O Estranho Vocabulário da Azaração Local

27 de ago de 2012

Arrrrrrrrrrrrrrrrrrrrre, voltamos com Azaração. O outro post (ver aqui) fez TANTO sucesso que não sabia como dar continuidade, me senti na obrigação de pensar bem antes de colocar qualquer coisa. Mas quer saber? Vou por o que eu acho que tem que por e acabou.

Eu não sei se vocês já ouviram antes, mas o vocabulário argentino é um tanto quanto estranho quando falamos em azaração, namoro, paquera, etc. Não porque eles inventem palavras mirabolantes mas porque simplesmente é tão diferente do nosso que acaba virando ponto de mal entendido, etc. Pra vocês terem uma noção quando eu cheguei na cidade, sofri horrores, por que? Vou transcrever meu diálogo com a profe da sala:

Profe: - Y Amanda, te gustan los argentinos?
Eu: Sí, son lindos.
Profe: - Sí, están para transar a cualquier hora.
Eu: saí correndo.

UEPAAAAAAAA, como assim? Nem conheço a mulher, nem conheço os caras e já vou assim 'transando'. Eu, inocente com meus 15 anos, fiquei tão boba que nunca mais voltei na professora essa. Ok, me acalmei o tempo passou e eu finalmente entendi o que isso queria dizer. Acontece que transar aqui é ficar, ok? Entendeu? FICAR. Se você escutar um ''Ay, me lo transé'' é porque a menina pegou o menino, não te assusta.

Assim como o transar é ficar, tem outras palavras estranhas:

- Te parto en mil: assusta né? Parece que sei lá, dá até medo. Mas se alguém dizer ''Che, te parto'' é porque você é muito linda, muito dahora, muito fueda que ele não tem mais como descrever a sua beleza e te diz isso. Ok, eu sei que é broxante, mas entende que é diferente. Ele não vai tentar te partir em mil ahahaha.
- Te rompo: mesma coisa do te parto. ''Te rompo en dos, linda''. HORRÍVEL, peloamor! Mas é também diferente.
- La doy: sim, no literal não tem esse significado que você está pensando. ''Che, te doy.'', ''No, boluda, le doy a full''. Essas e outras variações querem dizer que o cara é tão gato que ela daria de tudo pra ficar com ele. Que você ''dê'' pra pessoa NÃO tem conotação sexual, ok? É, tá, é estranho.
- Me la como ou me lo como: se alguém chega em você e diz ''Te como'', não pensa tampouco que é sexual, que ele vai te agarrar no meio da balada te levar pro banheiro e etc. Te acalma, pensa que ele está BEM afim de ficar com você. O ''comer'' não tem também conotação sexual.
- Tarado: nunca pense que um cara é tarado porque é tarado de verdade e sim ele é retardado, idiota.
- Albergue transitório: peloamordosceús não pensa que é um albergue comum e corrente, é um motel. Tá? Também pode se usar a palavra ''telo''.


Agora vamos pros 2 possíveis erros comuns e idiotas que podem acontecer com qualquer uma:

- Correr: assim como nós o pronunciamos, é transar. Aqui o ''coger'' é transar como verbo, então filha não entra no táxi e diz ''Podés correr?'', tá? Se você quiser dizer pra ele ir mais rápido é só soltar um ''Podés ir más rápido?''. Ou senão, não me chega em qualquer lugar e diga ''Vim correndo'', eu realmente não sei o que a pessoa do outro lado pode pensar. Hahah, exagerei, galera aqui está acostumada com erros de portunhol, mas eu estou alertando e avisando, melhor não dar pano pra manga né?
A não ser que você saiba enrolar a língua e dizer ''coRRRRer'' como italianos dizem e como deve ser no espanhol, nem pensa em dizer isso ok?

- Mamão papaia: olha eu JURO que não sei quem disse isso pra minha família, mas desde sempre eu soube que ''mamão papaia'' era uma linguagem meio de rua pra sexo oral. Eu não sei se é verdade, eu só sei que NUNCA falei mamão papaia pro cara da quitanda ahahha.

Tá, agora que você já sabe vamos pra parte mais normal:
- Linda: você é bonita.
- Hermosa: tu é linda.
- Diosa: afff, você é Ale Ambrósio, uma Angel da VicSecrets.
- Está buena: é gostosa.
- Un bonbón: não sei quem ainda usa o termo, mas é gostosinha. Uma bonequinha.


Agora que você sabe, já pode sensualizar, ahaha!

34 comentários

  1. Gracias Srta. Mormito! Você me deixou mais aliviada ao informar o te parto! Uuuufa!

    hahahaha

    ResponderExcluir
  2. Amanda, me acabo de rir com esse blog!!!!!...rsrs..Beijos, Flor!!

    ResponderExcluir
  3. Tbm fiquei chocada a primeira vez que ouvi o uso do verbo "transar" por aí, depois do mal entendido ri mto, mas os "piropos" são um tanto constrangedores no início antes da gente se acostumar com a conquista portenha...
    Besotes!

    ResponderExcluir
  4. Me matei, tipo assim ME MATEI de tanto rir. Enquanto estava no trabalho.

    Beijos Linda!

    ResponderExcluir
  5. Essas confusões são muito engraçadas, quando fui aí um cara do hostel me disse na balada disse que "As 3h tudo pára" e eu fui embora achando que acabava, quando na verdade era a hora que a balada mais bombava e eu perdi o melhor da festa. hahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha Gabiii! Se o blog já estivesse no ar vc não teria passado por uma dessas. Agora já sabe que 3h da manhã é o ápice da balada ahaha.

      Beso!

      Excluir
  6. esse correr eu aprendi na aula de espanhol com uma professora de familia portenha, mas e o ligacion? é de fato ''relaçao sexual'' ou é uma expressao? pq eu tenho MT MEDO de falar ao teleone em espanhol e soltar isso (é uma palavra comum em ptgs, falar ''estou em uma ligação'' entao imagina o mico!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. LIGACIÓN? Hahaha eu acho que nem existe! Quem te disse que é relação sexual? Besos

      Excluir
    2. Eu já li em algum lugar que ''ligar'' seria paquerar ou flertar. Mas não tenho certeza. :S

      Excluir
    3. todas as minhas professoras de espanhol disseram que ligacion significa transar. ela sempre dizia, nunca diga pra alguem: quiero hacer una ligacion. hahaha me matei de rir com o post mesmo que antigo. adorei

      Excluir
    4. nossa, nunca ouvi isso de ligación, nas minhas aulas de espanhol mesmo aprendi o coger, hahahaha
      quer dizer, minha profe não ensinou, mas comentou o erro clássico dos brasileiros em dizer "vim correndo", nos países de lingua hispana, hahaha

      Excluir
    5. melhor falar: vine caminando rápido ahahahha

      Excluir
  7. Amanda!

    Me resulta raro que vos después de tanto tiempo en BA aún escribe tan mal en castellano. Y además, "te parto en mil" no quiere decir exactamente lo que dijiste. Quiere decir tipo "Te cojo a full hasta partirte en mil". Y s´, es lógico que ellos solo van a querer cojer a las lindas, pero bueno, en este caso el orden de las cosas cambian mucho!

    Besos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seguro hablo mucho mejor que vos en portugués ajajja! Deja de ser mala ondaaaa. Beijo.

      Excluir
  8. Amanda, tou amando essas resenhas... kkkkkkkkkkkkkkkk Já vou logo aprendendo! Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir
  9. Comecei a estudar espanhol esse ano e tô amando adiantar meu aprendizado no seu blog uahuahauaha

    ResponderExcluir
  10. Hahahahahahahha muito bom! Ri demais! Adorei o oi? Saí correndo! Hahahahahaa

    ResponderExcluir
  11. Jesusss!
    Depois de ler esse post acabo de lembrar que durante uma conversa com um portenho há algumas semanas eu falei um "Noss, vim correndo!"
    Que vergonha!
    hahaha

    Adorei teu blog! Em breve vou conhecer Buenos e todas essas dicas me serão muito úteis!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AHAHAHA, DIOSSSSSSSSSS! Agora tu já sabe! Bjo.

      Excluir
  12. Hola, perfecto, sólo un detalle...el verbo cojer se escribe con J y no con G..jaja.
    Pero igual está buenísimo.
    Un beso grande!

    ResponderExcluir
  13. Amanda

    Disse a uma amiga argentina sobre o "te parto en mil" e ela me disse que tem sentido sexual, que geralmente os chicos que dizem isso... é para dizer que voce quer ter um sexo forte com alguem até que ele nao pode mais! Que é vulgar...e eu dizendo isso a meu namorado! Melhor deixar mais claro sobre isso...gracias

    ResponderExcluir
  14. Ahahaha adorei. Chorei de tanto rir. Vlw as dicas.

    ResponderExcluir
  15. o cara q eu fiquei me chamou de bonbon! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .