Trabalhando em Buenos

10 de dez de 2012

Muita gente pede dicas de como é trabalhar em Buenos Aires. Vou tentar resumir nesse post as minhas percepções, assim como, algumas curiosidades.

Documentação
Pra trabalhar aqui em ''branco'' (com registro, sem registro é em ''negro'', é assim que eles dizem) você precisa, primeiro, tirar toda a documentação. Eu vou ser sincera e dizer que não tenho paciência/ não sei muito bem explicar como é o processo porque eu sempre tive documentação aqui. Mas resumindo bem: primeiro tira a precária (um tipo de residência), depois o DNI (documento nacional), com o DNI você pode tirar o CUIL que vai ser teu passaporte pra trabalhar. Tem o post do Gustavo, do Ali em Buenos Aires que explica direitinho o processo.
Horário pico! Foto: Télam.

Procurando emprego
Eu já coloquei aqui nesse post os melhores sites pra achar um trabalho aqui. Esses sites são ótimos, os argentinos usam (menos o Craiglist). A situação aqui, como em meio mundo, não é das melhores. Mas se tratando de brasileiros alguma coisa acha, certeza. Agências de viagens, hotéis, restaurantes, praticamente TODO lugar que tenha a ver com turismo, seja direta ou indiretamente, precisa de gente que fale bem português.

Salário, benefícios e 13º
Eu também já coloquei nesse post aqui, que um salário em uma empresa ''normal'' roda ali os 4000 pesos (em mãos) por mês. Se você já conta com alguma experiência pode até chegar aos 6000. SÓ QUE: não temos vários benefícios que as empresas brasileiras têm. Dependendo da empresa, mas num geral, aqui não tem vale refeição, vale transporte, participação nos lucros do ano (isso porque a política argentina de inversão estrangeira é muito ruim e desatualizada), o famoso cala-boca, etc. O que sim a maioria fornece é: plano de saúde e odontológico, uma ou outra empresa fornece comidinhas ao longo do dia, descontos em academia, seguro de vida, etc. O salário mínimo aqui roda em torno de 2600 pesos e está previso um aumento em fevereiro de 2013.
O dindin é pago sempre entre o último dia útil do mês, mas tem lugares que chegam a pagar até o dia 10. E até hoje eu não conheci nenhuma empresa que faça pagamentos quinzenais.
Pode parecer que recebemos ''mais'', mas no papel é um meio que elas por elas. A diferença é que uma pessoa que ganha 4000 pesos aqui consegue morar sozinha, diferente de uma pessoa que recebe uns 2000 reais no Brasil não o faz, porque não dá.
Agora tem empresas que oferecem mais e menos benefícios, isso é relativo: tem empresa que oferece até almoço e tem outras que só água, ou seja, é muito relativo, ok? E é natural, claro, que ao decorrer do ano role aumento devido a inflação.

Só no lerere. Foto: La Nación.
O 13º salário também rola e é pago em duas parcelas, a primeira em junho/julho e a segunda em dezembro.

Férias
Aqui não descontam férias do salário, não me lembro quem me perguntou isso no facebook do blog. A única diferença é que a maioria das empresas aqui contam dias úteis, não corridos. Ou seja, no Brasil se tem quase um mês de férias, aqui vocês tem, por exemplo, 15 dias, mas não são dias corridos, são utéis, ok? Mas isso também depende da política da empresa.

Horário e feriados
Grande maioria trabalha das 9h as 18h, tem locais mais flexíveis, mas num geral é esse horário com uma hora de almoço. Na província, fora de Buenos, é normal trabalhar das 8h as 17h também.
Já feriado é feriado e ninguém trabalha. Temos tido muitos, aqui um calendário com eles.

Estágio e dias de estudo
Pra quem começa a trabalhar agora, o estágio (segundo a lei) tem que ser de no máximo 4 horas por dia, 20h semanais. Ok? Agora o mais legal é que aqui na Argentina se prioriza o estudo, portanto tanto estagiário quanto empregado normal, que cursa faculdade, tem direito a 10 dias de estudo por ano. Ou seja, você tem prova na faculdade numa terça a tarde, pode pedir esse dia para estudar. Isso geralmente é falado na empresa e você só tem que levar o comprovante que a própria faculdade fornece como prova de que você realmente tinha dia de estudo. Cada empresa, de novo, tem sua política, mas num geral é só avisar com antecedência e pronto. Esse dia tampouco é descontado do salário.

Licença maternidade
Isso aqui já não é tão flexível, as argentinas trabalham durante quase toda a gestação e têm direito a um pouco mais de 3 meses de licença. Isso também deve ser falado em cada empresa, porque cada uma tem uma política diferente.

Impostos
Pani oferece até menú especial pra quem quer
trabalharpor lá. Um amor!
Depende de quanto você recebe por mês, rola aí um desconto do governo. Têm o Impuesto a las Ganancias e o Ingresos Brutos. Num geral é 18% do salário. Então se você quiser saber, realmente, quanto vai receber pergunta o salário já com impostos descontados.

Flexibilidade
Hoje em dia é muito normal as empresas por aqui serem flexíveis, isso porque existe uma realidade em que: não temos uma semana sem greve. Então muitas empresas aderem ao trabalho desde casa, para evitar o fluxo de gente em horários pico e também porque, por bem ou mal, é menos custo para a empresa. Buenos Aires é uma cidade muito wifi friendly, tem internet boa e rápida em qualquer lugar de esquina, e então, virou um costume do porteño, trabalhar em cafés, restaurantes, estações temporárias de trabalho. Note que sempre que você vai a um café tem gente com um note trabalhando, é normal!

Acho que é isso! Besos.

30 comentários

  1. deixa eu perguntar: vc saberia me falar se a área de design gráfico é boa aí?
    conhece algum designer que pode me falar melhor sobre isso? :)

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ain Bru, nem sei viu. Só conheço uns freelancer mesmo. Mas tem gente que vem estudar design aqui. Beijo

      Excluir
    2. Brunna, aqui tem muitos designers, a grande maioria formados pela UBA. E pelo que vejo tem sim um mercado bem aquecido pra essa área!

      Excluir
  2. Muito bom!! Seria legal explicar um pouco mais sobre o valor que se recebe pelas férias, sei que há um adicional. Outro ponto interessante, seria saber quais sao os direitos se é demitido ou pede demissao.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu marido e advogado e ele me falo isto. As ferias aqui sao pagas. si vc tem uma antiguedade no emprego de hasta 5 anos vc tem 14 dias corridos de ferias, sim a sua antiguedade e maior a 5 e menor a 10 anos tem 21 dias y despois 28 dias.
      Si vc pedi demisao tem direito a as ferias proporcionais, mesma coida que o 13 salario.
      Se vc e demitido tem direito a um salario de "preaviso" y a um salario por ano trabalhado, mais 13er y ferias proporcionais.
      bjs

      Excluir
    2. Justi!!!! Muito obrigada por ajudar! Beso

      Excluir
  3. Oi bom dia,
    Amanda cada dia este blog fica melhor do que já está.
    Gostaria de saber se é difícil conseguir trabalho ai? E quais as áreas que precisam mais de trabalhadores?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thanks!!!! Bom, foi o que eu disse se não se importar em trabalhar com turismo, consegue rápido!

      Excluir
  4. Teus posts são sempre super interessantes e úteis, Amanda!!! Além, isso falando desses mais sérios, fora aqueles que vc prepara pra gente curtir, dar risada ou ficar com aquela vontade louca de voltar pra aí!!!
    Adorei esse post de hoje, não que eu tenha exatamente vontade de trabalhar na Argentina, mas é bom ficar por dentro dos processos!!!

    Beijo enorme!

    PS: É bem capaz de eu voltar a pensar no assunto "trabalho em Bue" quando me formar em Turismo, heheh!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahaha acho que você vai querer fazer estágio aqui! Beijo

      Excluir
    2. Sim, sim... até fui dar uma olhadinha de novo no post dos sites de emprego, hahaa! E já mandei link pro maridão se agilizar e ver se tem área pra ele também (a louca!)!
      Bjooo

      Excluir
  5. Muito bom, Amanda! Vale falar também que aqui nao é preciso esperar 1 ano para tirar férias, como no Brasil. Se você entra numa empresa antes de junho, já pode tirar suas 2 semaninhas de férias em paz. E se entrar depois, pode tirar 1 dia de férias para cada 20 (se nao me engano) trabalhados.

    Além disso, há empresas que restringem o período de férias de outubro até março.

    beso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Super correto Lu! Não precisa mesmo! E as férias são por dias trabalhados. E é vero, tem empresa que restringe as férias :( Beso!

      Excluir
  6. Oi Amanda tudo bem?.Meu nome e Natalia e Eu vi teu blog ha 15 dias e adorei!.Parabens garota!Vc arrasou!.Ele tem dicas muito legais.Eu moro em Brasil ha 8 anos e eu to pensando sair um pouco do teu pais(To um pouco com saudade do espanhol rsrsrs).Tal vez arranjar emprego em Baires por uma pequena temporada.Posso te pedir um conselho eu li sobre as calças jeans que vendem por la e daria certo comprar e vender por estes lares(eu li que vc nao gosta muito sobre ir e comprar algo assim para negocio hehe)por favor me de um conselho.Muito Obrigada e desejo que nao seja a primeira nem a ultima vez que eu possa escrever em seu blog.Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nati, não entendi! Vc quer comprar jeans pra revender aí? Beijo

      Excluir
    2. OiAmanda,Pois é! Desejo comprar jeans para revender em Sampa!vc me da um conselho porfavor ????alem disso jeans de 200 pesos cuanto é o custo em reais??.Bjo

      Excluir
    3. Não sei se vale a pena, Talita! Tem que ir pro Once mesmo.
      200 pesos são uns 90 reais. Vc pode ver o câmbio na tabela ao lado direito do blog. Beijo

      Excluir
  7. Ê Amandita...cada dia melhor!!! Sem palavras, Flor!!! Parace que vc fica matutando como acordar o bichinho que mora dentro da gente e é louco pra morar aí.....rsrsrs.. Besos!!!

    ResponderExcluir
  8. Vou deixar minha experiencia de trablho na argentina... volto pro brasil agora em fevereiro depois de 10 anos trabalhando aqui. Não recomendo pra ninguem, e menos se vc ganha em pesos. Pesos não valem nada nem dentro do pais e muito menos fora, nada do que vc economiza ( se conseguir, porque tudo é absurdamente caro!!) depois nao vale nada!... Realmente meninas façam suas vidas no Brasil, porque depois correr atras do prejuizo demora! argentina??? É furada!! To fora! Não entrem nessa! se Argentina fosse bom os bons profissionais do pais ñ viviriam sonhando em morar bem longe daqui!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Má, acho que cada uma tem um ponto de vista né. Tem gente que acha emprego fácil aqui, as coisas não andam tao bem mesmo, por isso eu acho que vale a pena morar aqui por um tempo como imersão cultural *-* mas pra pé de meia não rola.

      Beso!

      Excluir
  9. é concordo... pé de meia em bue não rola...
    por isso estou fazendo uma boa vaquinha no brasil para investir aí...
    Espero que o trabalho não seja escravo como temos no Brasil, não acho de verdade que o brasil seja uma maravilha em questão de emprego... Mas também nao iria para a europa!
    Acho que meus planos so estão ligados a Argentina, por questão do coração.
    Todos os lugares em que trabalhei no brasil, foram digamos mais ou menos...
    Baixo salário pela carga horaria, sem aumento de salário por 2 anos seguidos de trabalho na mesma empresa e outras coisinhas mais...

    ResponderExcluir
  10. ooooi, to adorando tudooo aqui principalmente estas dicas. Uma pergunta agora, tipo trabalhos na area administrativa e facil de conseguir por ai, mesmo que ja tenho experiencia de uns 3 anos na area administrativa ?

    Beijoooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que tu acha sim pelo português, se fala inglês, melhor ainda. Beijo.

      Excluir
  11. Depois de mais de 2 anos, como está a situação por aí agora? Pretendo cursar Psicologia, mas precisaria de um estágio para suprir necessidades básicas. Estágio em escolas ou qualquer outra área que envolva crianças é fácil por aí?

    ResponderExcluir
  12. Amanda me pode me responde,
    Tenho ensino médio completo apenas, estou muchilando e gostarias de saber se arranjo freelancer fácil um emprego menos formal, e onde uma are mais fácil??

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .