O Porteño que Nunca Responde

10 de abr de 2014

Sabe esses dias que você bebe, chega em casa filosofando e faz algo que gosta? Então, eu amo escrever. E faço isso de vez em quando, tou fazendo agora. Certo que no dia que isso for publicado eu vou me arrepender, mas ah! Sério. Vamos viver.


Então, seguinte. Acho que sou sorteada na loteria e sempre acontecem coisas bizarras comigo no que tem a ver com paqueras. A última delas foi mais ou menos assim:

Conheci um menino de uma maneira meio irreverente. Através de um amigo em comum, adicionei ele no facebook porque ele tinha um material que me interessava para vender. Adicionei o bendito e logo vi que ele era lindinho. Mas sou profissional e né, tratei com ele sobre preços e etcs. Acabou que a operação nunca se concretou. Ele até chegou a me adicionar no Whatsapp pra mandar umas fotos mais legais do treco que eu queria comprar. Mas ficou nisso mesmo.

Certo dia o F. me mandou uma mensagem dizendo que se tinha problema de direitos autorais usar uma foto minha no seu blog pessoal. Eu não respondi, primeiro fiquei intrigada com a foto que ele tinha usado e do nada: era minha. Sim, minha pessoal. Não de restaurante, comida, era eu. Louco né? Daí que fiquei feliz também, e começamos a falar por Whatsapp, até ele me chamou para sair.

Foi bem legal, conversamos sobre várias coisas e apresentei inúmeros lugares que ele queria saber onde ficava. Nisso travamos uma amizade interessante. Nos falávamos todos os dias até que num sábado ele perguntou o que eu estava fazendo e perguntou se podia ir comigo e com a minha amiga num café que já iríamos antes, disse que sim, claro.

Ele nos acompanhou, foi super gentil. Foi uma tarde agradável e nisso estávamos conversando todos os dias. Até que de novo, combinamos de sair à tarde para que ele provasse um doce que gostava, nunca aconteceu nada, sabem que é nada? Nada. Ok.

Depois desse dia do doce eu levei ele a uma loja de decoração e ele ficou louco de tanto que curtiu e travamos aí uma batalha para levar um ao outro a lugares que não conhecíamos, era interessante. Eu até armei umas gincanas pra ele descobrir o nome de um lugar, interessante e divertido.

Enfim, certo dia estávamos conversando e eu chamei ele pra me acompanhar num bar que iam uns amigos e eu achava que ele ia curtir. Mas assim, já estávamos nos falando antes, ele simplesmente nunca me respondeu.

Achei louco isso e não fiquei contente, achei bizarro, mal educado. Ele nunca mais falou comigo e ao mesmo tempo curtia TUDO o que eu postava no facebook. O que realmente é louco demais, a gente se falava todos os dias. Dias atrás ele veio falar comigo e eu estava p da vida, depois de dois meses dessa pergunta sem reposta, ele agiu como se nada tivesse acontecido, me chamando para sair de novo, CLARO.

Sorte a minha de estar viajando e essa foi a desculpa, bem justificada. Mas vamos combinar que esse tipo de argentino é bem comum: aquele que some, desaparece e depois surge das cinzas como se nada tivesse acontecido.

Muitas meninas me perguntam como saber se é falta de interesse ou se é o jeito do cara... Olha, sinceramente, não sei dizer. Eles são assim mesmo, e é mais comum encontrar desses tipos que kiosco na rua, voticontá viu!

23 comentários

  1. Você sabe que me vi nesse post né?!?!?! Hahahaha!

    A diferença é que o meu é de Mendoza e eu estou longe... mas conversávamos todos os dias resolvi ir até Mendoza para vê-lo e depois disso apenas conversas perdidas, um ou outro dia! A minha impressão foi: ele conseguiu o que queria e agora não precisa mais ficar de xaveco! Hahaha... como boa parte dos homens espalhados por aí!

    Acabei fazendo uma outra viagem e o encontrando e ficamos de novo... quando voltei até falei com ele, mas do nada acabou o papo... e como se nada tivesse acontecido ele veio com um: Mari todo bien? Te extraño!

    OI????

    Me confunde... mas eu adoro! Hahahaha!

    Obs.: você conhece bem essa história!

    Beijoooos! Amei o post!

    ResponderExcluir
  2. Hahahahaha sensacional, também amei! Quem nunca passou por isso né, meninas? Hahaha demais! Tão nós!

    Estive em BUE agora em Abril e pretendo voltar em JUNHO! Alguma chica de Brasil quer ser minha amiga??? rs :)

    Bjs Amanda, adoro seu blog!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jéssica! Quando de junho você vai? Estarei lá do dia 3 ao dia 10!

      :)

      Excluir
    2. Oi Carla! Tudo bem? Muito prazer! Hehehe eu iria a partir do dia 17/06...! :(
      Vai ser sua primeira vez em BUE? Meu e-mail para charlarmos: jrfs.adm@terra.com.br

      Excluir
    3. Muito prazer, Jéssica! Poxa... Bem, só vi a resposta hoje e te mandei um e-mail. Confere lá depois ;)

      Excluir
    4. Oi Jessica, eu vou pra BUE no fim de junho
      tipo são João
      quantos dias vc vai passar em BUE...
      seria legal encontrar outras brasileiras
      n queria ficar só

      Excluir
  3. Hahahahaha que sarro Amanda, comigo aconteceu algo beeem parecido...
    1- Conheci o boy em novembro do ano passado, tudo lindo, romantico e tals ele toma chá de sumiço.
    2- Ontem (abril de 2014) publico que quero vender dolares ele surge: quierooooo! Eu: Hola? jajajajaj
    3- (Detalhe) eu disse que os dólares são de um amigo que está morando comigo e ele: como eso? "amigo" que vive con vos? Estás de noiva? (eu não respondo) ... silêncio... ele: estás de novia? Me quiero matar (...) Ai ai ai esses meninos hein, te contar... hahahahahhaa

    Besitos, chica!

    ResponderExcluir
  4. Saibam Chicas que não é só os Argentinos mais novos que agem assim... Os mais "Viejos" são exatamente iguais. Então, não tem solução: Ame-os ou deixe-os! Bjs Amandita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Kkkkk adorei é bem assim mesmo! AME-OS ou DEIXE-OS! rsrs

      Excluir
  5. Mas que coisa...ainda bem que estou indo pra BsAs com meu maridinho lindo e nada estranho brasileiro rs ufaaaa

    ResponderExcluir
  6. Gente! Comigo passou algo parecido. Nunca o conheci pessoalmente, ele que me achou no facebook, adicionou e veio puxar papo comigo, todo lindo. Mas ele sumiu, eu fui mais incisiva perguntando o que acontecia e a criatura me excluiu do facebook DO NADA.

    ResponderExcluir
  7. hahaha! adorei o post!

    quem nunca? rs...

    ResponderExcluir
  8. haahaha meu noivo que é porteño faz isso direto.. ja acostumei ahahaha

    ResponderExcluir
  9. Aconteceu isso comigo haha,conheci um porteño chamado facundo,nos falamos varios e varios dias pelo facebook até que quando eu fui a buenos aires combinamos de sair,saimos e ele me levou pra um parque mt bacana,fez juras de que queria ficar comigo,o bendito tava fazendo até as contas de quanto seria vir para o brasil e morar aqui,falou que buscava alguem como eu e outras coisas,depois do passeio no parque,voltei ao hotel e nos falamos pelo whatsapp por mais dois dias,depois disso ele sumiu,do nada!! Voltei pro brasil e depois de umas semanas ele veio me perguntar se eu ja tinha voltado e que sentia minha falta. Sinceramente não dá pra entender.E o pior é que eu me senti mal achando que tinja feito algo errado.Que pasa na cabeça desses homens? Kkk

    ResponderExcluir
  10. Hahah passei por isso +-, fiquei com um chico em Bariloche, que era meu vizinho de quarto, no dia seguinte ele ia embora, não nos vimos mais, não nos falamos mais, depois quando voltei para o Brasil, achei o face dele, adicionei, nos falamos uma vez e tal, me chamou de corazon e depois parou de responder, meses depois apareceu do nada pedindo meu wpp, conversando todo legal, e do nada depois sumiu de novo e nunca mais falou comigo. Eu entendi alguma coisa? Não hahahah. E agora eu converso com outro argentino que também estava lá, só que eu não o conheci direito, só um amigo dele que hoje é meu amigo também. Estamos conversando bastante, quase todo dia e em Julho, vou pra cidade deles que é Santiago del Estero (onde o primeiro chico mora na mesma província, só que em outra cidade) e lendo o post e todos os comentários, me deu até medo de ele ser um desses argentinos estranhos, e eu la para ver todos e inclusive ele, ele do nada sumir, porque cara ele é todo fofo comigo, fala que gosta de mim e tudo. hahahahhahah

    ResponderExcluir
  11. Tem coisas que não se entende mesmo aqui, vai saber...

    ResponderExcluir
  12. Meu namorado era um merda nesse sentido, ele demorava até a responder no whatsapp! Quando eu reclama, ele dizia que eu precisava entender a cultura dele. Ô papinho furado que não aguento, hahahaha. Eu comecei a ler, visualizar e demorar o dobro do tempo que ele demorava pra responder. Não demorou pra ele vir com drama pro meu lado. Como eu estava em SP e ele em Buenos Aires nessa época, (agosto do ano passado) ele me ligou falando que era melhor terminarmos, porque eu não tinha mais interesse no relacionamento e blablablabla. Como já sabia que era drama (ele é um péssimo ator), eu disse "ok", e ele começou a implorar pra eu não terminar, pensar melhor, que amava e blablabla. Hoje coitado, pode estar no meio de prova da faculdade que me responde. HAHAHAHAHA!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sou argentino e o que voce fez foi o melhor... desse jeito vai ter ele nos seus pés, alguns argentinos sao complicados, mas se voce conhecesse a mulher argentina vai dar conta porque homem é assim, além de ter alguns boludos mesmo

      Excluir
  13. Meninas acho que o problema "homens" é universal, não tem jeito isso tb acontece com brasileiros!
    Mas Amanda não consigo ficar quieta...eu daria uma nele tipo vc é louco ou só finge? Hahaha mesmo sabendo que de nada adianta ja deixo claro que tenho memória!

    ResponderExcluir
  14. Gente, vamos correr desses homens e deixar ELES falando sozinhos! Que m.....!
    Comportamento pra lá de tosco! Você não faria isso com um amigo, não é mesmo? É no mínimo muita falta de educação e só pra mim isso já é motivo pra esquecer esse cara aí!!

    ResponderExcluir
  15. Como é bom saber que temos um drama que não é exclusivo nosso hkkk. Conheci um argentino quando estive em BUE no começo de abril. Mantivemos contato diário, ele todo fofo. Mas quando eu disse que queria vê-lo no fim do mês ele meio que entrou em parafuso. E quando eu disse que não iria ele pediu pra eu ir...
    Tenho impressão que eles gostam de fazer da vida um verdadeiro tango!!!!

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .