A Moda da Comida por Kg

12 de mar de 2013

Que Buenos Aires está com uma inflação DOIDA todo mundo sabe. Com isso resta apenas se ajustar né. Além de sair para lugares mais baratos e aproveitar as promoções que rolam nos cartões dos bancos, o negócio é economizar mesmo.

Com isso a modinha de comida por quilo está no seu auge. Esses restôs já existiam desde 2010, mas agora parece uma febre. Primeiro porque é a saída IDEAL se você quer comer bem e comer comida saudável, porque é ótimo para almoçar no horário do trabalho e porque, cara, é muito em conta.


Aqui na cidade nunca foi muito comum essa coisa de pagar pelo quanto se come. Coisa que eu achava UÓ desde que cheguei aqui. Sério, nossos restaurantes lindinhos por kg salvam muita gente no Brasil, ainda bem que chegaram aqui, finalmente.


É legal ressaltar que a maioria desses locais são comandados por coreanos, tailandeses, chineses, japoneses e, em minoria, filipinos.


Por isso é muito comum encontrar comidas veggans, tipo milanesa de abóbora, de berinjela, tofu, tortas de verduras, empanadas de verduras, carne de soja, etc.


O que também faz com que a cidade tenha ganho outra faceta: cada dia tem mais vegetarianos por aqui. E tem gente que pratica uma dieta vegetariana durante a semana com esses restôs e, no finde, desaba na parilla.


Bom, o funcionamento a gente já sabe decor e salteado: pega a marmitinha, coloca comida e vai pesar. Ainda tem umas frutas bem gostosas a disposição.


E ah, não é porque a maioria é vegan que não tem carne, ok? Tem uns com TANTAS opções de comida que, sério, não dá para escolher.


O preço varia entre 35 e 40 pesos o quilo, ok? Então calcula que se você compra uma milanesa de berinjela (foto) mais uma saladinha básica vai gastar em torno de 13 pesos. BARBADA, né? Não tem opção saudável mais barata.


E, muito importante: a maioria não tem lugar para se sentar, é pegar, escolher, pesar, pagar e comer fora. Os que tem espaço para comer, geralmente tem um preço mais elevado.


Com isso listo aqui alguns endereços para essas comidinhas gostosas e baratinhas demais (obrigada quem ajudou a armar essa lista). Alguns tem nomes e endereços completos, outros só a esquina, mas já ajuda. Importante: se eu coloco rua Defensa e Alsina é porque o bendito está na rua Defensa quase esquina com a rua Alsina. Se eu coloco que é rua Alsina e Defensa, é porque o local está na Alsina quase esquina com a Defensa, entenderam? O primeiro nome da rua é sempre a rua que o local está, o nome da segunda rua é a esquina.

- Avenida Corrientes e Riobamba.
- Avenida Corrientes e Murillo.
- Peña e Junin.
- Avenida Corrientes 4657 (estação Angel Gallardo do subte B, chama Noble y Natural).
- Defensa entre Belgrano e Alsina (é o chino do post).
- Alsina e Defensa.
- Belgrano e Peru.
- Peru e Belgrano.
- Talcahuano entre Marcelo T. Alvear e Avenida Santa Fe.
- Talcahuano entre Marcelo T. Alvear e Paraguay.
- Marcelo T. de Alvear 430 (entre as ruas Reconquista e San Martin, chama Pekin).
- Lavalle entre Montevideo e Rodríguez Peña.
- Marcelo T. Alvear e Ayacucho (chama La Rosticeria).
- Marcelo T. de Alvear, 1502 (chama Calabaza).
- Luis Maria Campos 1385 (entre Zabala e Teodoro Garcia).
- Juramento entre Amenábar e Moldes.
- Juramento entre Montañeses e Libertador.
- 11 de Septiembre entre Manuel Ugarte e Franklin Roosevelt (chama TorSán).
- Jose Ortega e Baez.
- Avenida Rivadavia e Avenida La Plata.
- Fitz Roy e Honduras (se chama Muralla).
- Godoy Cruz e Avenida Santa Fe (chama Green y Natural).
- Borges e Paraguay.
- Araoz 2400, esquina Avenida Santa Fe.
- Junín e Avenida Santa Fé (chama Veggie Club).
- Paraná entre Lavalle e Tucumán.
- Diagonal Norte entre Libertad e Cerrito.
- Sarmiento e San Martin.
- Laprida entre Avenida Santa Fe e Arenales.
- Tucumán entre Maipú e Esmeralda.
- Avenida Corrientes 3733, entre Bulnes e Mario Bravo (Los Sabios).
- Tte. Gral Eustaquio Frias 378 (quase esquina com Corrientes no 4800, chama Ever Green).
- Sarmiento 355 e 377 (chama La Casa).
- Avenida Rivadavia, altura do 1100, esquina com 9 de Julio.


Ver Comida por Peso num mapa maior
Como se não bastasse, ainda fiz um mapinha :)
Se alguém conhecer mais pode falar aqui que atualizo o mapa. Beso!

13 comentários

  1. Carne de sol vegana é inédita para mim...

    ResponderExcluir
  2. Você não existe!
    Super obrigada pela dica. Sou vegetariana e estava preocupada com minha sobrevivência no reino da parrilla. Bjs
    S.

    ResponderExcluir
  3. O da Corriente e Riobamba é ótimo! Comida boa e barata.
    E nem parece vegetariana... muito bom!

    ResponderExcluir
  4. E o prato e talheres são descartáveis? Porque vc disse que é pra comer fora do restaurante...onde as pessoas sentam? Tem bancos na rua ou ficam comendo agachadas como os chineses e japoneses, hehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, são descartáveis. E esse tipo de comida é pra comprar em comer em casa :)

      Excluir
  5. Olá Amanda, adoro seu blog! Super divertido e informativo, vai me ajudar muito quando for para Buenos Aires agora em março, estou indo para morar hehe E com certeza comida por kg sempre vai salvar hehehe
    Ah se não for muito, poderia me dar umas dicas e tudo mais sobre ai? Irei morar no palermo é legal?
    Obrigada:D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thayzze, já tem dicas sobre morar aqui no blog :) dá uma olhadinha na caixa de pesquisa do lado esquerdo, beso!

      Excluir
  6. O restaurante da Sarmiento 555 é excelente. Lá é super barato e se quiser tem lugar para sentar no andar de baixo. Me salvou na minha viagem à BA ano passado. Eu como bem (bem mesmo) e se não me engano paguei uns 11 pesos na época. Minha irmã pegou um prato só de batatas fritas, mais um prato de comida e uma coca de 1,5 e pagou cerca de 30 pesos.

    ResponderExcluir
  7. Antes de vir para Bsas pensei que ia passar fome por ser vegetariana. Mas agora que estou aqui é inacreditável como tem comida vegetariana deliciosa em qualquer lugar! Estou totalmente encantada com isso. E como muitas pessoas que nem sao vegetarianas, preferem optar por restaurantes e opcoes vegaterianas!

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .