Olsen é Cool

23 de out de 2013

Poucos lugares em Buenos Aires me chamam atenção sem antes conhecer, geralmente eles vem seguido de uma fachada enigmática e um quê de lugar escondido.

Foi assim que desde sempre amei o Olsen sem ter ido comer algo por lá, e desde que fui já voltei várias vezes. É certo que a qualidade mudou com o passar dos anos e que a era de ouro do local foi lá em 2010, mas eu acredito que ainda seja uma opção super legal de comidinha diferente (leia-se nórdica) em Palermo Hollywood.


Na real, vamos combinar que dentro dessa especialidade acho que o Olsen é o único de destaque. Das mãos do chef Tegui (que tem segundo 50 Best Latin America Restaurants, o melhor restô de Bue, o Tegui) a casa ganha destaque pelo brunch, degustação de vodcas e comidinhas especiais. E ah, também pelo clima que lá dentro reina.


Dentro da minha concepção de lugar cool, o Olsen se destaca fácil: isso porque a arquitetura é divina, a decoração é incrível. Viram essas fotos né? Serve tanto para tomar café da manhã (um café original, digamos), para um almoço de firma, entre amigos, durante a tarde ainda para la merienda, ou claro, um belo jantar.


Ainda que o restaurante trasmita ares invernais, vale passar aqui quando for. Nem que seja para admirar a beleza que é o lugar. Mentira, tem que comer.


A região da lareira que fica no centro da casa é o lugar mais concorrido a qualquer hora do dia.


Me lembro que pedimos um drink que ia com uma das vodcas especiais da casa, gengibre, limão e mel. Defendia bem para ser um bar de um restaurante, porque a graça aqui é provar sim uma das vodcas. Ou senão, fazer a degustação (no dia eu não queria).


Veio uma sopinha de queijo. Aliás as sopas aqui são por estações, então dependendo de quando você vá rola uma diferente da outra. Essa era tão cremosa quanto pudemos transmitir na foto. Bem deli deli.


Depois pedimos um dos pratos principais que vinha com batatinhas caseiras, legumes e massa recheada de salmão (aqui tem muitas opções de peixes nórdicos).


E claro, a especialidade Smorrebrod: são 3 ou 5 lanches abertos de vários tipos, que vem salmão, caviar, queijo defumado, ovo e outro que não me lembro. A graça aqui é combinar cada um com uma vodca diferente.


E ah, ia me esquecendo dos famosos bagels locais. Tão deliciosos que rola comer puro ou com manteiguinha.


A casa é assim linda, a comida é assim diferente. E ah, reserve! Uma sugestão é ir para o brunch, um sucesso nos finais de semana.

Olsen
www.facebook.com/OLSENrestaurant
Gorriti 5870, Palermo Hollywood.
Média de gasto por pessoa: 120 pesos.

6 comentários

  1. Eu meio que tomei um susto quando vi a média de gasto por pessoa. Imaginei, por toda a infra e "coolice" da casa que fosse ser super caro, mas nem achei... Essa média de gasto por pessoa é no brunch/merienda né? Porque imagino que pra almoçar/jantar seja mais caro, não?

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, essa média é pra almoço. Jantar, tá nuns 150/ 180 pesos. Bjs.

      Excluir
  2. Legal demais, muito exótico. Mesmo porque Bs As nao tem muita influencia nordica nao.

    ResponderExcluir
  3. Fui há muito tempo e adorei. Não fui nas vezes seguintes, porque vi umas resenhas (a maioria delas, aliás) destrutivas no Guia Oleo. Mas, agora que li a sua opinião, vou tentar ir em dezembro. :)

    ResponderExcluir
  4. olha, cada um o ve de um jeito. das 3 vezes que eu fui, gostei de todas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Amanda, vou passar o Natal com a minha família na cidade e quero saber se o Olsen funciona, sabe o email para reservas? Se tiver outra sugestão bacana, será muito bem vinda. Obrigado Marco

      Excluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .