The Brightside

15 de abr de 2014

Estou passando uma mini temporada no Rio de Janeiro. A cidade é linda, um dos lugares mais famosos do mundo. De natureza exuberante e de que onde você olhe, ​uma foto boa você tira.

Nesse tempo aqui eu vejo e escuto muitas coisas boas, outras ruins. Mas disso tudo eu só tirei umas conclusões, meio tristes (mas sinceras) sobre as pessoas, nunca generalizando.

Eu tenho impressão de que sempre que falo bem do Brasil existe um mas. Poxa, um mas sempre vai existir. Nenhum lugar NO MUNDO é perfeito. Nenhum. Você pode ir para Suíça, Noruega que por mais que a sociedade seja culta, o governo não corrupto e outras características, algo de errado vai haver, juro.

Passo os dias aqui e, é certo que ainda fico encantada todos os dias com o nascer do sol na orla da Zona Sul, eu entendo dos problemas de violência no Rio e sei que é uma pena isso tudo. Mas das vezes que falei bem da cidade ou no facebook, ou no twitter, ou pessoalmente, geral sempre reclama.

Hoje mesmo postei que ouvi uma noticia da Argentina na rádio de que o peso está desvalorizado, e comentei isso com outras pessoas também. 80% dessas pessoas só criticaram a rádio por disseminar informação e falar sempre mal da Argentina. Gente, não é falar mal, é a realidade. Que a mídia pode exagerar muitas vezes e que pode haver concorrência e briga boba entre os dois países, não há duvidas, mas não era o caso.

Outro dia comentei sobre um senhor que vendeu sorvete na praia sendo muito honesto com uma norte americana que não sabia falar português e que pagou com 100 reais, algo que valia 8. Para entender melhor o contexto dá uma olhada nisso aqui. Um evento que poderia ser super celebrado, não foi como eu imaginei que seria, ao invés de focar no senhor honesto, todo mundo reclama.

Eu não julgo, sei que o Brasil passa por sérios problemas, assim como Argentina e outros países também. Mas sinto que ser patriota ou elogiar a cidade não é algo que seja comum, e que quando eu faço, parece errado.

Se eu me encanto pelo pôr do sol no Arpoador é porque eu estou parecendo turista, porque essa não é a realidade da cidade. Se eu reclamo que a inflação na Argentina vai de mal a pior, eu reclamo de barriga cheia porque os preços no Brasil também aumentam, mas ninguém vê que a inflação do país hermano é de mais de 30% e aqui é quase estável praticamente.

Exemplos como esses têm milhares, mas me entristece que muita gente não consegue ver coisas boas dos dois lugares. Ou aceitar, pelo menos e reconhecer, que ainda que existam erros, existem coisas boas. A gente tem muita mania de reclamar de onde vivemos, isso é verdade, porque você vive os defeitos da cidade cotidianamente. E eu até entendo, mas saber apaziguar isso faz bem. E é necessário.

Não é porque o trânsito no Rio é um caos que você vai desmerecer o quão é gostoso sair para tomar algo na Urca. Não é porque a economia em Buenos é ruim que você vai deixar de aproveitar os cafés deliciosos de Palermo e região quando tiver oportunidade. Dá muita tristeza ver que coisas boas, que poderiam ser melhor aproveitadas, são deixadas de lado por reclamações. Poxa.

Uma musiquinha pra vocês:

14 comentários

  1. Você é perfeita nesse comentário. Moro no RJ, adoro Bue, sigo seu blog (apesar de ser para chicas), acompanho você no twitter (o_prg) e acho a mesma coisa.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Infelizmente às vezes me parece mesmo que o brasileiro é viciado em reclamar. Falar mal do Brasil então, é quase um esporte. Aliás, a Copa tem ajudado a insuflar essa "insatisfação". Mas você tem razão e duvido que alguém não se dobre ao pôr do sol no Arpoador ou a qualquer uma das centenas de praias maravilhosas que temos no litoral desse país.

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu post Amanda. Eu concordo com tudo q vc falou e também me incomoda muito quanto eu tento mostrar as coisas boas que o Brasil tem e o pessoal me critica dizendo que não é nada disso, que eu estou sendo boba e ignorando os defeitos. Como vc disse, defeito todo mundo tem, mas qualidades também. Não desista de ver o lado bom das coisas só pq tem gente que não concorda. Lembra q vc não está sozinha ;)
    (e assim como eu e você, existe mais gente que não vê só defeitos)

    ResponderExcluir
  4. Entendo seu ponto de vista... mas como carioca, nascida e criada na cidade, também entendo boa parte dessas reclamações, pq as faço diariamente... Infelizmente, parece que a cidade chegou num ponto insuportável... é tudo tão caótico, que não dá mais pra ficar simplesmente olhando pro lado bom das coisas. E digo isso com muita tristeza...

    ResponderExcluir
  5. O único problema do povo em geral!!! É que estão todos se acostumando com a maneira "alma sebosa" de ser. Não critico, vivo, vou a Buenos Aires em Junho e vai ser maravilhoso, por que são nossas escolhas que fazem a diferença nesse mundo caótico. Seu blog é show!!!! Talvez vão até me criticar por seguir um blog para chicas. Kkkk e daí!! ''

    ResponderExcluir
  6. aaaaa... agora me apaixonei de verdade pelo blog!
    concordo plenamente com seu post.

    Acho que essa questão é bem complexa, além de menosprezar o país muita gente enaltece países de fora... que já passaram ou passam por problemas parecidos com os nosso. Acho que existem coisas boa aqui sim, e vamos conseguir evoluir para melhores ainda, não aprendermos a dar valor a nós mesmos e acreditarmos no mercado nacional também.

    A diversidade do Brasil é um de seus maiores ativos, precisamos jogar ao nosso favor e lutar por uma sociedade mais tranquila e gostosa de viver. (eu amo o Brasil, sou suspeita, acho que crescemos muito e ainda temos um potencial enorme pela frente)

    beijos
    ps: se puder conheça meu blog: http://acessoriosecafeina.com

    ResponderExcluir
  7. Infelizmente, as pessoas estão cada vez mais azedas e utilizam as redes sociais para reclamarem de tudo e exporem somente o que existe de erradoou ruim, como se isso fosse a regra geral. Um fato isolado (normalmente, é coisa ruim) postado no Facebook é multiplicado por não sei quantas vozes e se transforma num mono-tema em looping, cansativo, estressante, pois distorce a realidade e só serve para nos dar a percepção de que está tudo uma porcaria. Não vejo isso acontecendo nos perfis de meus amigos gringos, mas vejo meus amigos brasileiros desmerecendo o Brasil no perfil dos meus amigos gringos.
    Ninguém é capaz de falar de avanços, coisas boas, escolas que funcionam etc. Acho isso tudo muito triste e péssimo pra nossa auto-estima.

    ResponderExcluir
  8. Complexo de vira-latas associado a uma imprensa golpista que desde 2003 só foca no copo meio vazio da nisso cara Amanda. Uma sociedade onde todo mundo abre a boca pra chamar político de corrupto e ninguem fala dos sonegadores, corruptores e outros.
    É assim no Brasil, na Argentin, Venezuela. E em qualquer nação que tenha preferido melhorar o país para TODOS e não apenas meia duzia.

    ResponderExcluir
  9. Todo mundo parece ter medo de contestar a grande midia. E ficam nesse idiota caminho do anti-governo. Enquanto a oposição pode roubar a vontade que não é incomodada pela imprensa.
    A tonica é essa Amanda.
    Ano passado vi um video de uma idiota que pedia, em ingles, que os turistas não viessem para o Brasil. E era brasileira!

    ResponderExcluir
  10. MELHOR POST DA HISTÓRIA DO BLOG, VOCÊ É MIL!! PODERIA COMENTAR ALGO ACRESCENTANDO MAS FALOU TUDO!

    ResponderExcluir
  11. Não costumo comentar no blog, mas quando vi no Instagram sobre esse post, vim correndo ver. Sinto EXATAMENTE o mesmo. Gosto muito de ver o lado bom do Brasil. E me irrita profundamente que alguém que nunca viajou ou conversou com um estrangeiro fique comparando aqui com lá. É como dizer que aqui a saúde não funciona e no EUA é uma maravilha. Mas essa pessoa não sabe sequer que o americano tem que pagar um seguro de saúde exorbitante se quiser ter o mínimo de atendimento. Sim, temos coisas ruins (e a saúde é uma delas), mas temos é que lutar para melhorar. Ficar em casa reclamando também não vai ajudar!
    Obrigada pela oportunidade de desabafo! hehe

    ResponderExcluir
  12. Amanda, amo o blog e sua visão da cidade mas não consigo mais achar que é só o complexo de vira lata. Sempre pensei assim, mas em 2012 fui pra Tokyo e vi que sim, uma grande cidade pode ter sim educação, limpeza e segurança no mínimo. Não é questão de só reclamar, é questão de que sua visão é de turista pq enquanto está vendo o por do sol a maioria está voltando do trabalho no CAOS, tratado como gado mesmo. Quando é o nosso imposto que pagamos com nosso suor diário que vai pro ralo, quando é a nossa família que pode ser assaltada a qualquer momento, quando é a nossa vida que perdemos no trânsito todos os dias, não dá pra ser conformista, desculpa. Moro em SP, amava a cidade e xingava que ousasse falar mal, mas essa visão acabou. Quero sim ser bem tratada na minha cidade ou onde eu for como turista. e não é porque existem coisa boas que esquecerei das ruins. E celebrar porque alguém foi honesto como o caso do sorvete, é isso que entendi? Tá vendo como tá tudo de cabeça pra baixo?

    Obs: Gente falando de partido político, oposição, Venezuela...baby estamos no fundo do poço e todos juntos, peloamordedeus sabe?

    ResponderExcluir
  13. Obs: Marcela Valente: é preciso falar de partido sim, de oposição sim. Porque a política esta sempre presente em nossas vidas. E existe um grupinho que esta doido pra voltar. E não vai. Se Deus quiser. Eu me incomodo com as mesmas coisas que você. Mas eu sei reconhecer que atingimos um nivel de desemprego bom, que investimos muito em educação e saude, que estamos para acabar com a miséria.
    Estamos muito longe de algo que possamos considerar maravilhoso mas avançamos pacas.
    #VAITERCOPA

    ResponderExcluir
  14. Querida, estou em Buenos A e achei seu blog por acaso...AMEI... a GRANDE diferença de nosso país e dos outros é a falta de PATRIOTISMO.... não tem nada haver com visão de turista.. Quem AMA cuida e valoriza... Parabéns pela postagem! E estou amando Buenos A!!! Assim como adoro o Rio!!

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .