Roteiro para Chicas Solas!

13 de jul de 2012

ÊÊÊ, não faz muito tempo me surgiu uma luz no fim do túnel quando eu estava pensando o que eu poderia colocar no blog que fosse útil e legal ao mesmo tempo. E, gente, eu NUNCA coloquei um roteirozinho pras chicas que vem sozinhas! Que absurdo, vamos resolver isso DJÁ! Aqui, então, vou listar umas coisas que eu mesma faço sozinha e que acho que vocês também podem fazer, tá?

Comer Sozinha
Eu sei que muita gente não curte, mas é a hora certa pra você ir naquele lugar que só você viu e curtiu sem medo de ser feliz e sem medo de errar (porque vai que o local é ruim pra burro e depois vão ficar buzinando na sua orelha, né?).

Oui Oui, mesa linda!

Eu vou em cafézinhos, evito lugares enormes, por isso o Oui Oui, Pani, qualquer café da rua Nicaragua 6000 em Palermo Hollywood, são boas pedidas. Mas também ir num restô e sentar na barra perto de onde os cozinheiros metem a mão na massa é uma boa pedida, por isso vai no Sipan (em Palermo Soho, no Hotel Palermitano) e se joga no ceviche e nos piscos.

Foto Sipan: In Spirits.

Você pode também ir no Lupita, em Las Cañitas, eles têm um bar bemmm legal e os bartenders sempre puxam papo com o povo que senta por ali.

Foto Lupita: In Spirits.

Outra pedida é um touch and go: passa, pega e vai comer em casa-hotel. Então vou indicar a La Crespo, café-deli que tem na Villa Crespo; ou senão vai comprar uns cupcakes no Muma's ou Les Croquants ou The Cupcake Store ou até mesmo uma cheesecake na Scarlett! Ou empanadas na La Querencia ou San Juanino. Não tem erro.

The Cupcake Store.

Mas se arrisca também e vai comer no Tea Connection, restô natureba sempre com gente sozinha que usa o espaço pra trabalhar, ou o Pick Market na mesma vibe.

Tea Connection.

Hotel
Aqui você tem três opções: ou fica num albergue que é pra enturmar mesmo, ou hotel porque você quer conforto e um concierge pra te auxiliar ou então um ap porque você não tá nem aí com ninguém e mete a cara nos passeios. Isso é bem relativo, fora o albergue que sempre tem gente. Ficar em ap ou hotel é quase a mesma coisa, vai depender do seu gosto.

Simple And Charming Hotel.

Mas tem uns hotéis legais que têm um preço mais baixo pra quem vai sozinha, tipo o B&B Simple And Charming. Outro hotel que indico porque a dona é um amor e vai te fazer sentir em casa é o Querido, da Mari, brasileiríssima.

Quarto no Querido.

Saindo a Noite
Talvez a parte mais chatinha. Se você é descontraída não tem problema, mas se é tímida talvez daí role fazer uma amizade antes de vir pra poder sair. De qualquer maneira vou sugerir, again, o Lupita, mas senta na barra! O Frank's que é lindo de morrer e tem uma galera bem descolada que começa a conversar contigo do nada (sim, experiência própria) e senta na barra de novo, e faz amizade com os bartenders.

Frank's.

O Esperanza Ascurra é uma boa pedida também, povo bem simples que passa por lá. Mas sempre se sente na barra, anotou? Agora se você é a rainha da popularidade, pode arriscar ir no Sugar Bar onde tem gente indo sozinha always e comece a conversar com o povo que tem por lá. Isso porque o Sugar é cheio de gringo que muitas vezes viajam sozinhos e saem a noite sem problemas nenhum.

Esperanza Ascurra.

Outra pedida é fazer um tour do Fuudis que eu já comentei aqui que é muito de boas fazer sozinho, ok? E claro, sempre bar de hotel é destino certo dos alone.

Passeios Mega Turísticos
Isso não vai ser problema, fecha pacote com alguma operadora que certeza que vai ter alguém sozinho. Se não tiver vai ter gente disposta a conversar, mas também isso é relativo. Você vai aprender mais sobre a cidade estando sozinha, ok?

E óbvio, tem o Passeio Guiado eu faço com as chicas que querem! Só mandar e-mail que marcamos ok? Pode ser desde café da manhã até passeio de dia inteiro.


Isso aí, tem mais dicas? Tomou coragem?! Se joga!

11 comentários

  1. Adorei o post, Amanda!
    Irei em todos e sozinha.
    :)
    Agora vc podia fazer um post para quem vai morar por um tempo em BUE sozinha.
    Todos esses cafés abrem na parte da manhã? Existem um lugar legal para se tomar um belo café da manhã com uma vista incrível?

    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aninhaaaa! Eu pensei em fazer um post dedicado a moradia, mas ainda nem escrevi, portanto vai demorar um pouquinho ahaha, mas sai ok?

      Beso!

      E pra saber se o cafe abre só entrando no link (que tá no nome). Mas abrem sim, os barzinhos a noite, claro.

      Excluir
  2. Amanda,

    estou indo p BsAs terça e ouvi dizer que precisa de senha para entrar no Franks Bar!! Como faz?

    Besos,

    Sofia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Sofi!

      Olha só tem que curtir o face do Frank's e seguir pelo twitter (se você não tem twitter dá pra pelo menos ler os tts deles).
      Durante a semana eles vão dando pista sobre a senha, geralmente na primeira logo você já sabe. Na dúvida copia e cola algumas partes cruciais do texto no Google que sai a pessoa ou objeto, geralmente é pessoa, ok?
      Com essa senha você vai ao local, e o guarda na hora te pergunta a senha e daí você diz. Logo o próprio guarda vai te falar a segunda senha que vão ser números pra você digitar e abrir a porta.
      Enfim, é isso. É mais fácil do que parece ehehe.

      Beso!

      Excluir
  3. Amanda, alguma sugestão de Albergue?

    Abraços,

    Monise

    ResponderExcluir
  4. Amanda, oi. Amo a Argentina (já fui algumas vezes) e gosto muito do seu blog. Tenho acompanhado e indicado a amigos que vão passear por aí. Amei o post porque sempre viajo sozinha e sou daquelas que se jogam, kkkk. Vou guardar esses nomes para a próxima viagem a BA, que deve ser em julho. Parabéns pelo blog. Abç, Giselle Maria

    ResponderExcluir
  5. que ótimo!
    já fui para Buenos Aires muitas vezes mas nunca sozinha, este post caiu muito bem.
    estou neste momento arrumando a mala e anotando tuas dias.
    gracias!!!

    ResponderExcluir
  6. Adoro seu blog. Estou tirando várias dicas para as minhas férias. Acho que vou acabar indo sozinha para Buenos Aires. Beijos

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .