do agito. FIM.

Gente, importante: NÃO me perguntem sobre localizações específicas, afinal eu não sou uma guia e tenho vida. Pra isso existe a página do Como Viajo que te ajuda a chegar lá desde qualquer ponta de Buenos Aires.

Para pegar transporte público aqui você precisa da Sube, nesse post aqui eu explico direitinho como ter uma. E um cartão só basta pro grupo inteiro, não há necessidade de ter um por pessoa.

Hospedagem
Muita gente me perguntou onde se hospedar levando em conta de que o treco é fora da Capital. PEOPLE, não precisa se hospedar em San Isidro pra isso. Mesmo porque não há muitas opções de hotéis e a vida é em Buenos Aires, ponto. Se deslocar pra lá é barbada e não tem segredos.

Agora se você quer ficar em um lugar mais perto de San Isidro eu sugiro os bairros de Belgrano, Palermo e Las Cañitas. Mais pro Centro, mais longe de San Isidro. Em Belgrano eu recomendo o hotel Ker e o Espacia Suites (morei no Ker e fiquei diversas vezes no Espacia) são bem bons, ambos. No bairro de Palermo tem muita coisa, mas esse post aqui traz os meus favoritos. E em Las Cañitas eu indico o Polo Suites que é deli deli. Mas de novo: ficando em qualquer ponto da Capital você tem fácil acesso a San Isidro.


Comer e Passear em San Isidro
Dito isso tudo sobre o festival, eu AMOOO San Isidro. Por lá tem inúmeras opções para comer e ver.
O local em que o Hipódromo está localizado é a área da cidade, mas 'baixando' pro rio a coisa fica mais interessante. Pegando qualquer ruazinha de lá sentido a costa você vai passear pelas mansões da cidade, pode aproveitar pra passar pela Catedral de San Isidro, a praça na qual se localiza a Catedral, Plaza Mitre - sempre tem uma feirinha lá. Pertinho dali, logo na estação San Isidro do Tren de la Costa tem um Freddo e uma área bem interessante com pátio de comidas e lojinhas. Vocês logo vão se dar conta de como a cidade é limpa, bem cuidada e cheia de casas incríveis.

Além disso, San Isidro está bombando em propostas gastronômicas. Na real é muita coisa boa em pouco espaço. Ainda não conheço muiiiiito da região, mas tem uns restaurantes que eu amo por lá:

- Para tomar café: Villa O Campo. Até rolou um post sobre essa cafeteria aqui. A mansão que a pertence é tão linda que virou patrimônio da UNESCO, uma beleza só. Perfeito para um brunch, um lanchinho tardio e etcs.


- Para morfar na parrilla: Rosa Negra. É dos mais respeitados na região e com razão. O Rosa Negra, amo esse nome, leva milhares de porteños para San Isidro na esperança de convencer que a melhor carne argenta está lá. Não tem erro e não vá com pressa, a comida é deliciosa e merece respeito - e teu tempo. www.rosanegraargentina.com.ar

- Para comer e ir dormir: Kansas. Eu amo Kansas, tudo mundo ama Kansas. E se você quiser comer muito bem (no estilo ribs com molho agridoce) corre pra lá. Juro que você não vai se arrepender. Além disso a salada Caesar deles é a melhor da vida, não exagero. Dá uma olhada no post da Mari do Oh, Fashion! pra babar. www.kansasgrillandbar.com.ar


Foto: Oh! Fashion.

- Para tomar algo: John John. Já é um clássico da redondeza. O bar é cervejeiro e do estilo pub, perfeito pro esquenta pro show ou pro pós show. Acredito eu que durante o festival ele vai bombar. www.john-john.com.ar

- Para uma comidinha diferente: dias atrás fui conhecer o Austria. O chef é renomado e confesso que fiquei com preguiça de me deslocar até lá para provar do menu, mas olha, super diferente, um tanto original e comida alemã pra não botar defeito (ok que não conheço bem, mas mesmo assim). www.restaurantaustria.com.ar

Foto: Reprodução.

Lollapalooza

UFA! Alguna pregunta? Nos vemos lá (: E se preparem porque os argentinos PIRAM nos shows. Mais que brasileiros. Não acredita? Dá uma olhada.

6 comentários

  1. quanta dedicação nesse post amandita, tudo muito explicadinho, perfeito!

    ResponderExcluir
  2. Amanda, me diz uma coisa: qual o valor do transporte público em BsAs?
    É seguro?

    ResponderExcluir
  3. Oiii, me ajuda? comprei meu ingresso com o cartão da minha avó. Será que se eu levar a cópia do cartão dela e da identidade dela eu consigo retirar meu ingresso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh e obrigada por esse post completíssimo <3

      Excluir
  4. Amanda,pode indicar mais sites para comprar shows em BsAs?
    Eu nao to achando link!
    Obrigada

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .