Mais boêmia, por favor

13 de mai de 2013

Esse post é um reflexo do meu final de semana. Não é pessoal, mas tampouco posso dizer que o blog é minha vida de livros abertos. Vida mesmo você cria aqui, a cada dia, e pra criar isso tem que viver como local. E isso você só consegue com passagens aereas na Decolar.com. Jabá sincero e profundo.

Buenos é meio boêmia. Boêmia é um estilo de vida originada da região de Boêmia, na França, caracterizado pela falta de preocupação com normas ou bens materiais. Enfim, Buenos é boêmia. E ah, como eu amo a boêmia. Não que aqui ninguém se importe com normas ou bens materiais, afinal de arte hoje nós não podemos viver. Mas há sim no porteño essa coisa de ser bon vivant.


Digo isso porque é algo que você vai percebendo aos poucos. Não consegue descifrar porque que o garçom demora anos pra voltar para a tua mesa. Não consegue entender porque uma pessoa se senta num café e fica ali divagando por horas. Não consegue entender o que é que há de errado com essas pessoas que saem na quinta-feira, voltam às 3h da manhã pra casa e no outro dia está trabalhando como se não tivesse feito nada.

O porteño é europeu e, diga-se de passagem, boêmio. Por isso é também comum entender que as pessoas reclamem do serviço do bar, que demora. Aqui nenhum garçom te trata como rei, afinal, você é a mesma coisa que ele. E depois, capaz, que você encontra esse garçom num bar ao lado mais pro final da noite. Ou talvez até você veja que os clientes de bares tem amigos de barra e que saem com os próprios bartenders pra tomar algo depois.


Enfim, Buenos é boêmia, e você não deve ter pressa em comer. Não deve ter pressa em caminhar pelas suas ruas. Não deve se assustar com a lerdeza de seus garçons. Não deve sair da mesa 5 minutos depois que come. Não deve deixar de sair durante a semana só porque é durante semana. Não deve, enfim, ter pressa em viver a vida.

Isso é algo fundamental para entender o rimo da cidade. Fundamental para entender um pouco os porteños. Fundamental para poder ir tomar um mate no parque durante semana e ficar ali nem que seja por meia hora desfrutando do solzinho que por ali bate. O porteño além de boêmio é amante de pequenas coisas, vide aproveitar o sol com mate no parque, como falei antes. Ou pelo fato de sair para andar de bicicleta sem destino, caminhar pelas ruas do próprio bairro, se dar o prazer de levantar tarde no sábado e ir tomar café da manhã depois do meio dia.

É da postura do porteño adorar bares, vida noturna, a siesta de 15 minutos depois do almoço, o comer bem, o beber bem. A vida sem pressa, e boêmia.

Mais boêmia, por favor. Menos pressa em viver a vida.
E mais passagens aereas com bons preços.

6 comentários

  1. Bom dia, Amanda! Que maravilha ler este post em plena 2ª feira pela manhã! Sabes que esta boemia é o que eu mais invejo em Buenos! Já estive pro aí três vezes e sempre procuro dar uma desacelerada porque não há nada mais prazeroso do que "ver a vida passar". E Buenos é local prefeito para isso! Ficam sempre a sensação de que as pessoas vivem com muito menos, tem pouca pressa, conversam muuuuito mais, comem muito bem e não se importam em gastar seus salários com estes pequenos (grandes) prazeres. Poucos preocupam-se em acumular, pois, em Buenos há transporte público, saúde pública, escola pública e ninguém precisa ficar pagando duas vezes pela mesma coisa (imposto para a saúde e plano de saúde, por exemplo). Apesar de todos os problemas econômicos enfrentados pela Argentina esses valores são sempre preservados, ou seja, a qualidade de vida das pessoas! As crianças sempre muito bem cuidadas, bem tratadas, bem criadas! Enfim, quem sabe um dia eu possa desfrutar deste estilo de vida que, com certeza, garantiria muito mais momentos de alegria e felicidades. Aproveite tudo por aí, Guria! Beijos, Gabriela.

    ResponderExcluir
  2. Oi! Estou indo para Buenos no dia dos namorados!! Seu blog é incrível, perfeito pra quem quer entender a cidade através da prespectiva de uma garota brasileira que mora ai. Estou acompanhando e adorando essa pegada de boemia. Obs: Não sei se estou certa, mas acho que boemia (substantivo) não tem acento, diferentemente de boêmia (adjetivo) que tem! Beijosss Lívia Pimentel

    ResponderExcluir
  3. Ai, como amo esse ritmo de Bs As! Tem tudo a ver comigo e ainda passarei uma temporada morando ai, se Deus quiser! Beijocas!

    ResponderExcluir
  4. Amo Buenos. Ninguém entende como posso ter ido 7 vezes em 3 anos. Amo o modo de vida que levam, o ritmo, a gastronomia. Simples assim !!

    ResponderExcluir
  5. Pra quem comentou e me corregiu, fora a Lívia que eu sei que fez com educação, eu consultei com dois formandos em Letras e com vários dicionários: as duas variantes de boêmia estão corretas. Com ou sem acento.
    Lívia, obrigada :D Os meninos me disseram que as duas formas estão certas mesmo mas, que por questão cultural a gente usa mais sem acento. Eu confiei no meu corretor ehehe. Beijocas.

    ResponderExcluir
  6. o acento marca a sílaba tônica. vc diz boêmia ou "boemíííía"?

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .