Lugares que não são tão legais como aparentam ser

24 de jul de 2013

Esse post ficou um pouco parecido com o post de ciladas que eu fiz aqui e que é o post mais acessado EVER do blog. Como tudo mundo sabe, é normal passar por alguns pontos da cidade que são de praxe para turistas de primeira viagem, mas é legal você saber antes que não são lá essa coisa toda.

Lembrando, como sempre, que é tudo subjetivo:

Caminito
Acho que é meu top fácil de lugar não tão legal na cidade. Ok que tem história e que faz parte do roteiro básico conhecer, mas NÃO HÁ necessidade em voltar lá e, ainda, muito menos comer por lá. Nem tirar foto do Maradona cover e nem dos dançarinos de tango que tem por lá. E olha, eu nem compraria nenhum souvenir por lá tampouco e a entrada no estádio do Boca eu pagaria a mais barata. Pronto, falei.

Tigre
Eu não sei porque mas Tigre é sempre super visitado, a não ser que você vá pelo Tren de la Costa, pare em Acassuso, e que faça um passeio pela Ilha rodeando casas milionárias e belas, de resto, pra mim, não vale muito a pena não.

Centro
Gente, assim, Centro é Centro. Não é legal nem que a vaca tussa. Sabe, muita gente, muito falatório, comércio, câmbio negro, eu não curto não. 


Tango super caro
Aqui é um pouco mais flexível a parada. Eu sei que tango é dramática, ícone da Argentina, mas dá pra contar nos dedos de uma mão a quantidade de argentinos que ouvem tango. Sério mesmo. Muito mais legal, econômico e local é ir a uma milonga. A da Catedral é a mais querida e diferentona, vale muito a pena.

Compras
Super repetitivo, eu sei, mas já FOI vir pra Buenos só para comprar. JÁ FOI passar eras na Florida, outlets da Crespo e outros outlets perdidos por aí. Tá tudo caro, e ainda que algumas coisinhas ainda valham a pena, é desperdício de tempo e viagem passar mais que meia tarde na função.

Zoo Luján
Sei que é polêmico, mas eu não pago pra ver animal dopado. Ainda que muitos meios de comunicação digam que não é assim, eu não sei como - de verdade, sou sincera e se tiver algum veterinário na área que fale - os bichos são tão amáveis, passivos e dorminhocos como eles demonstram ser quando estão em exibição. Já teve gente que foi e que AMOU que não tem nada a ver, e outras pessoas que foram e que tiraram fotos super tristes dos bichinhos por lá. Na dúvida, eu não vou.

Beijos e sim, eu tenho amor no coração.

23 comentários

  1. Larissa (larissa.steinbock@gmail.com)24 de julho de 2013 04:10

    tigre, se não for pra fazer os passeios que você comentou, só vale a pena se for pra passar um fim de semana super romântico com o boy em um chalé, só isso.
    tango? cena show? PRA QUÊ? vai em algum bodegón, come hiper bem, e depois vai pra uma milonga. ir no señor tango só pra ser mais um, so sorry. espetáculo por espetáculo, vai no fuerza bruta. ( <3 )
    luján foi o dinheiro mais mal gasto da minha vida EVER. só valeu pelo tratador de onça gatíssimo, hahahaha! esse sim foi a atração principal do passeio.
    compras não rola mais, de fato. antes ia pra bue torrar dinheiro em roupa modernosas e agora não dá mais nem pra voltar com um busito comum. tá osso.
    o único com o qual eu não concordo é o centro. não precisa ficar 8 dias só por lá, rs, mas fazer um tour diferentão, que conte detalhes legais da história de bue, é o que me fez mudar minha visão do centro da cidade. talvez se não tivesse tido essa experiência, não acharia o mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Penso exatamente a mesma coisa que voce sobre todos esses lugares!!

    ResponderExcluir
  3. também não gostei de Caminito e daquelas ruas em volta do estádio do Boca. Passei rapidinho por Caminito, tirei algumas fotos do lugar e vazei. Achei horrível aqueles dançarinos de tango puxando o tempo todo e atrapalhando as pessoas a tirar fotos.

    Quando fui ao estádio, um guardinha veio até a mim e meu noivo avisar para não ficar andando por ali, pois era muito perigoso. Não pagamos para visitar o estádio também. Tivemos a sorte de ter uns trabalhadores ali retirando uns instrumentos que estavam no gramado... com jeitinho brasileiro, pedimos para dar uma olhada e tivemos uma visita privilegiada no gramado. Tudo isso, só para agradar o noivo, é claro, rs.

    Eu também acho que os animais daquele zoológico vivem dopados. Não tenho vontade nenhuma de visitar o Zoo Luján.

    ResponderExcluir
  4. Leitoras da Amanda, algumas sugestões:

    Quem for ao Caminito tem que aproveitar e ir na Fundación Proa, que sempre tem mostras legais, e também no Museu do Cinema (que é pequeno mas bacana) e na Usina del Arte. Aí pelo menos a gente agrega algo ao batido roteiro.

    Eu gosto de ir ao Tigre no verão. Pegar um barco e ir almoçar num restaurante bacana. Dá para combinar com um passeio por San Isidro.

    A cidade tem shows de tango bacanas, sim, mas eles não são nas tanguerias e sim nos teatros e casas de espetáculos. Para quem vem este mes, sugiro o Social tango, em La Boca, que tá ssssuper lindo. E também o Chantecler, que é uma mega produção, que poderia estar em qualquer teatro de LOndres.

    https://www.facebook.com/SocialTangoElespectaculo?fref=ts

    http://complejoteatral.gob.ar/ver/danza/263-CHANTECLER-TANGO----Teatro-Presidente-Alvear#


    Fora isso, nada mais a acrescentar. Concordo com tudo! Um beijo

    Gisele Teixeira
    http://aquimequedo.com.br/







    ResponderExcluir
  5. Zoo de Lujan é o que há de pior, uma amiga minha pagou 400 REAIS para um taxista levar ela lá, um absurdo pagar, e muito caro, pra ver crueldade contra animais. Há várias páginas no Facebook pedindo o fechamento deste e de outros zoos também, eu sou a favor.

    ResponderExcluir
  6. Concordo com tudo.
    Caminito foi a principal decepção. Nas fotos das agências, é uma coisa. Na real, local fedorento, lembrancinhas caras e nada demais pra ver.
    Tigre fui uma vez e não voltaria.
    Também já ouvi falar muito de Lujan e, apesar de não ter ido, me intriga o fato de que em todo vídeo que vejo eles estejam com sono, literalmente caindo. Deve haver algo errado (também não compactuo com isso).
    Florida também só tem graça uma vez. Também não fiz questão de show de Tango.

    ResponderExcluir
  7. A primeira vez que fui, com agência, só fiz o roteiro clichê de turista. Na segunda vez, montei o roteiro baseado em muitas dicas suas... mas acabei indo ao zoo de Palermo (é Palermo né?) e não valeu muito a pena... O de Lujan fiquei na vontade, mas ainda bem que não fui!

    ResponderExcluir
  8. Amanda, fale um pouquinho sobre o bairro Boedo. Adoro seu blog! Beijos

    ResponderExcluir
  9. Amo/ sou esse post! Uma vez, um professor meu, arquiteto, comparando Buenos Aires e Santiago (CHI) disse: "Santiago é cidade que você conhece em três, quatro dias... mas você passa 15 dias em Buenos Aires e não conhece tudo."
    Nas minhas 2 idas a BsAs passei por lugares diferentes, muitos desses citados nesse post, mas nenhum repetido. E ainda sinto que falta muito a conhecer!
    Bjo!

    ResponderExcluir
  10. Amanda,
    acho que você tem que tomar um pouco de cuidado ao afirmar que estão dopados os animais de Lujan.
    Estive este ano com um casal de amigos veterinários, e ambos têm experiência com felinos. Eles trabalham especificamente com filhotes de tigres e leões em um zoológico de SP e ficaram encantados com Luján e elogiaram muito o trabalho feito lá e disseram que animais dopados nunca brincariam como vimos numa jaula com 7 tigres adultos brincando como verdadeiros gatinhos.

    Gosto muito do blog e de resto concordo com absolutamente tudo, segui suas dicas na minha viagem e fiquei muito satisfeita!!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angela, não sei se você leu o post direito, mas eu comento que ''Ainda que muitos meios de comunicação digam que não é assim, eu não sei como - de verdade, sou sincera e se tiver algum veterinário na área que fale...''. Cada um tem uma experiência diferente e não sou dona da verdade, aqui são só as minhas impressões. Bjos.

      Excluir
    2. Concordo Angela.. Já trabalhei com animais em cativeiro em zoológicos e também com condicionamento animal, que é o vulgo adestramento, só que com reforço positivo.. ao invés de castigo vc da algo que animal gosta.. Funciona super bem em muitos zoos para que os animais deixem que os veterinários mexam neles em procedimentos de rotina, sem precisar dopa-los..

      Ja vi muito felino ser anestesiado e JAMAIS que se comportariam da forma que os do zoo de Lujan se comportam.


      Não acho Lujan mil maravilhas (nem 10), pois falha em educação ambiental, que deve ser o principal foco de um zoológico, e também pelo fato de reproduzirem esses animais lá, sendo que pelo menos aqui no Brasil o IBAMA decreta que não é permitido reprodução de animais não nativos, por já existirem muitos abandonados por ai. (não sei como é a lei ambiental da Argentina).

      Me apaixonei mesmo por Temaikén.

      Mas acho chato as pessoas fazerem essa propaganda negativa (no caso das páginas pela net que querem o fechamento do parque) sem realmente estudar o assunto e conhecer o parque.

      Excluir
  11. o caminito é pitoresco e tem muita história. agora falar que o centro não tem graça? e a arquitetura, amanda? O.o

    ResponderExcluir
  12. Falo como veterinária, e concordo com vc. Lógico que nem todos os animais lá estão dopados, mas as feras que ficam em jaulas onde as pessoas podem entrar, com certeza estão! Vi o leão dopado, de olhos fechados, inerte, e as pessoas tirando fotos a centímetros do focinho dele..E a leoa na jaula ao lado urrando, e andando de um lado para outro nervosa..(como fazem os leões em zoológicos normais). Por mais que se treine um animal para conviver pacificamente com as pessoas, é impossível garantir..um animal silvestre é um animal silvestre! Ninguém arriscaria colocar as pessoas tão perto dos animais como eu vi naquele zoo sem saber que eles estão dopados. Fora que é uma mistura de cães, patos, ovelhas, cavalos, naquela areia ...cavalos magros, com cara triste...achei horrível.
    No caminito não vale a pena comprar souvenir. É mais caro e de pior qualidade.
    Quanto à Florida, discordo de vc. Mesmo não sendo tão barato, ainda é bem mais barato do que no Brasil. Comprei cashmere por lá e valeu a pena! Tem que ter paciência para procurar.

    O blog é muito bom! Parabéns!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  13. Café Tortoni eu também colocaria na lista... tá certo que é um lugar antigo mas não tem absolutamente nada demais. Atendimento ruim, comida muito marromeno e sem falar na fila gigantesca que se forma desde as 15 da tarde pra entrar
    . Assim como o Caminito é mais um lugar que os guias de viagem sempre indicam mas não vale, de fato, a pena.

    ResponderExcluir
  14. Acho q vc nao conhece o Tigre. Deve ter ido até o puerto de frutos e só. Tem que entrar nas ilhas!
    E centro é centro, mesmo. O lugar onde tem a história da cidade. Não da pra visitar Buenos aires e só ficar no consumismo de Palermo. Buenos Aires nào é só restaurante, patisserie e loja da Barbie.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anônimo, leia o post: eu comento do passeio das ilhas de Tigre. Tks pelos comentários de sempre. Bjos.

      Excluir
  15. Só quero comentar que eu ouvi exatamente esta semana, um argentino tangueiro me dizendo que a Catedral é recanto de tangueiro locão, das ervas e afins.
    Ha tipo... 3 dias atrás.

    Só pra constar.

    E eu adorei Lujan. Eu já vi tigre dopado na Tailândia e é bem diferente desses tigres (outros bichos) do Lujan. Tipo, é visível demais. Na Tailândia não tem nem uma grade separado das pessoas. Oi? Quão dopado ele deve estar né?
    Mas Lujan eu gostei muito, achei válido e uma experiência bem diferente.
    A mina ali que pagou R$ 400 pra ir pra lá é porque não se deu ao trabalho de pesquisar, porque dá pra ir com tour, guia e entrada, passar pela Catedral de Lujan com menos de R$ 150. Mancada fenomenal dela.

    Besos chica! ;)

    ResponderExcluir
  16. Concordo plenamente com a coisa dos shows de tango. A maioria são caros, espalhafatosos e, acima de tudo, passam uma ideia completamente equivocada sobre o tango como dança social.
    O melhor mesmo é ir a uma milonga que, além de sair mais barato, em muitas ainda rola uma aulinha grátis antes do baile começar pra valer e há momentos em que a milonga para pra que se apresentem ótimos dançarinos. E nas milongas, é capaz que você encontre na pista os dançarinos que você veria num palco de um show de tango - na última que eu fui, Carlos Copello estava lá.

    ResponderExcluir
  17. Eu discordo sobre o Caminito e o estádio do Boca!
    O caminito eu fiquei encantada! não achei o lugar fedido, achei lojinhas com coisas fofos pra comprar e nem estavam tão caras assim, e foi o único lugar que vi coisas fofas da Mafalda vendendo! Achei bonito e diferente, voltaria lá sim!
    se você gosta de luxo é melhor nem ir mesmo.
    O estádio adorei também, e olha que eu nem gosto de futebol, acho bacana pra conhecer!
    Mas esse é um lugar que não voltaria! Valeu a pena conhecer uma vez!

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Oi Amanda, essa é a primeira vez que comento em seu blog, aliás, amo todos os seus posts, acho que certas pessoas não entendem muito bem o conceito, mas blog é assim, cada blogueiro dá sua opinião sobre os assuntos e deu, se cada um curte ou não é só refletir, comentar ou não, né? Já fu a Bue ano passado no início do inverno com meu marido e amei cada segundo que passei por lá, agora no final de março estou indo novamente, dessa vez com minha irmã gêmea, ela já viajou meio mundo, mas nunca foi a Bue, estamos ansiosas pq dessa vez faremos um passeio mais girlie, por isso, seu blog está me dando dicas valiosíssimas. Fui ao estádio do Boca e do River por insistência do meu marido, mas eu adorei, pq adoro futebol, não iria de novo, mas valeu muito a pena. Enfim, estar em Bue vale a pena, seja lá o que for feito, só o ar daí já muda o humor!!!

    ResponderExcluir

SUBIR
Buenos Aires para Chicas . Todos os direitos reservados. © Maira Gall .