La Porteña, restô a beira da estrada

5 de abr de 2013

Confesso que meu pai nunca teve faro pra restaurantes que não fossem da onda bodegón. Ele é fã daqueles que os atendentes já sabem até qual o prato você vai pedir. ''Che que querés?'' - Lo mismo de siempre. Por isso ele me surpreendeu na escolha desse aqui que eu vou mostrar hoje.

Esse é um post antigo (vocês vão notar pelas fotos), meus pais ainda moravam aqui em Buenos, estou sim meio nostálgica e com saudades. Mas o La Porteña está aí ainda e fui esses dias e continua a mesma coisa, uma delícia.


O local, literalmente, é um restaurante de estrada que interliga Buenos Aires até a cidade de Pilar. Uma casa simplesmente linda, que vontade de morar ali! E se todos os lugares que se chamassem Porteña fossem assim, Buenos Aires seria uma cidade cheia de residências típicas de condomínios fechados. 


A impressão que logo eu tive era de cuidado prá lá de especial em cada detalhe, sejam nas lindas, e fofas flores da entrada do lugar.


Ou na aconchegante varanda de espera.

 

A onda fazenda, restaurante de interior, sítio e afins faz do lugar um pedaço perdido de roça a pouco tempo da caótica Buenos Aires. E seus visitantes e anfitriões que o digam. Ali, por incrível que pareça, tudo é muito calmo, desde a velocidade do staff até a prolongada refeição que os argentinos amam -  um café geralmente é a desculpa pra uma longa tarde de charlas e risadas.


Eu parti logo pro icreíble buffet de saladas.


E me rendi no jugo de naranja também. Aliás o mais gostoso que provei na Argentina.


Mas ahh, o dia pedia vinho. E se falando de terras produtoras de uvas, aqui o vinho chega a ser até mais barato que um refri. Desculpinha pra um branco? Pode ser.


A escolha certeira foi o maravilhoso Santa Julia Chardonnay, lá da família dos Zuccardi.


Mamis estava cansada de churras e foi de massa.


Porque meu prato, e também o do resto da família, foi um Cordeiro de babarrrrrrrr. Sem mais palavras.


La Porteña
Rua Gualeguaychú 1400. Caminho ruta Panamericana, Ramal Pilar Km 38,5
Pilar - Buenos Aires.
Preço médio por pessoa: 100 pesos.

Sentindo saudades dos almoços de domingo em família.
Buen finde!

6 comentários

  1. Quando vou a Pilar, na casa dos meus sogros é um lugar que chama muito minha atenção. Até faço alguns comentários para o meu namorado, mas ele nem se mexe para me levar lá! Ainda vou com as minhas próprias pernocas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. <3 vai sim, vai adorar! não tem erro esse lugar, bjo.

      Excluir
  2. cara de post pago com fotos mandadas pelo restaurante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. post pago com meu próprio dinheiro vc quis dizer, néam? beijoo

      Excluir
  3. Nao sei pq, eu achava que seus pais ainda moravam em Baires...
    By the way, adoro seu blog e estou utilizando muitas de suas dicas nestas ferias por aqui por Baires!

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .